Apeadeiro de Alvarelhos (Linha de Guimarães)

apeadeiro em Portugal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o apeadeiro na Linha de Guimarães. Se procura o antigo apeadeiro na Linha da Beira Alta, veja Apeadeiro de Alvarelhos.

O Apeadeiro de Alvarelhos foi uma interface da Linha de Guimarães, que servia a localidade de Alvarelhos, no Concelho de Trofa, em Portugal.

Alvarelhos
Linha(s): Linha de Guimarães
Coordenadas: 41° 18′ 22,83″ N, 8° 35′ 10,25″ O
Concelho: Trofa
Serviços: Abatida ao serviço
Encerramento: 24 de Fevereiro de 2002

HistóriaEditar

O troço da Linha de Guimarães entre Trofa e Senhora da Hora, onde este apeadeiro se situava, foi inaugurado em 14 de Março de 1932 e entrou ao serviço no dia seguinte, pela Companhia dos Caminhos de Ferro do Norte de Portugal.[1][2]

Em 24 de Fevereiro de 2002 foi encerrado o troço da Linha de Guimarães entre a Senhora da Hora e Trofa, para ser convertido numa linha do Metro do Porto.[3] Com efeito, o canal por onde seguia a linha foi transferido da Rede Ferroviária Nacional para o Metro do Porto.[3] Contudo, as obras acabaram por só avançar entre a Senhora da Hora e o ISMAI, troço que ficou concluído em 2006, integrado na Linha C do Metro do Porto. Com efeito, desde 2002 que o troço da Linha de Guimarães entre o ISMAI e a Trofa (no qual este apeadeiro se inclui) se mantém sem qualquer tráfego ferroviário, pesado ou ligeiro, o que tem gerado descontentamento na região, principalmente depois de em 2010 a empresa Metro do Porto ter retirado do seu plano de atividades o prolongamento da Linha C desde o ISMAI até à Trofa.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «A Visita do Chefe de Estado ao Norte e a Inauguração do Túnel da Trindade e Linha da Senhora da Hora à Trofa» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 45 (1062). 16 de Março de 1932. p. 135-143. Consultado em 31 de Julho de 2013 – via Hemeroteca Digital de Lisboa 
  2. «Viagens e Transportes» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 45 (1065). 1 de Maio de 1932. p. 218. Consultado em 2 de Agosto de 2013 – via Hemeroteca Digital de Lisboa 
  3. a b c Silva, Samuel (14 de novembro de 2010). «O comboio foi-se há muito. O metro talvez nunca venha a chegar». Público. Consultado em 31 de maio de 2018 



  Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.