Apeadeiro de Casais

apeadeiro em Portugal

O Apeadeiro de Casais (nome anteriormente grafado como "Casaes"), também conhecido por Casais do Campo, é uma gare da Linha do Norte, que serve a localidade de Casais, no concelho de Coimbra, em Portugal.

Casais
Identificação:[1] 35147 CSS (Casais)
Denominação: Apeadeiro de Casais
Administração: Infraestruturas de Portugal (centro)[2]:3.3.3.2
Classificação: A (apeadeiro)[3]
Linha(s): Linha do Norte (PK 212,562)
Altitude: 25 m (a.n.m)
Coordenadas: 40°12′17.21″N × 8°29′2.96″W

(≍+40.20478;−8.48416)

(mais mapas: 40° 12′ 17,21″ N, 8° 29′ 02,96″ O)
Concelho: bandeiraCoimbra
Serviços: UC
Conexões:
Ligação a autocarros
12A 13 17 20 20T
Equipamentos: Acesso para pessoas de mobilidade reduzida
Endereço: Rua 20 de Maio, s/n
PT-3040-153 Casais do Campo CBR
Website:
Aspeto do apeadeiro de Casais, em 2014.
Disambig grey.svg Nota: Para outras interfaces ferroviárias com nomes semelhantes ou relacionados, veja Apeadeiro de Prilhão-Casais, Estação Ferroviária de Cascais ou Estação Conde de Casal.

DescriçãoEditar

Este apeadeiro está situado junto à povoação de Casais do Campo, possuindo acesso pela Rua 20 de Maio.[4]

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: História da Linha do Norte

Este apeadeiro situa-se no troço da Linha do Norte entre as estações de Taveiro e Estarreja, que entrou ao serviço em 10 de Abril de 1864, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[5]

Ver tambémEditar

Comboios em Coimbra
(Serviços ferroviários pesados suburbanos e
regionais de passageiros, na região de Coimbra)

      em operação •   extinto em 2010
  ext. anunc. 2020 •     extinto em 2009


 
   
 
(ã) Lobazes 
   
 Moinhos (ã)
(ã) Miranda do Corvo 
   
 Trémoa (ã)
(ã) Padrão 
   
 Vale de Açor (ã)
(ã) Meiral 
   
 Ceira (ã)
(ã) Lousã-A 
   
 Conraria (ã)
(ã) Lousã 
   
 Carvalhosas (ã)
(ã) Prilhão-Casais 
   
 S. José (Calhabé) (ã)
(ã) Serpins 
 
 
 Coimbra-Parque (ã)
(ã) Coimbra 
 
 
 
 
 
 
       
 
 
 
 
 
   
 
 
 
(ã)(n) Coimbra-B   
(n) Souselas 
       
 
 
 
(f)(n) Pampilhosa 
   
 Bencanta (n)
(f) Mala 
   
 Espadaneira (n)
(f) Silvã-Feiteira 
   
 Casais (n)
(f) Enxofães 
   
 Taveiro (n)
(f) Murtede 
   
 V. Pouca Campo (n)
(f) Cordinhã 
   
 Amial (n)
(f) Cantanhede 
   
 Pereira (n)
(f) Limede-Cadima 
   
 Formoselha
(f) Casal 
   
 Alfarelos (a)(n)
(f) Arazede 
   
 Montemor (a)
(f) Bebedouro 
   
 Marujal (a)
(f) Liceia 
   
 Verride (a)
(f) Santana-Ferreira 
   
 Reveles (a)
(f) Costeira 
   
 Bif. de Lares (a)(o)
(f) Alhadas 
   
 Lares (o)
(f) Carvalhal 
   
 Fontela (o)
(f) Maiorca 
   
 Fontela-A (o)
 
   
 Figueira da Foz (f)(o)

Referências

  1. (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Diretório da Rede 2021. IP: 2019.12.09
  3. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  4. «Estação de Casais». Comboios de Portugal. Consultado em 19 de Abril de 2018 
  5. TORRES, Carlos Manitto (1 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1681). Lisboa. p. 9-12. Consultado em 19 de Março de 2014 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.