Apeadeiro de Castro Marim

apeadeiro em Portugal

O Apeadeiro de Castro Marim é uma interface da Linha do Algarve, que serve nominalmente a localidade de Castro Marim, no Distrito de Faro, em Portugal.

Castro Marim
Identificação:[1] 73502 CMM (Castro Marim)
Denominação: Apeadeiro de Castro Marim
Administração: Infraestruturas de Portugal (sul)[2]:3.3.3.2
Classificação: A (apeadeiro)[3]
Linha(s): Linha do Algarve (PK 389,911)
Altitude: 5 m (a.n.m)
Coordenadas: 37°11′48.31″N × 7°29′2.15″W

(≍+37.19675;−7.48393)

(mais mapas: 37° 11′ 48,31″ N, 7° 29′ 02,15″ O)
Concelho: bandeiraCastro Marim
Serviços:
Estação anterior Comboios de Portugal Comboios de Portugal Estação seguinte
Monte Gordo   R
Algarve
  Cacela

Conexões:
Ligação a aviação
LPVM
Equipamentos: Acesso para pessoas de mobilidade reduzida
Inauguração: 14 de abril de 1906 (há 116 anos)
Website:
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com o antigo Apeadeiro de Marim, também situado na Linha do Algarve.

DescriçãoEditar

O edifício de passageiros situa-se do lado norte da via (lado esquerdo do sentido ascendente, a Vila Real de Santo António).[4] Situa-se no cruzamento da via férrea com a estrada EN125-6, onde circula a carreira de transporte público rodoviário coletivo Vamus Algarve n.º 1, da responsabilidade de EVA Transportes, mas a paragem mais próxima situa-se a 355 m para sudoeste, num declive de 25 m, na localidade vizinha de São Bartolomeu.[5][6]

 
Serviço regional chegando a Castro Marim, em 2007, vendo-se a EN125-6.

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: História da Linha do Algarve

O apeadeiro de Castro Marim situa-se no lanço da Linha do Algarve entre Tavira e Vila Real de Santo António, que foi aberto à exploração em 14 de Abril de 1906, pela administração dos Caminhos de Ferro do Estado.[7] Fazia parte, com a categoria de estação, do elenco original de interfaces.[8]

Em 1913, existia uma carreira de diligências entre a estação e a vila de Castro Marim.[9]

Ver tambémEditar

Referências

  1. (I.E.T. 50/56) 56.º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Diretório da Rede 2021. IP: 2019.12.09
  3. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  4. (anónimo): Mapa 20 : Diagrama das Linhas Férreas Portuguesas com as estações (Edição de 1985), CP: Departamento de Transportes: Serviço de Estudos: Sala de Desenho / Fergráfica — Artes Gráficas L.da: Lisboa, 1985
  5. OpenStreetMaps / FOSSGIS Routing Service. «Cálculo de distância pedonal». Consultado em 15 de abril de 2022 
  6. Paragem EVA n.º 2839 - S. Bartolomeu
  7. TORRES, Carlos Manitto (1 de Fevereiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1683). p. 76-78. Consultado em 7 de Fevereiro de 2014 
  8. Tarifa Especial E — Grande VelocidadeGazeta dos Caminhos de Ferro 412 (1905.03.16)
  9. «Serviço de Diligencias». Guia official dos caminhos de ferro de Portugal. 39 (168). Outubro de 1913. p. 152-155. Consultado em 3 de Março de 2018 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o Apeadeiro de Castro Marim

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.