Abrir menu principal

Apeadeiro de Soito

apeadeiro em Portugal
Soito IPcomboio2.jpg
IPestacao.jpg
Linha(s) Linha da Beira Alta (PK 67,407)
Coordenadas 40° 24′ 53,28″ N, 8° 18′ 05,39″ O
Concelho Mortágua
Serviços Ferroviários Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Horários em tempo real
Serviços Serviço de táxis


Logos IP.png
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon HST grey.svgLuso - Buçaco (Sentido Pampilhosa)
BSicon HST grey.svgSoito
BSicon HST grey.svgMonte dos Lobos (Std. V. Formoso)
BSicon CONTf grey.svg

O Apeadeiro de Soito é uma interface da Linha da Beira Alta, que serve a localidade de Soito, na freguesia de Espinho, no Distrito de Viseu, em Portugal.

Índice

HistóriaEditar

 
Horário da Linha da Beira Alta em 1913, incluindo o apeadeiro de Soito.

A Linha da Beira Alta foi inaugurada pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses da Beira Alta em 1 de Julho de 1883.[1]

Um diploma de 21 de Outubro de 1936 do Ministério das Obras Públicas e Comunicações aprovou um projecto de aviso ao público da Companhia da Beira Alta, relativo ao serviço de mercadorias prestado na gare de Soito, que nessa altura tinha a categoria de paragem.[2]

Um outro diploma, publicado no Diário do Governo n.º 208, II Série, de 7 de Setembro de 1949, atribuiu distâncias próprias à Paragem de Soito, de acordo com um projecto de aditamento aos quadros de distâncias de aplicação quilométrica na Linha da Beira Alta, proposto pela Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses[3], que começou a explorar a Linha em 1 de Janeiro de 1947.[4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. TORRES, Carlos Manitto (16 de Março de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 71 (1686). p. 133-140. Consultado em 21 de Março de 2015 
  2. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 48 (1174). 16 de Novembro de 1936. p. 555-558. Consultado em 4 de Dezembro de 2015 
  3. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Ano 62 (1484). 16 de Outubro de 1949. p. 646-647. Consultado em 4 de Dezembro de 2015 
  4. REIS et al, 2006:62-63

BibliografiaEditar

  • REIS, Francisco; GOMES, Rosa; GOMES, Gilberto; et al. (2006). Os Caminhos de Ferro Portugueses 1856-2006. Lisboa: CP-Comboios de Portugal e Público-Comunicação Social S. A. 238 páginas. ISBN 989-619-078-X 

Ligações externasEditar