Abrir menu principal
Soudos - Vila Nova IPcomboio2.jpg
Apeadeiro de Soudos - Vila Nova, em 2009.
Inauguração 26 de novembro de 1950
Linha(s) Ramal de Tomar (PK 1,300)
Coordenadas 39° 32′ 34,41″ N, 8° 28′ 17,94″ O
Concelho Tomar
Serviços Ferroviários Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Horários em tempo real
Serviços Serviço de táxis
Telefones públicos


Logos IP.png
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon HST grey.svgCarrascal - Delongo (Sentido Tomar)
BSicon HST grey.svgSoudos - Vila Nova
BSicon KBHFe grey.svgLamarosa (Sentido Lamarosa)


O Apeadeiro de Soudos - Vila Nova, originalmente denominado apenas de Soudos, é uma interface do Ramal de Tomar, que serve as povoações de Vila Nova e Soudos, no Distrito de Santarém, em Portugal.

CaracterizaçãoEditar

Esta interface tem acesso pela Rua General F. Oliveira, na localidade de Vila Nova.[1]

HistóriaEditar

O Ramal de Tomar abriu à exploração em 24 de Setembro de 1928.[2] No entanto, este apeadeiro não fazia parte originalmente do Ramal, tendo sido inaugurado em 26 de Novembro de 1950, com o nome de Soudos, e originalmente localizado ao quilómetro 1,290 do Ramal de Tomar.[3] Foi custeado pelas populações locais, para servir uma área que englobava as localidades de Vila Nova, Soudos, Pé de Cão, Moreiras, Vila do Paço e Carrazede.[3] O primeiro comboio a parar neste apeadeiro foi n.º 443, e todas as automotoras que circulavam pelo ramal teriam ali paragem caso houvesse passageiros a desembarcar.[3]

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre o Apeadeiro de Soudos - Vila Nova

Referências

  1. «Soudos - Vila Nova - Ramal de Tomar». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 2 de Dezembro de 2015 
  2. TORRES, Carlos Manitto (16 de Fevereiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1684). Gazeta dos Caminhos de Ferro. pp. 91–95. Consultado em 4 de Dezembro de 2014 
  3. a b c «Linhas Portuguesas» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. Gazeta dos Caminhos de Ferro. 63 (1511). 439 páginas. 1 de Dezembro de 1950. Consultado em 4 de Dezembro de 2014 

Ligações externasEditar