Abrir menu principal
Apollo 9
Apollo-9-patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Foguete Saturno V SA-504
Espaçonave Apollo CSM-104
Apollo LM-3
Módulo de comando Gumdrop
Módulo lunar Spider
Astronautas James McDivitt
David Scott
Russell Schweickart
Base de lançamento Plataforma 39A, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 3 de março de 1969
16h00min00s UTC
Cabo Kennedy, Flórida,
 Estados Unidos
Amerrissagem 13 de março de 1969
17h00min54s UTC
Oceano Atlântico
Duração 10 dias, 1 hora,
54 segundos[1]
Altitude orbital 497 quilômetros
Inclinação orbital 33,8 graus
Imagem da tripulação
McDivitt, Scott e Schweickart
McDivitt, Scott e Schweickart
Navegação
Apollo 8
Apollo 10

Apollo 9 foi a terceira missão tripulada do Programa Apollo, que teve como principal objetivo testar em órbita terrestre o equipamento desenvolvido para pousar na Lua, principalmente o Módulo Lunar Apollo. Originalmente planejada para ser a primeira missão a orbitar a Lua, acabou por ser uma missão de testes de equipamento em órbita terrestre baixa devido a mudanças no cronograma do Programa Apollo. A mudança foi ocasionada pelo envio da Apollo 8 para circunavegar a Lua, numa tentativa bem-sucedida de passar à frente da União Soviética, na corrida pela conquista do satélite. Foi também a primeira missão Apollo a ser lançada ao espaço completa, com as suas três seções: o Módulo de Comando, o Módulo de Serviço e o Módulo Lunar.

Índice

TripulaçãoEditar

PrincipalEditar

Posição Astronauta[2]
Comandante James A. McDivitt
Piloto do Módulo de Comando David R. Scott
Piloto do Módulo Lunar Russell L. Schweickart

ReservaEditar

Posição Astronauta[2]
Comandante Charles "Pete" Conrad Jr.
Piloto do Módulo de Comando Richard F. Gordon Jr.
Piloto do Módulo Lunar Alan L. Bean

MissãoEditar

A Apollo 9 realizou a primeira acoplagem espacial com troca interna de tripulações. Durante dez dias, os astronautas colocaram todos os três veículos Apollo no mesmo ritmo na órbita terrestre, acoplando e desacoplando o módulo lunar e o módulo de comando, como se eles estivessem na órbita lunar. A missão provou que o maquinário da Apollo estava pronto para a tarefa de realizar encontros e acoplagens orbitais.

Schweickart e Scott fizeram duas caminhadas espaciais, em que o primeiro testou a nova roupa espacial, a primeira a ter seu próprio sistema de suporte à vida ao invés de ser ligada à nave por um cordão umbilical, enquanto Scott o filmava da escotilha da Apollo.

Pela primeira vez, desde a missão Gemini III, a primeira missão tripulada do Projeto Gemini, os astronautas tiveram permissão para nomear suas naves por si mesmos. Assim, o módulo lunar foi chamado de Spider (Aranha), pela sua semelhança com o animal, e o módulo de comando de Gumdrop (Jujuba), pelo formato.

Schweickart e Scott pilotaram o módulo Spider, distanciando-se do módulo de comando (MC) por 179 km, usando o motor de descida para se afastarem e usando os jatos propulsores de subida para retornarem e acoplarem ao MC. A missão terminou no dia 13 de março com o mergulho no mar 290 km a leste das Bahamas. A cápsula da Apollo 9 encontra-se em exposição no Museu Aeroespacial de San Diego.

Referências

  1. «Apollo 9». NASA Content Administrator (em inglês). NASA. 8 de julho de 2009. Consultado em 21 de março de 2019 
  2. a b «Apollo 9». NASA. 8 de julho de 2009. Consultado em 26 de março de 2019 

Ligações externasEditar