Abrir menu principal

Wikipédia β

Araguaína Futebol e Regatas

O Araguaína Futebol e Regatas é um clube brasileiro de futebol da cidade de Araguaína no estado de Tocantins, também conhecido como Tourão do Norte. O clube é o sucessor do Araguaína Futebol Clube criado em 1979 e extinto em 1996.

Araguaína
AraguainaFR.png
Nome Araguaína Futebol e Regatas
Alcunhas Tourão do Norte, O Mais Amado do Tocantins
Torcedor/Adepto Taurino
Mascote Touro
Fundação 28 de fevereiro de 1997 (20 anos)
Estádio Estádio Leôncio de Souza Miranda
Capacidade 10.000 pessoas
Localização Araguaína (TO)
Brasil Brasil
Presidente Brasil Jorge Frederico
Treinador Brasil Alex Oliveira
Patrocinador Brasil Supermercados Campelo
Competição Tocantins Campeonato Tocantinense
Brasil Campeonato Brasileiro - Série C
Ranking nacional 211º (51 pontos)[1]
Website araguainafuteboleregatas.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Índice

HistóriaEditar

O Araguaína foi fundado em 28 de fevereiro de 1997. é o clube de maior torcida do estado do Tocantins. Conhecido como “ Tourão do Norte” o Araguaína é sucessor do extinto Araguaína Futebol Clube, agremiação fundada em 1979 que se desligou oficialmente da Federação Tocantinense de Futebol em 1996. O apelido “Tourão do Norte” é uma alusão ao mercado agropecuarista do município. A cidade de Araguaína é conhecida como “ A capital do boi gordo” pelo grande número de rebanhos bovinos que fazem da cidade a maior exportadora de carne bovina do estado do Tocantins.

No ano de 2004, chegou pela primeira vez a uma decisão do Campeonato Tocantinense, perdendo o título para o Palmas. Em 2005, foi novamente vice-campeão estadual. A primeira conquista do Campeonato Tocantinense ocorreu em 2006, quando bateu o Tocantinópolis na final. No mesmo ano, participou do Campeonato Brasileiro da Série C, terminando na trigésima oitava colocação.

Na edição de 2007 da competição, mesmo tendo realizado a melhor campanha de seu grupo, o Araguaína acabou perdendo 12 pontos nos tribunais, devido à escalação do jogador Eucimar de forma irregular em duas partidas. O clube conseguiu recorrer, porém, a terceira fase da competição já estava sendo disputada, a equipe não conseguiu ser novamente incluída.

Anos de OuroEditar

Em 2009,Foi um ano excelente para o Tourão do Norte, primeiramente porque houve a construção de um novo estádio na cidade, o Mirandão. A partida de inauguração foi contra o Goiás, em que o esmeraldino venceu por 2 x 1. o Araguaína chegou a final do Campeonato Tocantinense pela quinta vez em seis anos Fazendo uma boa campanha no estadual, o Touro chegou até a finalíssima contra o poderoso Palmas, arrancando um empate na capital por 1 x 1. No Mirandão o clube empatou em 2 x 2 e venceu o Palmas por 5 x 3 nos pênaltis e conquistou seu segundo título. Representou o estado do Tocantins na Copa do Brasil de 2010, competição da qual foi eliminado na primeira fase pelo Guarani de Campinas.

No dia 16 de outubro de 2010, o Araguaína tornou-se a primeiro equipe tocantinense a subir de divisão no Campeonato Brasileiro, sendo promovido da Série D para a Série C. A partida que decretou a ascensão do clube, válida pelas quartas-de-final da competição, foi contra o Uberaba. Após um empate sem gols no tempo normal, o Araguaína venceu a disputa de pênaltis por 3 a 2, com atuação destacada do goleiro Huanderson, que defendeu três cobranças. Além do acesso, o clube garantiu vaga nas semifinais da Série D.[2] Porém, não conseguiu chegar às finais, sendo eliminado pelo Guarany de Sobral com dois empates.

A CriseEditar

Em 2011 o Clube nao fez boas campanhas nas competições que disputou. No primeiro semestre, disputou o Campeonato Tocantinense, onde a equipe não foi muito bem e acabou rebaixada. No segundo semestre, jogou a segunda divisão do estadual e não conseguiu o acesso. Na Série C, ficou com apenas 1 ponto no Grupo A da competição e foi rebaixado.

Em 2012, começou o ano Sonhando em herdar a vaga do Rio Branco-AC que havia sido punido pela Quarta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mais depois de muita confusão, foi decretada o rebaixamento do araguaina que esse ano jogará a Série D e novamente a segunda divisão do Campeonato Tocantinense.

Em 2016, o clube sofreu um novo rebaixamento no estadual, em uma partida polêmica pela ultima rodada. A segundona seria disputada no mesmo ano, porém em uma manobra da Federação Tocantinense de Futebol, conseguiu tirar o time por 3 anos do cenário futebolístico regional.

TítulosEditar

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Tocantinense 2 2006 e 2009
  Campeonato Tocantinense - 2ª Divisão 1 2012

Categorias de baseEditar

Juniores
Estaduais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Tocantinense de Juniores 2 2008 e 2013

Desempenho em competições oficiaisEditar

Campeonato Brasileiro (Série C)
Ano 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
Pos. 38° 33°
Ano 2010 2011
Pos. 20º


Campeonato Brasileiro (Série D)
Ano 2010 2012
Pos. 40º 


Copa do Brasil
Ano 2007 2010
Pos. 51° 50º


Campeonato Tocantinense
Ano 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999
Pos.
Ano 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
Pos.
Ano 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Pos.


Campeonato Tocantinense (2ª Divisão)
Ano 2011 2012 2013
Pos.


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Rebaixado à divisão inferior
     Acesso à divisão superior

ArtilheirosEditar

Artilharia
Atleta Competição Ano Gols
Wrias   Campeonato Tocantinense 2004   10
Éder   Campeonato Tocantinense 2005   26
Paraguaio   Campeonato Tocantinense 2007   18
Mauricinho   Campeonato Tocantinense 2009   14
Batata   Campeonato Tocantinense 2015   9


Referências

  1. RNC - Ranking Nacional dos Clubes 2017 CBF, acessado em 07 de março de 2017
  2. Huanderson pega três pênaltis, e Araguaína faz história na Série D Globoesporte, acessado em 16 de outubro de 2010

bvgdef.

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.