Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Ararate (desambiguação).
Ararate
Monte Ararate, visto de Khor Virap, Armênia.
Ararate está localizado em: Turquia
Ararate
Localização do monte Ararate na Turquia
Coordenadas 39° 42' 7" N 44° 17' 54" E
Altitude 5165 m (16854 pés)
Proeminência 3611 m
Listas Ponto mais alto de um país
Ultra
Localização Turquia Iğdır, Iğdır, Turquia
Cordilheira Cáucaso
Primeira ascensão 27 de setembro de 1829 por Friedrich Parrot
Rota mais fácil Iğdır (noroeste)

O Ararate (em turco: Ağrı Dağı; em armênio: Մասիս; romaniz.: Masis ou Արարատ, Ararat; em curdo: Çiyayê Agirî; em persa: کوه آرارات; romaniz.: Kuh-e Ararat) é a mais alta montanha da Turquia moderna. Tem dois picos: Grande Ararate (o pico mais alto da Turquia e de todo o planalto armênio com altitude de 5137 m) e o Baixo Ararate (com uma altitude de 3896 m). O maciço do Ararate tem de cerca de 40 km de diâmetro.[1] A fronteira entre o Irã e a Turquia fica a leste do Baixo Ararate, o pico mais baixo do maciço do Ararate. Nesta área, pela Convenção de Teerã de 1932, realizou-se a mudança das fronteiras em favor da Turquia, permitindo a ela ocupar o flanco leste do maciço.[2] O Monte Ararate, na tradição judaico-cristã, está associado com as "Montanhas do Ararate" onde, segundo o livro do Gênesis, a Arca de Noé estaria supostamente localizada.[3] Também desempenha um papel significativo no nacionalismo e irredentismo armênio.

Monte Ararate 3D

GeologiaEditar

O Ararate é um estratovulcão, formado por fluxos de lava e de ejeções piroclásticas, sem cratera vulcânica. Acima dos 4200 m, a montanha é constituída principalmente de rochas ígneas cobertas por uma camada de gelo.

O pico menor (de 3896 m, Baixo Ararate) levanta-se da mesma base, a sudeste do pico principal. O planalto de lava se espalha entre os dois pináculos. As bases dessas duas montanhas é de aproximadamente 1 000 km².[carece de fontes?]

A formação do Ararate é difícil de se recuperar geologicamente, mas o tipo de vulcanismo e a posição do vulcão levantam a ideia de que o isso ocorreu quando o mar de Tétis fechou durante o período Neógeno, como recentemente ocorreu ao longo das fronteiras das placas da Euro-Asiática, Africana e Arábica do Cabo de Gata até o Cáucaso.[carece de fontes?]

ElevaçãoEditar

 
Imagem de satélite do Monte Ararate

Algumas autoridades divulgam uma altitude de 5 165 m para o Monte Ararat.[1] No entanto, uma série de outras fontes, tais como o SRTM[4][não consta na fonte citada]. e o GPS mostram uma medição de 5 137 m, e que a elevação real pode ser ainda menor devido à espessa camada de gelo coberto de neve permanente que permanece no topo da montanha. A altura de 5137 m é também apoiada por numerosas cartas topográficas.[5]

AtividadeEditar

Não se sabe quando a última erupção do Monte Ararate ocorreu, não há observações históricas ou recentes de atividade registrada em grande escala. Acredita-se que o Ararate foi ativo no terceiro milênio a.C. Sob fluxos piroclásticos, alguns artefatos do início da Idade do Bronze e restos de corpos humanos foram encontrados.[6] Em julho de 1840, no entanto, Ararate foi abalado por um grande sismo, cujos efeitos foram maiores na vizinhança da Garganta Ahora. Uma parte instável da encosta norte colapsou: com ela, uma capela, um mosteiro e uma vila ficaram cobertos por escombros.[6]

 
Um modelo tridimensional que mostra os dois picos. (NASA)

LocalizaçãoEditar

 
Localização do Monte Ararate na Turquia

O Monte Ararate está situado na região leste da Anatólia, Turquia, entre as províncias de Iğdır e Ağrı, perto da fronteira com o Irã e a Armênia, entre os rios Aras e Murat.[7][1] O seu cume fica a cerca de 16 km ao oeste do Irã e 32 km ao sul da fronteira com a Armênia. O exclave de Nakhchivan pertencente ao Azerbaijão também está nas proximidades da montanha.

AscensãoEditar

Primeira ascensãoEditar

Dr. Friedrich Parrot, com a ajuda de Khachatur Abovian, foi o primeiro explorador nos tempos modernos que alcançou o cume do Monte Ararate, na sequência do início do domínio russo em 1829.[8] Abovian e Parrot atravessaram o rio Aras e chefiou a vila arménia de Agori, situada na encosta norte do Monte Ararate, 4000 m acima do nível do mar.

Significado no nacionalismo armênioEditar

 
Monte Ararate visto de Erevã, Armênia

O Ararate domina o horizonte da capital da Armênia, Erevã.[9] A montanha é reverenciada pelos armênios como um símbolo de sua identidade nacional e de seu irredentismo. O Ararate é o símbolo nacional da República da Armênia desde 1991, sendo apresentado no centro de seu brasão de armas.[10] Em 1937, ele passou a figurar no brasão da República Socialista Soviética da Armênia, que caracterizava o Monte Ararat, juntamente com o martelo soviético e a foice com uma estrela vermelha atrás dele.[11] Após a dissolução da União Soviética, uma versão ligeiramente modificada do brasão de armas da República Democrática da Armênia foi adotado e se manteve em vigor desde então.[10]

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ararate