Arcebispado búlgaro de Ocrida

(Redirecionado de Arcebispo de Ácrida)

O Arcebispado de Ocrida (Ohrid) ou Arcebispado Búlgaro de Ocrida, também conhecido como Arcebispado de Ocrida - Justiniana Prima e Toda Bulgária, foi uma Igreja Ortodoxa Autocéfala, de jure subordinada ao Patriarcado Ecumênico, estabelecida nas terras búlgaras conquistadas pelo Império Bizantino em 1018, sua sede foi a cidade de Ocrida.[1][2] A Igreja existiu continuamente nos anos de 1018 a 1767, quando foi liquidada de maneira não canônica pelo sultão otomano[3], por insistência do Patriarca grego Samuel, devido à iminente Guerra Russo-Turca (1768–1774),[4][5] e suas dioceses foram anexadas ao Patriarcado de Constantinopla.[6]

Basílica de Santa Sofia, a Catedral do Arcebispo de Ocrida (séc. XI-XIV).
Dioceses do Arcebispado de Ocrida em 1020, de acordo com as Cartas do Imperador Basílio II com os direitos do Arcebispado de Ocrida.

A Arquidiocese Autocéfala de Ocrida foi a ressurreição bizantina do Arcebispado de Justiniana Prima, como uma Igreja para os búlgaros, sérvios e albaneses[7][8] — fundada por Basílio II Bulgaróctono e dissolvida por Mustafá III.[6] O núcleo histórico da Igreja de Ocrida era a região de Cutmichevitsa.[9]

Mitra do Arcebispo de Ocrida. Museu de História Nacional, Sofia.

É o sucessor legal do Patriarcado Búlgaro abolido (Patriarcado de Preslav)[10], mas não é a mesma Igreja, porque depois de uma Assembléia Eclesiástica (Sobor) em Lapseki, em 1235, o antigo Patriarcado Búlgaro foi restaurado por João Asen II da Bulgária como Patriarcado de Tarnovo (Veliko Tarnovo)[1][11][12].

Com base na Diocese da Ráscia, juntamente com outras três antigas dioceses (Lipljan, Prisreno, Sirmio) do Arcebispado de Ocrida, o chamado Patriarcado de Peć foi fundado por Estêvão Uresis IV da Sérvia, em 16 de abril de 1346, numa Assembléia Eclesiástica em Escópia, onde o Arcebispo sérvio, Joanício II, foi elevado a Patriarca.[13] O Arcebispado de Ocrida não foi anexado ao Patriarcado de Peć, mantendo sua autocefalia, reconhecendo apenas o primado honorário do Patriarca Sérvio, com assento em Peć.[14][15]

De acordo com alguns relatórios, até 1037, a Metrópole de Kiev estava subordinado à Sé de Ocrida, e não ao Patriarcado de Constantinopla.[16][17]

Ver tambémEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arcebispado búlgaro de Ocrida

Referências

  1. a b «Глава IV. Болгарская Православная Церковь». Церковно-Научный Центр "Православная Энциклопедия" (em russo). Consultado em 3 de março de 2021 
  2. «Иван Снегаров - Предговор от Иван Божинов». macedonia.kroraina.com. Consultado em 2 de março de 2021 
  3. «Ив. Снегаров, История на Охридската архиепископия-патриаршия. Т. II – Индекс». macedonia.kroraina.com. Consultado em 3 de março de 2021 
  4. «Bulgaria's autocephalous archbishopric in Ohrid – story, told in exhibition». bnr.bg (em inglês). Consultado em 8 de fevereiro de 2021 
  5. «IGREJA E VIDA DA IGREJA NA MACEDÔNIA» 
  6. a b «Литературен свят » История брой 40 май 2012 » БЕЛЕЖИТИ ОХРИДСКИ АРХИЕПИСКОПИ» (em búlgaro). Consultado em 3 de março de 2021 
  7. «Иван Снегаров - История на Охридската Архиепископия, I». macedonia.kroraina.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2021 
  8. «P. Petrov, H. Temelski - Cyrkva i cyrkoven zhivot v Makedonija - 2». macedonia.kroraina.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2021 
  9. «П. Коледаров, Политическа география на средновековната българска държава. I (681-1018) - Summary». macedonia.kroraina.com. Consultado em 3 de março de 2021 
  10. «Patriarcado Búlgaro». bg-patriarshia.bg. Consultado em 3 de março de 2021 
  11. «Търновската патриаршия - Pravoslavieto.com». www.pravoslavieto.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  12. Танев, Тихомир (14 de julho de 2017). «Възстановяването на българската патриаршия през 1235 година». Българска история (em búlgaro). Consultado em 2 de março de 2021 
  13. «История на Охр. архиепископия - 3.1.1». macedonia.kroraina.com. Consultado em 3 de março de 2021 
  14. Fine, John V. A.; Fine, John Van Antwerp (1994). The Late Medieval Balkans: A Critical Survey from the Late Twelfth Century to the Ottoman Conquest (em inglês). [S.l.]: University of Michigan Press 
  15. Cirkovic, Sima M. (15 de abril de 2008). The Serbs (em inglês). [S.l.]: John Wiley & Sons 
  16. «Михаил Дмитриевич Приселков - Очерки по церковно-политической истории Киевской Руси X-XII вв.. Скачать книгу бесплатно в электронной библиотеке TheLib.Ru». thelib.ru. Consultado em 3 de março de 2021 
  17. М.в, Первушин (2016). «Информационная война в древней Руси». Вестник славянских культур (3). ISSN 2073-9567. Consultado em 3 de março de 2021