Abrir menu principal
Argila
Cartaz do filme
 Brasil
1940 •  p&b •  90 min 
Realização Humberto Mauro
Produção Cármen Santos
Argumento Humberto Mauro
Género drama romântico
Música Radamés Gnattali
Edgar Roquette-Pinto
Hekel Tavares
Cinematografia Manoel P. Ribeiro
Edição Hipólito Colomb
Watson Macedo
Companhia(s) produtora(s) Brasil Vita Filmes
Distribuição Distribuidora de Filmes Brasileiros
Lançamento Brasil 28 de maio de 1942
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Argila é um filme brasileiro do género drama romântico, realizado e escrito por Humberto Mauro e protagonizado por Cármen Santos, Celso Guimarães e Lídia Mattos.[1] Estreou-se no Brasil a 28 de maio de 1942.[2]

ElencoEditar

Referências

  1. «Argila». Cinemateca Brasileira. Ministério da Cultura. Consultado em 5 de julho de 2016. Arquivado do original em 23 de setembro de 2016 
  2. Almeida, Cláudio Aguiar (1999). O cinema como "agitador de almas": Argila, uma cena do Estado Novo. São Paulo: Annablume Editora. p. 222. ISBN 9788574190921. Resumo divulgativoGoogle Livros 
  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.