Abrir menu principal
Armênio Mendes
Nome completo Armênio Mendes
Nascimento 2 de agosto de 1944
Chão de Couce, Leiria, Portugal
Morte 13 de outubro de 2017 (73 anos)
São Paulo, SP, Brasil
Residência Santos, Brasil
Nacionalidade Português
Progenitores Mãe: Maria do Carmo Medeiros
Pai: Adriano Mendes
Cônjuge Maria Celeste de Jesus Veríssimo Mendes Del Vastto
Filho(s) Paulo Mendes
Alex Mendes
Carina Mendes
Ocupação Administrador de empresas
Empresário da construção
Economista

Armênio Mendes (Chão de Couce, 2 de agosto de 1944 - São Paulo, 13 de outubro de 2017) foi um empresário, economista luso-brasileiro e herói nacional.

Índice

BiografiaEditar

Armênio é um dos 4 filhos de Adriano Mendes, o pai que se foi quando ele tinha 12 anos e que mal conheceu, e de Maria do Carmo Medeiros, a qual vive ainda hoje em Chão de Couce – uma vila do distrito de Leiria que está no eixo de três grandes cidades: Coimbra, Pombal e Tomar.

Início como operárioEditar

Ainda em Portugal, Armênio começou[1] a trabalhar aos 11 anos como oleiro até os 14 anos. Entrou depois em uma marcenaria, onde trabalhou durante 4 anos.

Ida para o BrasilEditar

Aos 18 anos, como Armênio – então, em época da sua conscrição – não queria fazer a vida militar nas colônias portuguesas ultramarinas na ÁfricaAngola, Guiné, Moçambique –, resolveu emigrar com uma licença militar pré-requerida.

Chegado a Santos no navio Cabo de São Vicente no dia 18 de abril de 1963 partindo de Lisboa graças a uma carta de chamada assinada por 2 portugueses que já moravam em São Paulo e que estavam de férias em Portugal, Armênio foi morar em Vicente de Carvalho com um tio seu também português que trabalhava em um açougue.

Início no novo paísEditar

Armênio então trabalhou durante 11 meses em um estaleiro do distrito guarujaense pertencente à família Stipanich, emprego que o seu tio lhe arrumou. Depois, veio a trabalhar também fazendo aterros com um caminhão basculante e em uma oficina de bicicletas.

No meio empresarialEditar

Armênio veio a ingressar na vida de empreendedor da construção em 1975 – ao notar o seu potencial melhor com a construção do que com o caminhão ou bicicletas – ao fundar a Miramar Construtora, a 1ª empresa das que hoje formam o grupo Mendes – o qual possui[2] edificados diversos casas e edifícios residenciais bem como produtos ligados ao entretenimento: shopping centers (a exemplos do Miramar Shopping, do Praiamar Shopping e do Brisamar Shopping), hotéis, centros de convenções, rádios (a exemplo da rádio Jovem Pan FM Santos) e outros.

Formação acadêmicaEditar

Ainda praticamente à época em que Armênio fundou a construtora, formou-se em veterinária na turma de 1980 da Unimonte.

Mais tarde, veio a formar-se também em Veterinária pela Unimonte

MorteEditar

Armênio vinha enfrentando, desde abril de 2016,[3] um câncer no fígado evoluído desde uma cirrose – esta, evoluída desde uma hepatite causada por uma transfusão de sangue – e estava internado no hospital Albert Einstein de São Paulo, onde morreu por volta das 11 horas da manhã de 13 de outubro de 2017. Em um dos dias mais tristes da cidade de Santos.

Referências

Ligações externasEditar