Abrir menu principal

Wikipédia β

Armagedom (banda)

Armagedom
Informação geral
Origem São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Hardcore
Crossover thrash
Deathcore
Período em atividade 1984 - atualmente
Integrantes Renato
Javier
Claudinei
Pedro
Ex-integrantes Eduardo
Beto
Barriga
Zero
Ricardo
Thrash
Spaghetti
Página oficial www.armagedom.org

O Armagedom é uma banda de hardcore/crossover thrash de São Paulo. A banda auto-rotula seu som de Deathcore.

Índice

HistóriaEditar

A banda Armagedom inicou em 1982 com o nome "Última Chance", quando Javier (vocal), Zero (baixo), Barriga (guitarra) e Ricardo (bateria) começaram a ensaiar. Embora o nome fosse diferente, a proposta principal do grupo já estava definida. Uma visão de pobreza, morte, injustiça, agonia e desesperança sempre foram o tema principal nas letras. Como quase todas bandas hardcore punk dos anos 80, os integrantes aprenderam a tocar durante os ensaios. Em 1983, mudaram o nome para Rad Esquerda, mas o grupo decidiu após um tempo mudar novamente para um novo nome, refletindo a proposta da banda. Esta mudança aconteceu quando Zero (baixo) deixou o grupo e um novo integrante se juntou a banda - Eduardo - o novo baixista. O novo nome era ARMAGEDOM, um palavra biblica da batalha do final dos tempos, algo muito próximo ao sentimento que a banda sempre procurou passar. Com a nova formação Javier (vocal), Barriga (guitarra), Eduardo (baixo e Ricardo (bateria), conseguiram finalmente comprar os instrumentos e arrumar um lugar para ensaiar (Garagem da casa do Javier). Antes disto, constumavam ensaiar no estúdio da banda Cólera. Após encontrar um lugar para ensaiar e compondo novas músicas, o Armagedom começou a evoluir rapidamente e no final de 1984, gravaram uma fita com 14 músicas no estúdio Eldorado. Duas músicas desta gravação foram usadas na coletânea Ataque Sonoro. As músicas eram "Mortos de Fome" e "Super Projetos". Após algumas gigs, o Armagedom pôde finalmente gravar um LP, chamado, gravado em 1986 no estúdio vice e versa, lançado pelo selo Rainbow Records. Um pouco depois disso, Javier começou a tocar guitarra, Barriga mudou para o baixo e o Eduardo se tornou o vocal da banda. Em 1987, a banda parou e no final de 1988 retornou sem o Barriga, agora com Beto como baixista. A banda começou a ensaiar de novo e na metade de 1989, gravam uma demo tape com cinco novas músicas, que foram utilizadas no split CD e LP com Força Macabra - "Tumulo vago aos próximos que irão morrer por omissão". Neste período o Armagedom tocou em alguns lugares em São Paulo, e em 1992 gravaram um video de um gig ao vivo no espaço Retrô com novas músicas. Em 1993, Ricardo deixou a banda e após tentarmos encontrara um novo baterista, a banda parou novamente em 1994. Em 1998, Javier foi contactado pelo Força Macabra, banda da finlandia e iniciaram um projeto para lançar um split CD e LP e no meio de 1999 a banda retornou mais uma vez com Eduardo no vocal, Javier na guitarra, Ricardo na bateria e um novo componente, Claudinei no baixo. A banda com esta formação lançou o álbum Das Cinzas ao Inferno e segue tocando até hoje. Em 2010 o Eduardo deixa a banda e entra o Thrash no vocal. Em 2012 a banda grava 14 novos sons com o Thrash no vocal para o disco "10.000 anos de Terror" Em setembro de 2012 o Ricardo sai da banda sendo substituído por Spaguetti (ex- Ruidos Absurdos e ex- Ratos de Porão) amigo de longa data da banda. No início de 2013 o vocalista Thrash deixa a banda para se dedicar ao seu novo projeto chamado Jezzhell, e em seu lugar entra Renato (Social Chaos, Kroni, Vincebuz), com esta nova formação gravam o ep 7" intitulado "Ganância Irracional Extinção Inevitável" lançado em 2013. No mesmo ano 2013 realizaram a terceira tour européia intitulada "An Endless Downfall to Armagedom European Tour 2013".

Em 2014 a banda comemora 30 anos de vida com shows com o Terveet Kadet, Mob 47, Kuolema, Kovaa Rasvaa, Anthares celebrando no Brasil e tambem na Finlândia em uma mini turnê com shows no Festival Puntala Rock, Helsinki, Turkuu e Tampere. Nesta mini tour, o Pedro Pedrunk (Agrotoxico) integrou a banda como baterista e o Daniel Vecchi como baixista já que o Claudinei e o Spaghetti não puderam viajar. As apresentações do Armagedom no festival Puntala 2014 foram gravadas em video e em breve será lançado um DVD com este material.

Em 2015 o baterista Spaguetti sai da banda, no lugar entra o Pedro Pedrunk. A formação do Armagedom em 2015 é Renato - vocal, Javier - guitarra, Claudinei - baixo e Pedro - bateria.

Entre os anos de 2015 e 2017 a banda gravou com a nova formação (Renato, Javier, Claudinei e Pedro) 12 músicas que são parte de um novo disco vinil LP chamado "Em Lenta Decomposição". Todas as músicas deste novo album foram gravadas no estúdio Caffeinne (São {Paulo Brasil), o disco será lançado entre Maio e Junho de 2018 pelo sêlo Break The Silence (Alemanha). Em 2018 a banda irá participar do festival Obscene Extreme Fest 2018 lançando o novo disco, tambem irá realizar um show de lançamento deste novo album no conhecido espaço comunitário Køpi (Berlim - Alemanha).

IntegrantesEditar

Ex-integrantesEditar

  • Spaguetti - bateria (deixou a banda em 2014)
  • Thrash - vocal (deixou a banda em fev 2013)
  • Eduardo - vocal (deixou a banda em maio 2009)
  • Ricardo - vocal (deixou a banda em setembro 2012)
  • Barriga - guitarra
  • Beto - guitarra
  • Zero - baixo

DiscografiaEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.