Armistício franco-italiano

O armistício franco-italiano, ou Armistício de Villa Incisa, assinado em 24 de junho de 1940 e em vigor a partir de 25 de junho, encerrou a breve invasão italiana da França durante a Segunda Guerra Mundial.

Em 10 de junho de 1940, a Itália declarou guerra à França, enquanto a última já estava à beira da derrota em sua guerra com a Alemanha. Após a queda de Paris, em 14 de junho, os franceses solicitaram um armistício à Alemanha e, percebendo que os alemães não lhes permitiriam continuar a guerra contra os seus aliados italianos, também enviaram um pedido de armistício para a Itália, cujas forças ainda não haviam avançado. Temendo que a guerra terminasse antes de a Itália ter alcançado qualquer dos seus objetivos, o primeiro-ministro Benito Mussolini ordenou que uma invasão em grande escala através dos Alpes começasse em 21 de junho. O armistício franco-alemão foi assinado na noite de 22 de junho, mas não entraria em vigor até que os italianos assinassem seu próprio armistício. Com suas tropas incapazes de avançar, os italianos abandonaram seus principais objetivos de guerra e assinaram o armistício em 24 de junho. Este, entraria em vigor início da manhã seguinte. Estabeleceu uma pequena zona de ocupação e uma Comissão Italiana do Armistício com a França (Commissione Italiana d'Armistizio con la Francia) em Turim para supervisionar o cumprimento francês. Comissões de armistício também foram estabelecidas para a África do Norte francesa e para a Somalilândia Francesa. O armistício permaneceu em vigor até novembro de 1942, quando, durante o Caso Anton, os italianos ocupariam todo o sudeste da França e a Córsega e invadiriam a Tunísia.

Referências

  • «The Franco-Italian Armistice». Bulletin of International News. 17 (14): 852–54. 13 de julho de 1940 
  • «Armistice Between France and Italy». The American Journal of International Law. 34 (4, Supplement: Official Documents): 178–83. Outubro de 1940 
  • Andreyev, N. (1941). «Italian Operations in the Alps». Command and General Staff School. Military Review. 21 (80): 57–60. Translated by Joseph Dasher. Originally published as Italyanskiye Operatsii v Alpakh (Итальянские Операции в Альпах) in Krasnaya Zvezda (6 October 1940). 
  • Armstrong, Hamilton Fish (1940). «The Downfall of France». Foreign Affairs. 19 (1): 55–144. doi:10.2307/20029051 
  • Auphan, Gabriel Paul; Mordal, Jacques (1959). The French Navy in World War II. Annapolis, MD: United States Naval Institute 
  • Corvaja, Santi (2001). Hitler and Mussolini: The Secret Meetings. New York: Enigma. Translation of Mussolini nella tana del lupo (Milan: Dall'Oglio, 1983) by Robert L. Miller. 
  • Knox, MacGregor (1999) [1982]. Mussolini Unleashed, 1939–1941: Politics and Strategy in Fascist Italy's Last War. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 978-0-521-33835-6 
  • Merglen, Albert (1995). «Quelques réflexions historiques sur l'armistice franco-germano-italien de juin 1940». Guerres mondiales et conflits contemporains. 177: 79–93 
  • Rochat, Giorgio (2008). «La campagne italienne de juin 1940 dans les Alpes occidentales». Revue historique des armées. 250: 77–84, in 29 paragraphs online 
  • Sica, Emanuele (2012). «June 1940: The Italian Army and the Battle of the Alps». Canadian Journal of History/Annales canadiennes d'histoire. 47: 355–78 

Ligações externasEditar