Abrir menu principal
Arne Næss
Nascimento 27 de janeiro de 1912
Slemdal
Morte 12 de janeiro de 2009 (96 anos)
Oslo
Sepultamento Cemitério Ocidental
Cidadania Noruega
Irmão(s) Erling Dekke Næss
Alma mater Universidade de Oslo
Ocupação filósofo, professor, montanhista, escritor
Prêmios Prêmio Fridtjof Nansen por excelente pesquisa, classe histórico-filosófica, Prêmio Literário Peer Gynt, Prêmios da Associação Norueguesa de Sociologia, Comandante com Estrela da Ordem de São Olavo, Prêmio Nórdico da Academia Sueca
Empregador Universidade de Oslo
Movimento estético Ecologismo

Arne Dekke Eide Næss (Slemdal, 27 de janeiro de 1912Oslo, 12 de janeiro de 2009) foi um filósofo e ecologista norueguês, famoso por ter cunhado o termo "deep ecology" (ecologia profunda).[1] Foi um importante intelectual e uma figura inspiradora para o movimento ambientalista do fim do século XX.[2] Næss cita o livro Primavera Silenciosa, de Rachel Carson, como uma grande influência em sua visão da ecologia profunda. O filósofo combina sua visão ecológica com não-violência Gandhiana e, em diversas ocasiões, participou em ações diretas.

Næss afirmou que, enquanto grupos ambientalistas ocidentais do início do período pós-guerra haviam atraído a atenção do público para os problemas ambientais da época, falhavam em conhecer e abordar o que ele dizia serem as causas culturais e filosóficas por trás destes problemas. Næss acreditava que a crise ambiental do século XX havia surgido devido a certas pressuposições filosóficas e atitudes não-ditas no contexto das sociedades ocidentais modernas e desenvolvidas, que continuavam a não ser reconhecidas.[3]

Ele então cunhou a distinção entre o que chamou pensamento ecológico raso e profundo. Em comparação com o pragmatismo utilitário dos governos e organizações privadas ocidentais, ele defendia que uma percepção verdadeira da natureza promoveria um ponto de vista que apreciaria o valor da biodiversidade, compreendendo que cada ser vivo é dependente da existência de outras criaturas na complexa rede de interrelações que é o mundo natural.[3]

BiografiaEditar

Formado em filosofia em 1933, foi o professor mais jovem já contratado pela Universidade de Oslo, com apenas 27 anos. Næss, iniciou seus estudos em ecologia no início da década de 1970 e em 1973 formulou o conceito de ecologia profunda, onde afirma que a humanidade é como mais um fio na teia da vida, cada elemento da natureza, inclusive a humanidade, deve ser preservado e respeitado para garantir o equilíbrio do sistema da biosfera.

Arne Næss era irmão mais novo do armador Erling Næss e tio do alpinista e multimilionário Arne Næss Jr. (ex-marido da cantora americana Diana Ross).[4]

Notas e referências

  1. «Morre Arne Naess, filósofo norueguês inventor da 'ecologia profunda'». Consultado em 14 de janeiro de 2009 [ligação inativa]
  2. Krabbe, Erik C. (2010). «Arne Næss (1912-2009)». Consultado em 18 de setembro de 2019 
  3. a b Luke, Timothy W. (2002). Deep ecology: Living as if nature mattered. [S.l.: s.n.] pp. 178–186 
  4. «Fundador da ecologia profunda, Arne Naess morre aos 96 anos». Consultado em 14 de janeiro de 2009