Arnold Joost van Keppel

Arnold Joost van Keppel, 1.º Conde de Albemarle KG, e Lorde de De Voorst em Guelders (Guéldria) (Zutphen, 30 de janeiro de 1670 — 's-Hertogenbosch, 30 de maio de 1718) foi um nobre e militar neerlandês. Foi o favorito de Guilherme III de Orange, futuro rei da Inglaterra, Escócia e Irlanda.[1]

Arnold Joost van Keppel
Nascimento 30 de janeiro de 1670
Haia
Morte 30 de maio de 1718 (48 anos)
Haia
Sepultamento Haia
Cidadania Países Baixos
Progenitores Mãe:Anna van Keppel
Pai:Oswald van Keppel
Cônjuge Geertruid van Keppel
Filho(s) Willem van Keppel, 2.º Conde de Albemarle, Sophia van Keppel
Ocupação pajem, militar, político
Prêmios Ordem da Jarreteira
Título conde

VidaEditar

Arnold Joost van Keppel nasceu na República dos Países Baixos em 1670 e era filho de Oswald van Keppel e de sua esposa Anna Geertruid van Lintelo. Era um dos herdeiros de uma antiga e nobre família da Guéldria, e 12º na linha de sucessão de Walter van Keppel, vivendo em 1179. Alcançou fama e riqueza como braço-direito de Guilherme III de Orange. Tornou-se pajem de honra de Guilherme III, em sua adolescência, possivelmente já em 1685.[2][3] Keppel acompanhou Guilherme até a Inglaterra, por ocasião da revolução de 1688.

A relação do rei com Keppel intensificou-se em 1692, quando este começou a receber doações de terras do rei.[4] Tornou-se Groom of the Bedchamber e Master of the Robes em 1695. Em 1696, recebeu os títulos de Visconde Bury, em Lancashire, e de Barão Ashford, de Ashford, Kent. Em 10 de fevereiro de 1697, Guilherme fez de van Keppel o Conde de Albemarle. Em 1699, foi premiado com o comando da primeira tropa de guardas granadeiros a cavalo.[5]

Em 1700, Guilherme deu extensas terras a Albemarle na Irlanda, mas o Parlamento obrigou o rei a cancelar esta doação. Guilherme concedeu-lhe então cinquenta mil libras esterlinas. No mesmo ano, foi homenageado com o título de Cavaleiro da Jarreteira. Serviu tanto com as tropas inglesas, quanto com as neerlandesas, foi major-general em 1697, coronel de vários regimentos e governador de 's-Hertogenbosch.

Bonito e atraente, rivalizava com William Bentinck, 1º Conde de Portland, possuía plena confiança de Guilherme, e acompanhava-o por toda parte. A revolta de Bentinck foi tão evidente que os fofoqueiros da corte não tardaram em apelidá-lo de “velho cornudo”.[6][7] Em fevereiro de 1702, Guilherme III, muito debilitado pela doença, enviou Albemarle para os Países Baixos a fim de organizar a próxima campanha, e só voltou a tempo de receber as últimas ordens de Guilherme no seu leito de morte, inclusive sendo encarregado de zelar pelos papéis privados do rei.[8]

Após a morte de Guilherme III, que legou-lhe duzentos mil florins neerlandeses, e o senhorio de Brevost, Albemarle retornou aos Países Baixos, ocupou o seu lugar de nobre nos Estados Gerais, e tornou-se general da cavalaria no exército neerlandês. Uniu-se às forças dos aliados, em 1703, na Guerra da Sucessão Espanhola, esteve presente na batalha de Ramillies em 1706, e em Oudenaarde, em 1708, e distinguiu-se no cerco a Lille. Comandou o cerco a Aire em 1710, integrou a segunda linha de Marlborough, em 1711, e foi general das forças neerlandesas, em 1712, sendo derrotado em Denain, após a retirada de Ormonde e das forças inglesas e feito prisioneiro. Morreu em 30 de maio de 1718.

FamíliaEditar

Albemarle casou com Geertruid Johanna Quirina, filha de Adam van der Duyn,[9] com quem teve:

  • Willem, que lhe sucedeu como 2º Conde de Albemarle. Casou com a neta de Carlos II da Inglaterra;
  • Sophia (1716-1773), casou com o general John Thomas.

Notas e referências

  1. Black, J. (ed.) (1997). Culture and Society in Britain. Manchester: [s.n.] p. 97 
  2. Fifty years of my life By George Thomas Keppel Albemarle (Earl of); p303
  3. Mrs. Keppel and Her Daughter By Diana Souham; p19
  4. Perilous enlightenment By George Sebastian Rousseau; p24
  5. Memoirs of the court of England from ... 1688 to the death of George the second By John Heneage Jesse; p235
  6. Reyes sodomitas: Monarcas y Favoritos en las Cortes del Renacimiento y Barroco, Miguel Cabañas Agrela, Editora Egales, 2012
  7. Troost, 25–26; Van der Zee, 421-423
  8. Jesse, 235
  9. Van der Aa, Nieuw Nederlandsch Biografisch Woordenboek p. 436.
FontesEditar


Cargos militares
Precedido por
O Conde de Scarbrough
Capitão e coronel da
Tropa Própria de Sua Majestade de Horse Guards

1699-1710
Sucedido por
O Conde de Portland
Cargos na Corte
Precedido por
William Nassau de Zuylestein
Master of the Robes
1695-1701
Sucedido por
Cornelius Nassau
Pariato da Inglaterra
Novo título Conde de Albemarle
1697-1718
Sucedido por:
Willem van Keppel