Arquidiocese de Maceió

A Arquidiocese de Maceió (Archidioecesis Maceiensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no estado de Alagoas. Seu território inclui a capital do estado e os municípios de Atalaia, Barra de Santo Antônio, Branquinha, Cajueiro, Campestre, Capela, Chã Preta, Colônia Leopoldina, Coqueiro Seco, Flexeiras, Ibateguara, Jacuípe, Japaratinga, Jaramataia, Joaquim Gomes, Jundiá, Mar Vermelho, Maragogi, Marechal Deodoro, Matriz de Camaragibe, Messias, Minador do Negrão, Murici, Novo Lino, Palestina, Paripueira, Passo de Camaragibe, Pilar, Pindoba, Porto Calvo, Porto de Pedras, Rio Largo, Santa Luzia do Norte, Santana do Mundaú, São José da Laje, São Luís do Quitunde, São Miguel dos Milagres, Satuba, Tanque d'Arca, União dos Palmares e Viçosa.[1]

Arquidiocese de Maceió
Archidiœcesis Maceiensis
Catedral Metropolitana de Maceió
Localização
País  Brasil
Dioceses sufragâneas Palmeira dos Índios
Penedo
Estatísticas
Área 8,545 km²
Informação
Rito romano
Criação da diocese 2 de julho de 1900 (120 anos)
Elevação a arquidiocese 13 de fevereiro de 1920 (101 anos)
Padroeiro Nossa Senhora dos Prazeres
Governo da arquidiocese
Arcebispo Antônio Muniz Fernandes, O.Carm.
Arcebispo emérito Edvaldo Gonçalves Amaral, SDB
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
(Região Nordeste 2)
Contatos
Endereço Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol
Página oficial arquidiocesedemaceio.org.br
dados em catholic-hierarchy.org

HistóriaEditar

 
Praça da Catedral, 1905 Arquivo Nacional.

A arquidiocese foi fundada a 2 de julho de 1900, pelo Papa Leão XIII, por meio da bula Postremis Hisce Temporibus, com a designação de Diocese das Alagoas e abrangendo todo o território do estado. Teve a sua instalação oficial a 23 de agosto de 1901, com a posse solene, na Catedral de Nossa Senhora dos Prazeres, do primeiro bispo, D. Antônio Manuel de Castilho Brandão, alagoano da região sertaneja de Mata Grande, que fora bispo do Grão-Pará.

Bispos e arcebisposEditar

Nome Período Notas
Bispos
Dom Antônio Manuel de Castilho Brandão 19011910
Dom Manuel Antônio de Oliveira Lopes 19111922
Arcebispos
Dom Manuel Antônio de Oliveira Lopes 19111922 Primeiro Arcebispo
Dom Santino Maria da Silva Coutinho 19231939
Dom Ranulfo da Silva Farias 19391963
Dom Adelmo Cavalcante Machado 19631976
Dom Miguel Fenelon Câmara Filho 19761984 Nomeado Arcebispo de Teresina.
Dom José Lamartine Soares 19851985 Faleceu antes de assumir a Arquidiocese.
Dom Edvaldo Gonçalves Amaral, S.D.B. 19862002 Arcebispo Emérito.
Dom José Carlos Melo, C.M. 20022007
Dom Antônio Muniz Fernandes, O.Carm. 2007 Atual.
Arcebispo-coadjutores
Dom Adelmo Cavalcante Machado 19551963
Dom Miguel Fenelon Câmara Filho 19741976
Dom José Carlos Melo, C.M. 20002002
Bispos Auxiliares
Dom Eliseu Maria Gomes de Oliveira 19681974 Bispo Auxiliar.

Ligações externasEditar

  Circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil — Regional Nordeste II
(Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas)
 

 

 

 

Província eclesiástica de Olinda e Recife

Afogados da Ingazeira  • Caruaru  • Floresta  • Garanhuns  • Nazaré  • Palmares  • Pesqueira  • Petrolina  • Salgueiro
Província eclesiástica da Paraíba
Cajazeiras  • Campina Grande  • Guarabira  • Patos
Província eclesiástica de Maceió
Palmeira dos Índios  • Penedo
Província eclesiástica de Natal
Caicó  • Mossoró

  Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Maceió
  1. «Paróquias». Arquidiocese de Maceió. Consultado em 10 de maio de 2021