Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde junho de 2019). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Arquidiocese de Ruão
Archidiœcesis Rothomagensis
Catedral de Nossa Senhora de Ruão
Localização
País França
Dioceses sufragâneas Bayeux
Coutances
Évreux
Le Havre
Séez
Estatísticas
População 851 000
Área 4 228 km²
Paróquias 56
Sacerdotes 173
Informação
Rito romano
Criação da diocese Século II
Elevação a arquidiocese Século V
Padroeiro Nossa Senhora da Assunção
Governo da arquidiocese
Arcebispo Dominique Julien Claude Marie Lebrun
Vigário-geral Philippe Maheut
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Página oficial http://catholique-rouen.cef.fr/
dados em catholic-hierarchy.org
Província eclesiástica de Ruão

A Arquidiocese de Ruão (Archidiœcesis Rothomagensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica situada em Ruão, na França. É fruto da elevação da Diocese de Ruão, erigida no século III. Seu atual arcebispo metropolita é Dominique Julien Claude Marie Lebrun. Sua é a Catedral de Nossa Senhora de Ruão.

Possui 56 paróquias assistidas por 173 párocos e cerca de 80,8% da sua população jurisdicionada é batizada[1].

HistóriaEditar

A região de Ruão foi cristianizada desde o século III, provavelmente por missionários de Lyon (Lyon e Ruão sendo ligados pelo comércio). A tradição diz que São Nicácio que evangelizou o Vexin no terceiro século e foi martirizado com seus companheiros sobre as margens do Epte antes de chegar a Ruão. São Melão, que provavelmente era um discípulo de São Nicácio, se tornou o segundo bispo de Ruão.

Em 744 o arcebispo Grimão recebeu o Pálio do Papa Zacarias. São Remígio era o bispo de Ruão, após meados do século VIII na França e foi um dos primeiros a defender a adoção do rito romano no lugar do rito galicano.

Após a Concordata com a bula Qui Christi Domini do Papa Pio VII de 29 de novembro de 1801, a arquidiocese cedeu partes do território para a diocese de Versalhes, Evreux e Beauvais. Com o episcopado do Cardeal Bonnechose (1858 - 1883), a arquidiocese voltou ao rito romano.

Os arcebispos de Ruão levam o título de primaz da Normandia. Este título tem origens antigas. Os pontífices, a pedido do arcebispo de Lyon, num primeiro momento rejeitaram as alegações dos arcebispos de Ruão com duas bulas do Papa Gregório VII em 1070 e outra do Papa Celestino II em 1144. Mas depois, o Papa Calisto III reconheceu a classificação primacial de Ruão com duas bulas de 1457 e 1458.

PreladosEditar

BisposEditar

ArcebisposEditar

FontesEditar

Referências