Arquipélago de Estocolmo

O arquipélago de Estocolmo (Stockholms skärgård) é o maior arquipélago da Suécia e um dos maiores do mar Báltico. Estende-se desde as costas da cidade de Estocolmo até 60 quilômetros em mar aberto, abrangendo as costas da Uppland e de Södermanland, desde Björkö-Arholma a norte até Öja-Landsort no sul. Liga com o arquipélago de Åland. Tem cerca de 24 000 ilhas e ilhotas das mais diversas formas e tamanhos, das quais 200 são habitadas. [1][2][3]

Mapa do arquipélago de Estocolmo
Mapa do arquipélago de Estocolmo

Em 1719 tinha uma população de 2800 pessoas no total. De sítio povoado inicialmente por pescadores, transformou-se hoje em local de veraneio para os habitantes de Estocolmo e turistas. A população permanente concentra-se nas ilhas de Vaxholm, Värmdö e em outras grandes similares. Muitos deles vivem de forma permanente aí e trabalham na cidade. Estima-se em 50 000 as casas repartidas pela zona.

O transporte público com o resto da cidade realiza-se por barco com a Waxholmsbolaget. Leva cerca de 2 horas para chegar à localidade Stavsnäs, a qual tem ligação rodoviária com Gustavsberg e Estocolmo. [1]

O arquipélago tem sido fonte de inspiração para muitos escritores, pintores e outros artistas, entre eles August Strindberg, Roland Svenssonn, Ernst Didring e Aleister Crowley.

IlhasEditar

LocalidadesEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Skärgårdsfakta» (PDF) (em sueco). Länsstyrelsen Stockholm. Consultado em 12 de abril de 2020 
  2. «Estocolmo é uma das metrópoles mais limpas e seguras do mundo». Globo.com. Globo Repórter. 6 de dezembro de 2014. Consultado em 17 de janeiro de 2015 
  3. Ottosson, Mats; Åsa Ottosson (2008). «Stockholms skärgård». Upplev Sverige (Conheça a Suécia). En guide till upplevelser i hela landet (em sueco). Estocolmo: Wahlström Widstrand. p. 329. 527 páginas. ISBN 9789146215998 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquipélago de Estocolmo