Abrir menu principal

Arquivo do Terror é o nome dos documentos secretos da ditadura do General Alfredo Stroessner (19122006), que governou o Paraguai por 35 anos.[1]

Graças a um convênio[2] assinado no dia 3 de agosto do ano de 2007 entre a Suprema Corte do Paraguai e a organização Arquivo de Segurança Nacional, o Arquivo do Terror, descoberto em 1992 por Martin Almada[nota 1] [3], teve seus documentos digitalizados e disponíveis para consulta.[4]

Parte da documentação revela evidências da participação da Operação Condor entre as ditaduras militares do Cone Sul para eliminar opositores nos anos 1970 e 1980.[5]

Referências

Notas

  1. Advogado e ativista e defensor dos direitos humanos no Paraguai. (n.1937)

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar