Arruda dos Pisões

localidade e antiga freguesia de Rio Maior, Portugal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja arruda (desambiguação).

Arruda dos Pisões é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Rio Maior, com 9,70 km² de área e 405 habitantes (2011). A sua densidade populacional era 41,8 hab/km².
Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[1] sendo o seu território integrado na freguesia de Outeiro da Cortiçada e Arruda dos Pisões.

Portugal Arruda dos Pisões 
  Freguesia portuguesa extinta  
Localização
Arruda dos Pisões está localizado em: Portugal Continental
Arruda dos Pisões
Localização de Arruda dos Pisões em Portugal Continental
Mapa de Arruda dos Pisões
Coordenadas 39° 18' 56" N 8° 50' 22" O
Concelho primitivo Rio Maior
História
Extinção 28 de janeiro de 2013
Características geográficas
Área total 9,70 km²
Outras informações
Orago S. Gregório

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Arruda dos Pisões [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
220 262 296 317 370 443 621 532 598 624 565 469 424 425 405
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 45 64 199 117 10,6% 15,1% 46,8% 27,5%
2011 61 34 216 94 15,1% 8,4% 53,3% 23,2%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Povoamento HumanoEditar

A Freguesia de Arruda dos Pisões é considerada uma das mais antigas do concelho de Rio Maior e os seus povos descenderão de habitantes primitivos da região.

A presença humana nesta zona remonta a épocas muito remotas. Pensa-se que terá sido no último período da era Cenozóica. Deslocavam-se grupos pouco numerosos, ao longo dos rios e lagos, à procura de raízes, frutos e outras comidas. Pernoitavam nas grutas e nos buracos, que lhes pareciam seguros dos animais.

ToponímiaEditar

O topónimo Pisões, deriva de Pizoens, um instrumento com que as populações de antigamente moíam os cereais para fabricar farinha, objecto que batia no recipiente ou almofariz. Pisões também poderia ser máquinas utilizadas para lhe dar mais consistência, e assim sendo poderá indicar a existência, noutras tempos de uma indústria de panos, o topónimo Arruda poderá estar ligado a uma planta lenhosa, que existiu, de forte cheiro e desagradável e sabor acre, utilizada para fins medicinais.

HistóriaEditar

A freguesia de S. Gregório de Arruda dos Pisões, era uma vigararia e posteriormente de Avis, sendo um dos seus frades professos a apresentar a Mesa da Consciência.

No ano de 1527, na aldeia de Arruda dos Pisões existiam 27 fogos habitacionais e uma população de cerca de 120 habitantes. Em 1758, existiam cerca de 63 fogos e 243 habitantes. No recenseamento de 1930 a freguesia tinha 128, sendo a freguesia menos populosa do concelho.

EconomiaEditar

Esta zona, em tempos era bastante pantanosa. Ao longo da freguesia existem bastantes ribeiras, sendo muito abundante de água, tornando a agricultura, na actividade principal da população, a qual ainda é complementada pela pecuária e avicultura. Na primeira metade do século passado, a indústria de louça de barro grosseira, predominava na freguesia, existindo também diversas fábricas na vinha, na fruta e na oliveira, possuindo alguns lagares de azeite. No ano de 1939, apareceu um insecto preto que se introduzia nos ramos da oliveira destruindo a azeitona.

IgrejaEditar

A Igreja Paroquial de São Gregório, contém uma só nave, dois altares colaterais e tecto de madeira de três planos. De realçar a imagem da padroeira, esculpida em pedra, com uma altura de cerca de 70 cm, policremada, data do século XVI. Destaque ainda para o cruzeiro que data de 1734.

Festas e romariasEditar

São Gregório (18 a 22 de Agosto)

Património cultural e edificadoEditar

Igreja matriz, adro da igreja, cruzeiro, fonte do povo, lagares de azeite, moinho e um Ferreiro

Outros locais de interesse turísticoEditar

Cabeço da Guarita (miradouro), campo de tiro e fábrica de olaria antiga.

GastronomiaEditar

Magusto e bacalhau assado.

ArtesanatoEditar

Tapeçaria (tipo Arraiolos).

ColectividadesEditar

  • Assoc. Progresso recreativa de Arruda dos Pisões
  • Juventude de Arruda dos Pisões

Referências

  1. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.