Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Janeiro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Artemísia, veja Artemísia.
Artemísia
Rainha de Halicarnasso, Cós, Nísiros e Calynda

e Almirante de toda a frota persa.

Imagem da obra Promptuarii Iconum Insigniorum de Guillaume Rouillé
Antecessor(a) Seu marido (nome desconhecido)
Sucessor(a) Pisindelis
Nascimento Século V a.C.
  Halicarnasso
Morte c. 480 a.C.
Filho(s) Pisindelis
Pai Ligdamis I, Sátrapa de Halicarnasso
Mãe Desconhecida

Artemísia I (em Grego, Αρτεμισία) (c.480 a.C.), sátrapa da Cária, lutou em Salamina ao lado dos persas, como Almirante de toda a sua frota.

BiografiaEditar

Segundo Pausânias, Artemísia, filha de Ligdamis, rainha de Halicarnasso, juntou-se à expedição de Xerxes contra a Grécia, e distinguiu-se na Batalha de Salamina.[1]

Segundo Heródoto, Artemisia era halicarnassiana por parte de pai, e cretense por parte de mãe. Ela passou a governar a Cária após a morte de seu esposo, que era cliente dos persas. Apesar de suas origens gregas, participou da segunda invasão persa liderada por Xerxes I, inclusive oferecendo bons conselhos ao rei. Lutou com destaque na Batalha de Salamina, onde comandou cinco navios de seu reino. Heródoto a descreveu favoravelmente e ressaltou os elogios à sua bravura durante a batalha feitos pelo rei persa.

Segundo Plutarco, foi ela quem reconheceu o corpo de Ariamenes, irmão de Xerxes e almirante da frota persa, que morreu após seu barco ter sido abalroado pelo barco de Ameinias o Deceleiano e Socles o Paeaniano; Ariamenes tentou abordar a trirreme grega, mas foi morto pelas lanças[2]

LegadoEditar

As colunas de mármore do mercado de Esparta, no século II a.C., eram ilustradas com figuras dos persas, inclusive Artemísia e Mardônio, filho de Góbrias.[1]

Artemísia no cinemaEditar

Referências

  1. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 3.11.3
  2. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Temístocles, 14.3
  • Bowder, Diana - "Quem foi quem na Grécia Antiga", São Paulo, Art Editora/Círculo do Livro S/A, s/d
  • Heródoto - "História" - Rio de Janeiro, Ed. Tecnoprint, s/d.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.