Abrir menu principal
As Granfinas e o Camelô
 Brasil
1977 •  cor •  90 min 
Direção Ismar Porto
Roteiro Ismar Porto
Elenco Carlo Mossy
Marisa Sommer
Elisa Fernandes
Gênero comédia, terror
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

As Granfinas e o Camelô [nota 1] é um filme brasileiro de 1977 do gênero pornochanchada, dirigido por Ismar Porto. Traz trechos do show de mulatas de Osvaldo Sargentelli na boate carioca Oba-Oba. Música de Zé Rodrix [1].

Índice

ElencoEditar

SinopseEditar

Marta, Helena e Vera são três mulheres ricas entediadas que resolvem fazer uma aposta: que Marta não conseguirá transformar um homem simples num cavalheiro. O camelô Zé Maria é o escolhido para ser aquele que vai ser ensinado. Ele vendia produtos ilegais e é preso, mas Marta paga a fiança e o obriga a ficar morando na casa dela por um mês, enquanto lhe dará aulas de etiqueta. Contrariado mas interessado em Marta, Zé Maria se esforça para aprender boas maneiras mas Helena e Vera são atraídas por ele quando o conhecem e passam a tentar tirá-lo da casa de Marta, tentando inclusive disfarces, sequestro e invasão. O pai de Marta também não gosta do malandro morando lá e contrata a vedete Hilda Rebolado para se passar por copeira e seduzir Zé Maria, a fim de decepcionar Marta. Zé Maria acaba se cansando de todo o assédio e tenta fugir e voltar para sua namorada no subúrbio, Dorinha.

Notas

  1. De acordo com as normas ortográficas vigentes já em 1977, o nome desse filme deveria ser grafado As Grã-Finas e o Camelô

Referências