Abrir menu principal

Wikipédia β

As Pupilas do Senhor Reitor (1961)

As Pupilas do Senhor Reitor é mais uma versão cinematográfica da obra homônima de Júlio Dinis. É uma produção portuguesa de 1961 dirigida por Perdigão Queiroga, co-autor do roteiro com Amadeu do Vale, Manuel Moutinho Múrias (pseudónimo de Manuel Maria Múrias, n. 1928), Miguel Torres de Andrade, Raul de Carvalho e o brasileiro Anselmo Duarte, que encabeça o elenco.[1]

As Pupilas do Senhor Reitor
 Portugal /  Brasil
1961 •  cor •  110 min 
Direção Perdigão Queiroga
Roteiro Júlio Dinis (romance)/ Anselmo Duarte / Manuel Moutinho Múrias / Perdigão Queiroga/ Miguel Torres/ Amadeu do Vale
Elenco Anselmo Duarte
Marisa Prado
Isabel de Castro
Género Romance
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Índice

SinopseEditar

Margarida (Marisa Prado) e Clara (Isabel de Castro) são duas órfãs protegidas pelo Reitor (Araújo Silva) de uma pequena aldeia. Pedro (Américo Coimbra), filho de José das Dornas (Raul de Carvalho), é noivo de Clara, a mais nova das irmãs. Seu irmão Daniel (Anselmo Duarte), volta para a aldeia, depois de formado em medicina, fazendo concorrência ao velho médico Dr. João Semana (Humberto Madeira). Margarida, professora dedicada, ama Daniel em segredo, sofrendo porque o interesse dele é por Clara, que é volúvel e superficial. Os comentários correm a aldeia, até que Pedro descobre seu irmão com uma mulher que ele supõe ser Clara, mas que Margarida ocupa o lugar para evitar problemas. Os aldeões recusam-se a mandar as crianças para a escola de Margarida. Somente Clara, Daniel e o velho Reitor sabem da verdade. Daniel, para remediar a situação, pede Margarida em casamento, mas ela recusa. Ele então abandona a aldeia para tentar a vida no Brasil. Clara, recuperada de suas atitudes, dedica-se a Pedro e envida todos os esforços para que Daniel e Margarida se unam.

ElencoEditar

Referências

  1. «As Pupilas do Senhor Reitor». Infopédia online. Consultado em 2 de Setembro de 2013 

Ligações ExternasEditar