Abrir menu principal
Asano Naganori
Nascimento 28 de setembro de 1667
Edo
Morte 21 de abril de 1701 (33 anos)
Edo
Cidadania Japão
Cônjuge Yōzen-in
Ocupação samurai
Título daimiô
Causa da morte esfaqueamento

Asano Naganori (浅野長矩? Edo, 28 de setembro de 1667 – Edo, 21 de abril de 1701) foi o daimyo do Domínio de Akō no Japão (1675 - 1701). Seu título era Takumi no Kami (内匠頭). Ele é conhecido como a pessoa que desencadeou uma série de incidentes retratados na conhecida historia Chūshingura, um dos temas favoritos de kabuki, livros japoneses e filmes.

BiografiaEditar

Ele nasceu em Edo, filho mais velho de Asano Nagatomo. Sua familia era descendente da Clã Asano cuja principal linhagem era de Hiroshima. Seu avô Naganao foi apontado como daimyo de Ako com 50 mil koku. Mais tarde Naganao morreu (em 1671), Nagatomo sucedeu o cargo mas morreu depois de três anos, em 1675. Naganori sucedeu seu pai com nove anos de idade.

Em 1680 ele foi aponta para o cargo para Takumi No kami o centro da carpintaria da corte imperial, mas esse cargo era nominal,como foram outros cargos garantidos para samurais naquela época,e somente tinha um significado honorífico. Como um daimyo com um pequeno feudo, ele foi apontado diversas vezes temporariamente para cargos menores no Shogunato Tokugawa .Em 1683,ele foi o primeiro a ser apontado para ser um dos dois oficiais para hospedar os emissários da corte imperial para o shogunato . Esta foi a primeira vez que ele encontrou Kira Yoshinaka, mais alto nível do koke, o centro cerimônial de assuntos no shogunato, ele quem instruía os oficiais na maneira de hospedar nobres candidatos dekyoto.

Em 1694 ,ele sofreu uma doença.Ele não teve um filho,portanto nenhum herdeiro até o presente momento.Quando um daimyo morre sem um determinado herdeiro ,sua casa deveria ser abolida pelo shogunato e suas terras confiscadas; seus retentores deveriam se tornar ronin.Para prevenir que isso acontecesse,ele adotou seu jovem irmão Asano Nagahiro, chamado tambem de Daigaku,e Nagahiro aceitou como seu herdeiro pelo shogunato.

Em 1701 ele foi apontado uma segunda vez para o mesmo cargo.Diz-se então que ele estava em más condições de relacionamento com Kira Yoshinaka então a tensão entre eles aumentou.

 
Túmulo de Asano Naganori em Sengaku-ji

No dia da sua morte, ele desembainhou a espada e tentou matar Kira no Corredor da Pines em Castelo de Edo no que é agora Tóquio. Feriu, mas não o matou. No mesmo dia, o quinto Tokugawa,o shogun Tsunayoshi condenou-o a cometer seppuku, o que ele cometeu depois de escrever o seu poema de morte :

「風さそふ花よりもなほ我はまた春の名残をいかにとやせん」

"kaze sasofu / hana yori mo naho / ware wa mata / haru no nagori o / ika ni toyasen."

"Mais do que as flores de cereja, Convidando o vento a soprar-los longe, Eu estou me perguntando o que fazer, Com a remanescente primavera. "


Ele foi enterrado num Túmulo em Sengaku-ji. Seus vassalos se tornaram ronin quando o shogunato confiscou seu feudo. Sob a liderança de Oishi Kuranosuke eles vingaram sua morte matando Kira em sua mansão em Edo em 15 de Dezembro de 1702.


Outras leiturasEditar

  • Nakajima Shizuo 中島静雄 (1985). Asano Takumi no Kami ninjō no himitsu: seishinkai no mita Akō Jiken 浅野内匠頭刃傷の秘密 : 精神科医の見た赤穂事件. Sapporo: Medikaru Paburishiti.

Ligações externasEditar

Precedido por
Asano Nagatomo
Daimyo de Akō
1675-1701
Sucedido por
Nagai Naohiro