Ashley Biden

Ashley Blazer Biden (Wilmington, 8 de junho de 1981) é uma assistente social, ativista, filantropa e estilista americana. Ela serviu como Diretora Executiva do Delaware Center for Justice de 2014 a 2019. Antes de sua função administrativa no centro, ela trabalhou no Departamento de Serviços para Crianças, Jovens e Suas Famílias de Delaware. Ela fundou a empresa de moda Livelihood, que tem parceria com o varejista online Gilt Groupe para arrecadar dinheiro para programas comunitários focados na eliminação da desigualdade de renda nos Estados Unidos, lançando-a na New York Fashion Week em 2017. Biden é filha do Presidente dos Estados Unidos Joe Biden, e filha única de seu segundo casamento com a primeira-dama Jill Biden.

Ashley Biden
Nascimento 8 de junho de 1981 (40 anos)
Wilmington
Cidadania Estados Unidos
Progenitores Mãe:Jill Biden
Pai:Joe Biden
Cônjuge Howard Krein
Irmão(s) Beau Biden, Naomi Biden, Hunter Biden
Alma mater Universidade de Tulane, Universidade da Pensilvânia
Ocupação ativista, empresária, assistente social, designer de moda, filantropo
Religião Catolicismo
Página oficial
https://getinvolvedinyourhood.com/

Início de vida e famíliaEditar

Biden nasceu em 8 de junho de 1981, em Wilmington, Delaware.[1][2] Ela é filha de Joe Biden, ex-vice-presidente dos Estados Unidos e sua esposa Jill Biden.[3] Ela é meia-irmã do advogado Hunter Biden e do falecido Beau Biden, filhos de seu pai de seu primeiro casamento com Neilia Hunter.[4][5] Biden é tataraneta do político Edward Francis Blewitt, ex-membro do senado da Pensilvânia.[6] Ela é descendente de ingleses, franceses e irlandeses do lado paterno e descendentes de ingleses, escoceses e sicilianos do lado materno.[7][8][9]

 
Enda Kenny, Biden, Joe Biden e Fionnuala Kenny em Farmleigh em 2016.

Biden foi criada na fé católica e foi batizada na igreja de St. Joseph's on the Brandywine em Greenville, Delaware.[10][11] Durante sua infância, seu pai foi senador dos Estados Unidos por Delaware e sua mãe trabalhou como educadora.[12][13]

Biden estudou na Wilmington Friends School, uma escola particular administrada pela Sociedade Religiosa dos Amigos em Wilmington.[13][14][15] Ela fazia parte dos times de lacrosse e hóquei em campo.[16] Quando Biden estava na escola primária, ela descobriu que a empresa de cosméticos Bonne Bell testava seus produtos em animais e escreveu uma carta à empresa pedindo-lhes que mudassem sua política sobre testes em animais.[17] Mais tarde, ela se envolveu na preservação de golfinhos, inspirando seu pai a trabalhar com a congressista Barbara Boxer para escrever e aprovar a Lei de Informação ao Consumidor de Proteção aos Golfinhos de 1990.[12] Biden apareceu perante membros do Congresso dos Estados Unidos para fazer lobby a favor da legislação.[17]

Educação e carreiraEditar

Biden estudou antropologia cultural na Universidade de Tulane.[3] Durante seu primeiro ano de faculdade ela trabalhou na Girls Incorporated, agora Kingswood Academy, como conselheira de acampamento.[14] Ela também estagiou em um programa de verão na Universidade de Georgetown, trabalhando com jovens de Anacostia.[14] Após a faculdade, Biden trabalhou como garçonete em uma pizzaria de Wilmington poucos meses antes de começar a carreira de assistente social.[13] Ela mudou-se para a Filadélfia e começou um trabalho como especialista de suporte clínico na Clínica Northwestern Human Services Children’s Reach, auxiliando jovens e suas famílias no acesso a recursos e trabalhando diretamente com psiquiatras e terapeutas.[13][14][18] Ela obteve um mestrado em serviço social na Universidade da Pensilvânia em 2010.[15][17] Ela foi uma dos doze graduados que receberam o prêmio John Hope Franklin de combate ao racismo.[19]

Trabalho social e ativismoEditar

 
Biden brincando com crianças em uma creche de Soweto, África do Sul, durante uma visita oficial em junho de 2010.

Biden trabalha como ativista de justiça social e assistente social.[16] Após terminar a pós-graduação, ela conseguiu um cargo na West End Neighborhood House, organização sem fins lucrativos, como sua representante de emprego e educação para adjudicar jovens que estão desenvolvendo vários empregos e programas de treinamento de habilidades profissionais.[13][14][18] Ela trabalhou como assistente social no Departamento de Serviços para Crianças, Jovens e Suas Famílias de Delaware por quinze anos.[3][17] Enquanto trabalhava para o departamento, Biden criou programas para jovens com foco na justiça juvenil, assistência social e saúde mental.[17][20] Em 2012, ela ingressou no Delaware Center for Justice como diretora associada, com foco na reforma da justiça criminal no estado.[4][12][17] Ela ajudou a estabelecer e administrar programas e serviços no centro voltados para educação pública, violência armada, mulheres encarceradas e reintegração à comunidade.[14] Supervisionando todos os programas de serviços diretos no centro, Biden trabalhou com vítimas de crime, jovens julgados, presos idosos, adultos em liberdade condicional, jovens evasivos e clientes de tribunais comuns da Pensilvânia que eram elegíveis para mediação.[14] Em 2014, foi promovida a Diretora Executiva do centro, tendo exercido esse cargo até 2019.[17][21] Ela implementou um programa chamado SWAGG: Student Warriors Against Guns and Gangs (Estudantes Guerreiros Contra Armas e Gangues), endossado pelo Escritório de Justiça Juvenil e Prevenção da Delinquência, que fornece recursos educacionais e grupos de apoio baseados na comunidade com o objetivo de eliminar crimes violentos e atividades de gangues entre os jovens no Condado de New Castle.[14]

Em 2014 Biden criticou a pena de morte, alegando que não é rentável e desperdiça recursos que poderiam ir para o atendimento às vítimas e a prevenção do crime.[14]

Ela fundou o programa Young@Art, que fornece recursos e saídas para os alunos criarem obras de arte enquanto estão detidos em instalações de detenção e, em seguida, vende a arte na comunidade.[14] Metade da renda da arte vai diretamente para os artistas, e a outra metade vai para o financiamento do programa para comprar materiais de arte e pagar os salários dos jovens que trabalham nas exposições de arte da comunidade.[14] Por meio do programa, Biden também ensina aos alunos habilidades de negócios e finanças.[14]

Vida pessoalEditar

 
Biden e seu pai dançando a hora em sua recepção de casamento.

Em 2010, Biden começou a namorar Howard Krein, cirurgião plástico e otorrinolaringologista, após ser apresentada a ele pelo seu irmão Beau.[22] Eles casaram-se em uma cerimônia católica-judaica na igreja de St. Joseph's on the Brandywine em 2012.[3][17][23] Seu marido, que é judeu, trabalha no Thomas Jefferson University Hospital e é professor assistente de cirurgia plástica, facial e reconstrutiva na Thomas Jefferson University.[24]

Biden é católica praticante.[25] Ela participou de uma reunião com o Papa Francisco no Vaticano em 2016 ao lado de seu pai, irmão e marido.[26][27]

Em agosto de 2020, Biden discursou na Convenção Nacional do Partido Democrata antes do seu pai aceitar a nomeação do partido como candidato à presidência.[28][29]

Referências

  1. «Timeline of Biden's life and career». Associated Press. 23 de agosto de 2008. Consultado em 6 de setembro de 2008 
  2. Phillips, Hedy (14 de maio de 2020). «Get to Know All of Joe Biden's Kids and Grandkids!». POPSUGAR Family 
  3. a b c d «Ashley Biden and Howard Krein (Published 2012)». 3 de junho de 2012 – via NYTimes.com 
  4. a b McBride, Jessica (21 de agosto de 2020). «Ashley Biden, Joe's Daughter: 5 Fast Facts You Need to Know» 
  5. Igoe, Katherine J. (28 de setembro de 2020). «Joe Biden's Youngest Daughter, Ashley, Lives the Most Low-Key Life of His Kids». Marie Claire 
  6. Gehman, Geoff (3 de maio de 2012). «Vice President Joe Biden Discusses American Innovation». Lafayette College. Consultado em 15 de abril de 2020 
  7. «Joey From Scranton: VP Biden's Irish Roots». 20 de março de 2013 
  8. Witcover, Jules (11 de outubro de 2010). «Joe Biden : a life of trial and redemption». New York : William Morrow/HarperCollins – via Internet Archive 
  9. Roberts, Amy Argetsinger and Roxanne (1 de junho de 2009). «Obamas' Chow: Politically Palatable» – via www.washingtonpost.com 
  10. «Biden's daughter marries into the tribe». timesofisrael.com 
  11. «Joe Biden Daughter, Ashley Biden, Howard Krein Wed». PEOPLE.com 
  12. a b c «Ashley Biden Takes On The World». 22 de agosto de 2018 
  13. a b c d e Politico (18 de dezembro de 2014). «Women Rule Keynote: Vice President Joe Biden». Consultado em 11 de outubro de 2020 
  14. a b c d e f g h i j k l https://cpb-us-w2.wpmucdn.com/sites.udel.edu/dist/4/10696/files/2018/01/advocating-for-justice-and-equality-an-interview-with-ashley-biden-2al8eyv.pdf
  15. a b «Ashley Biden, Daughter of the Vice President, to Speak at Rutgers' School of Social Work Convocation». www.rutgers.edu (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  16. a b Calderon, Kelsie (26 de novembro de 2019). «Ashley Biden's transformation is seriously turning heads». TheList.com (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  17. a b c d e f g h Walsh, Savannah (2 de novembro de 2020). «All About Ashley Biden, Joe's Youngest Daughter With a Civically-Minded Fashion Label». ELLE (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  18. a b «Ashley Biden - Biography & News». News Break (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  19. Writer, By Claudia Vargas, Inquirer Staff. «At Penn, Biden speaks at daughter's graduation». www.inquirer.com (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  20. «40 People to Watch». Delaware Today (em inglês). 23 de junho de 2008. Consultado em 12 de novembro de 2020 
  21. Rindner, Grant (20 de agosto de 2020). «How Joe Biden's Children Have Inspired and Carried on His Political Legacy». Oprah Magazine (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  22. Fenton, Erin (18 de agosto de 2020). «The truth about Ashley Biden's husband». TheList.com (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  23. «Ashley Biden, daughter of U.S. Vice President, marries Jewish doctor». Haaretz.com (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  24. News, A. B. C. «Meet Joe Biden's Future Son-in-Law». ABC News (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  25. Gibson, Ginger (25 de agosto de 2008). "Parishioners not surprised to see Biden at usual Mass". The News Journal.
  26. April 29, Associated PressPublished:; 2016. «Vice President Joe Biden Meets With Pope Francis». KPEL 96.5 (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  27. Press, The Associated. «The Latest: Biden meets with Vatican secretary of state». vvdailypress.com (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020 
  28. «Democrats Announce Highlights for Final Night of the 2020 Democratic National Convention». 2020 Democratic National Convention (em inglês). 20 de agosto de 2020. Consultado em 12 de novembro de 2020 
  29. «Hunter Biden, Ashley Biden show support for dad Joe at DNC». news.yahoo.com (em inglês). Consultado em 12 de novembro de 2020