Abrir menu principal

Asociación del Fútbol Argentino

A Associação do Futebol Argentino (AFA) (em castelhano Asociación del Fútbol Argentino, pronúncia espanhola: [asosjaˈsjon del ˈfutbol aɾxenˈtino]) é a entidade máxima do futebol na Argentina sediado em Buenos Aires. Fundada em 21 de fevereiro de 1893[2] é responsável pela organização de campeonatos de alcance nacional do sistema de ligas de futebol da Argentina (da Primera Nacional ao Torneo Regional Federal e Primera D), os torneios das divisões inferiores do país e as copas nacionais (Copa Argentina e Supercopa Argentina). Também administra a Seleção Argentina de Futebol, duas vezes campeã mundial (1978, quando sediou a competição, e 1986 no México), o Sub-20, Sub-17, Olímpica e a Seleção Argentina de Futebol Feminino. Em segundo plano, ela também organiza campeonatos do futebol feminino, futebol de salão e futebol de areia.

Associação do Futebol Argentino
Asociación del Fútbol Argentino (em castelhano)

230px-Afa logo.svg.png

Fundação 21 de fevereiro de 1893 (126 anos)
Sede Viamonte 1366/76
Buenos Aires - Argentina[1]
Filiação à FIFA em 1912[1]
Filiação à CONMEBOL em 1916
Presidente Claudio Tapia
Website afa.org.ar

Seleção Masculina principal
Treinador Argentina Lionel Scaloni
Seleção Feminina principal
Treinador Argentina Carlos Borello

A AFA também organizou todos os campeonatos da Primera División de 1893 até 2016–17. A partir da temporada 2017–18, a "Superliga Argentina", entidade administrada de forma independente e com estatuto próprio, assumiu os campeonatos da Primera División.[3] No entanto, a Superliga está contratualmente ligada ao principal órgão do futebol do país.[4]

Sucessão constitucionalEditar

Desde a sua fundação, em 1893, até a adesão do seu nome definitivo em 1946, a AFA percorreu a seguinte trajetória institucional:[5]

Fundação: 21 de fevereiro de 1893
The Argentine Association Football League
AAFL
Mudança de nome: fevereiro de 1903
Argentine Football Association
AFA
Castelhanização parcial: fevereiro de 1912
Asociación Argentina de Football
AAF
Cisão: 14 de junho de 1912
Asociación Argentina de Football
AAF
Federación Argentina de Football
FAF
Fusão: 23 de dezembro de 1914
Asociación Argentina de Football
AAF
Cisão: 22 de setembro de 1919
Asociación Argentina de Football
AAF
Asociación Amateurs de Football
AAmF
Fusão: 28 de novembro de 1926
Asociación Amateurs Argentina de Football
AAAF
Cisão: 18 de maio de 1931
Asociación Amateurs Argentina de Football
AAAF
Liga Argentina de Football
LAF
Mudança de nome: junho de 1931
Asociación Argentina de Football (Amateurs y Profesionales)
AAFAP
Fusão: 3 de novembro de 1934
Asociación del Football Argentino
AFA
Castelhanização: 1946
Asociación del Fútbol Argentino
AFA

PresidentesEditar

Lista completa dos presidentes do Associação do Futebol Argentino desde o ano de 1893, quando fundada a The Argentine Association Football League, até os dias atuais:[6]

Associação Oficial

Asociación del Fútbol Argentino
Período Presidente
1893–1897 Alexander Watson Hutton
1897–1899 Alfredo P. Boyd
1899–1900 Charles Wibberley
1900–1906 Frank Chevallier Boutell
1906–1907 Florencio Martínez de Hoz
1907–1909 Emilio Hansen
1909–1915 Hugo Wilson
1915–1918 Adolfo Orma
1918–1919 Ricardo C. Aldao
1919–1921 Federico Luzio
1921–1922 Benjamín Toulousse
1922–1924 Aldo Cantoni
1924–1926 Virgilio Tedín Uriburu
1926 Natalio Botana
1926–1927 Aldo Cantoni
1927–1929 Adrián Beccar Varela
1929–1932 Juan Pignier
1932 Carlos P. Anessi
1932–1933 Silvio J. Serra
1933–1934 José A. Claisse
1934 Alejandro Ruzo
1934 Tiburcio Padilla
1935 Ernesto F. Malbec
1936 Angel Molinari
1937–1938 Eduardo Sánchez Terrero
1939–1940 Adrián C. Escobar
1941–1943 Ramón Castillo
1943 Jacinto C. Armando


Asociación del Fútbol Argentino
Período Presidente
1944 Agustín Nicolás Matienzo
1945 Eduardo J. Avalos
1946 Pedro Canaveri
1947–1949 Oscar L. M. Nicolini
1949 Cayetano Giardulli
1949–1953 Valentín E. Suárez
1953–1954 Domingo Peluffo
1955 Cecilio Conditi
1955–56 Arturo A. Bullrich [nota 1]
1956–1964 Raúl H. Colombo
1965–1966 Francisco A. Perette
1966–1967 Valentin E. Suárez [nota 1]
1968–1969 Armando Ramos Ruiz [nota 1]
1969 Aldo J. Porri [nota 1]
1969 Oscar L. Ferrari [nota 2]
1969–1971 Juan Martín Oneto Gaona [nota 1]
1971–1973 Raúl D'Onofrio [nota 1]
1973 Horacio E. Bruzzone [nota 1]
1973–1974 Baldomero M. Gigan [nota 1]
1974 Fernando R. Mitjans [nota 3]
1974–1976 David L. Bracutto
1976 Ernesto A. Wiedrich [nota 4]
1976–1979 Alfredo F. Cantilo
1979–2014 Julio Humberto Grondona
2014–2016 Luis Segura [nota 5]
2016–2017 Armando Pérez [nota 6]
2017– Claudio Fabián Tapia [7]

Associações Dissidentes

Federación Argentina de Football
Período Presidente
1912–1914 Ricardo C. Aldao
Asociación Amateurs de Football
Período Presidente
1919 Juan Mignaburu
1920–1926 Adrián Beccar Varela
Liga Argentina de Football
Período Presidente
1931 Julio Planisi
1932–1934 Eduardo Larrandart
1934 Tiburcio Padilla


Notas e referências

Notas

  1. a b c d e f g h Interventor.[6]
  2. Interventor interino.[6]
  3. Interventor e presidente.[6]
  4. Assumiu após a renúncia de todos os membros do Comitê Executivo.[6]
  5. De agosto a outubro de 2014, 1º vice-presidente a cargo da presidência.[6]
  6. Interventor – Presidente do Comité de Regularización ("Comitê de Regularização").[6]

Referências

  1. a b FIFA.com. «Argentina» (em inglês). Consultado em 21 de março de 2010 
  2. Sítio oficial da AFA. «Orígenes» (em espanhol). Consultado em 21 de março de 2010 
  3. Veiga, Gustavo. «El fútbol que viene asomando | La reestructuración de los torneos de la AFA para la temporada 2017-2018». PAGINA12. Consultado em 17 de junho de 2019 
  4. Página12. «La Superliga dio el puntapié inicial | Se aprobó el contrato del nuevo campeonato que tendrá la Primera División». PAGINA12. Consultado em 17 de junho de 2019 
  5. «Orígenes. El fútbol, una pasión argentina». Asociación del Fútbol Argentino. Consultado em 27 de agosto de 2016 
  6. a b c d e f g «Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino». Sitio Oficial de la Asociación del Fútbol Argentino (em espanhol). Consultado em 1 de novembro de 2019 
  7. Clarín.com. «Claudio Chiqui Tapia fue electo presidente casi sin oposición y comienza una nueva era». www.clarin.com (em espanhol). Consultado em 1 de novembro de 2019 

Ligações externasEditar