Abrir menu principal

A Assembleia Geral Constituinte de 1813 ou Assembleia do ano XIII foi convocada pelo segundo triunvirato argentino que havia chegado ao poder em outubro 1812. O objetivo era convocar uma assembleia que representasse os povos recém emancipados e que fosse definido o sistema institucional das Províncias Unidas do Rio da Prata. A assembleia foi inaugurada em 31 de janeiro de 1813, embora não tenha conseguido reunir alguns representantes do interior.

Seu propósito era o de proclamar a independência e redigir a constituição do novo Estado. Durante o seu transcurso a disputa de interesses culminou no atraso da declaração de independência, porém foram estabelecidas uma série de importantes resoluções.

Resoluções da assembleiaEditar

 
Selo da assembleia

Os objetivos da assembleia do ano XIII não se completaram, já que Fernando VII voltou ao trono e prometeu acabar com os revolucionários surgidos na América.

  Este artigo sobre a Argentina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.