Abrir menu principal

Associação Atlética Internacional (Bebedouro)

Associação Atlética Internacional, ou simplesmente Internacional de Bebedouro, é um clube de futebol da cidade de Bebedouro, interior do estado de São Paulo, no Brasil. Fundado em 11 de junho de 1906, suas cores são vermelho e branco. É o segundo clube mais antigo do estado de São Paulo.

Inter de Bebedouro
Bra sp internacional bebedo.png
Nome Associação Atlética Internacional de Bebedouro
Alcunhas Lobo Vermelho
Veterana
Mascote Lobo
Fundação 11 de junho de 1906 (113 anos)
Estádio Sócrates Stamato
Capacidade 15.300 lugares
Presidente Brasil Renato Custódio
Treinador Brasil João Daniel Polezzi (Daniel Polezzi)
Patrocinador Brasil Transportadora Irmãos Rodrigues
Brasil Apidouro
Brasil Lago Auto Posto
Brasil Savegnago
Brasil Água Mineral H2ótima
Material (d)esportivo Brasil Nizam
Competição São Paulo Campeonato Paulista - Segunda Divisão
Website Facebook
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

HistóriaEditar

A Associação Atlética Internacional de Bebedouro foi fundada no dia 11 de junho de 1906, oriunda do Foot Ball Club Internacional de Bebedouro, que posteriormente passou a se chamar: Sport Club Internacional de Bebedouro e, por fim, em 1920, passou a carregar o nome que ostenta atualmente.

Três anos mais tarde, o clube teve seu reconhecimento e, consequentemente, a filiação à Associação Paulista dos Esportes Atléticos (APEA). Em 1924, começou a participar de competições amadoras, fase que durou até 1947. Durante este período, a Internacional acumulou números expressivos: 310 jogos intermunicipais, 32 interestaduais, 36 contra equipes da capital paulista e três contra times do exterior (todos contra o Peñarol, do Uruguai).

A partir de 1948, o clube ingressou nas competições profissionais, no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, onde permaneceu até 1952 e se licenciou nos dois anos seguintes. Em 1955, a Internacional retornou às atividades oficiais, ainda na Segundona e, em 1956, chegou próximo do acesso à Primeira Divisão, vencendo a Série Pecuária. Porém, em um quadrangular contra equipes vencedoras de outras séries, o time de Bebedouro não conseguiu chegar à elite do futebol paulista.

Até 1968, a Internacional continuou suas atuações nos campeonatos profissionais, mas em 1969, mais uma vez, o clube se licenciou novamente até 1972. Durante esse período, apenas a categoria juvenil esteve em atividade. O time principal disputou, esporadicamente, alguns amistosos.

O retorno deu-se em 1973, na disputa do Campeonato Paulista da Primeira Divisão (atual Série A2). Seis anos mais tarde, conquistou seu primeiro título: a Copa São Paulo, que contou com a presença de outros 20 times.

No ano de 1982, a Internacional esteve mais uma vez próxima de chegar à Divisão Especial (atual Série A1), mas foi derrotada pelo Taquaritinga no último jogo do torneio. O resultado foi bastante sentido na cidade, e somado a algumas questões políticas, no ano de 1983 o clube novamente esteve fora dos campeonatos profissionais.

A parceria com a prefeitura foi retomada em 1984, quando disputou o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, competição que atuou até 1987, época da reestruturação do futebol estadual, quando passou a integrar a atual Série A3, onde permaneceu até 1993. Nos dois anos seguintes, esteve no Campeonato Paulista da Série B1. Em 1996, retornou à A3, onde permaneceu até 2004.

As dificuldades financeiras continuaram e, no mesmo ano de 2004, licenciou-se das competições profissionais e só retornou em 2007, no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Em 2008 e 2009, a equipe não conseguiu passar à segunda fase da competição. Em 2010 a equipe fez uma ótima campanha na Segundona, ficando na sexta colocação, contando também com a desistência de algumas equipes nas divisões superiores, sendo assim premiada com o acesso. Em 2011, na Série A3, fez uma campanha mediana, não conseguindo o acesso, mas garantindo a inédita participação da Copa Paulista de Futebol, onde o vencedor garantiria uma vaga na Copa do Brasil de Futebol.

Nessa Copa Paulista, fez uma campanha surpreendente na primeira fase, à frente de equipes como Noroeste, Linense e Rio Preto. Porém, caiu na segunda fase da competição.

Já em 2012 a Inter disputou a Série A3 novamente para enfim conseguir o acesso a Série A2 e, apesar dos esforços, foi rebaixada na última rodada pelo seu homônimo, Inter de Limeira.

No segundo semestre de 2012 a Associação Atlética Internacional de Bebedouro disputou o Campeonato Paulista Sub-20 da Primeira Divisão fazendo parte do grupo 2 juntamente com as seguintes equipes: Comercial, Noroeste, Ferroviária, Catanduvense, XV de Jaú e Batatais[1]; apesar da campanha destaque do time no campeonato, acabou sendo eliminado pelo Palmeiras nas quartas-de-finais. O resultado foi muito bem visto na cidade, uma vez que o clube não tem um sistema tão bem equipado de base como dos times da capital e mesmo assim conseguiu ganhar de grandes times.

Entre 2013 e 2018 a Internacional de Bebedouro seguiu disputando o Campeonato Paulista da Segunda Divisão (equivalente à 4ª divisão do futebol estadual), mas iniciou uma nova etapa em sua história a partir de 2015, com a saída do então presidente, Orlando Mignolo (conhecido pelo apelido de "Filó") - que ficara à frente do clube desde a década de 1970 (com um pequeno intervalo de ausência na década de 1990), e reestruturando seu departamento de futebol, como novos diretores e conselheiros, bem como seu departamento de marketing, sobretudo o setor de mídias digitais do clube. As dívidas foram sanadas e o clube desde então vem acumulando boas campanhas no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, mas sempre "batendo na trave", sem lograr êxito em conseguir o acesso ao Campeonato Paulista da Série A-3.

Em 2019 a Internacional de Bebedouro disputa novamente o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Seu atual presidente é Renato Custódio, eleito para o biênio 2019-2020.

RivalidadesEditar

Seus maiores rivas locais da região são o Monte Azul, da cidade de Monte Azul Paulista e o Barretos, da cidade de mesmo nome.

CuriosidadesEditar

  • O clube esta entre os 20 mais antigos do Brasil, ocupando a 11º colocação.
  • Possuiu o primeiro estádio do interior do Brasil a receber iluminação artificial.

TítulosEditar

Campanhas de destaqueEditar

  • Vice-campeã da B1-B: 1994
  • Vice-campeã da B1-A: 1995
  • 6ª Colocada Campeonato Paulista-Segunda Divisão (Acesso): 2010

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

Participações em 2019
Competição Temporadas Melhor campanha Anos A   R  
  Série A2 17 4ª colocada (1951) 1948-1952, 1955-1959, 1973, 1975, 1976, 1982 e 1984-1986 ?
Série A3 32 Vice-campeã (1981) 1960-1968, 1974, 1977-1981, 1988-1993, 1996-2004, 2011 e 2012 ? ?
Segunda Divisão 13 Vice-campeã (1994) 1994, 1995, 2007-2010 e 2013-2019 2
Copa Paulista 5 2ª fase (2011) 1999, 2002-2004 e 2011

Últimas dez temporadasEditar

 Ver artigo principal: Temporadas da Inter de Bebedouro
Últimas dez temporadas da Associação Atlética Internacional (Bebedouro)
  Nacionais   Internacionais   Estaduais
Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continentais / Mundial Campeonato Paulista Copa Paulista
Ano Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima
2010 D Não classificado SD
2011 D Não classificado A3 16º 2F
2012 D Não classificado A3 17º
2013 D Não classificado SD
2014 D Não classificado SD 23º
2015 D Não classificado SD
2016 D Não classificado SD
2017 D Não classificado SD 20º
2018 D Não classificado SD
2019 D Não classificado SD 25º
Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Eliminado nas semifinais
     Campeão e promovido à divisão superior
     Vice-campeão e/ou promovido à divisão superior
     Rebaixado à divisão inferior
     Classificado à fase de grupos da Copa Libertadores
     Classificado à fase preliminar da Copa Libertadores
     Classificado à Copa Sul-Americana
     Campeão do Campeonato do Interior

Elenco atualEditar

A Inter de Bebedouro pode inscrever 28 jogadores para a disputa da Segunda Divisão. Outra regra é que cada clube pode levar no máximo 3 jogadores com idade acima de 23 anos.

Goleiros
Jogador
  Bruno
  Vinicius
Defensores
Jogador Pos.
  Vinicius Sangiorgi Z
  Pedro Silva Z
  Cleiton L
  Natham LD
  Pedro Henrique LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
  Mineiro V
  Giovani Teixeira V
  Igor M
  Allan Leal M
  João Pedro M
Atacantes
Jogador
  Lucas Souza
  Wesley
 
  Zezinho
  Lucas Cassiano
Comissão técnica
Nome Pos.
  Daniel Polezzi T

Transferências 2015 - Segunda DivisãoEditar