Associação Brasileira de Normas Técnicas

Organização sem fins lucrativos brasileira responsável por desenvolver padrões
Fachada prédio de São Paulo.
Rua Conselheiro Nebias, 1.131 – Campos Elíseos , em São Paulo.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o órgão responsável pela normalização técnica no Brasil, fornecendo insumos ao desenvolvimento tecnológico brasileiro. Trata-se de uma entidade privada e sem fins lucrativos e de utilidade pública, fundada em 1940.[1][2]

É membro fundador da Organização Internacional de Normalização, da Comissão Panamericana de Normas Técnicas e da Associação Mercosul de Normalização. É a representante oficial no Brasil dessas três instituições e também da Comissão Eletrotécnica Internacional.[3]

Normas para apresentação de trabalhosEditar

No Brasil, as normas recomendadas pela ABNT para a produção de trabalhos acadêmicos são:[4][5]

  • NBR 14724:2011 - Informação e Documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação. Estrutura de monografias e TCCs.
  • NBR 10520:2002 - Informação e Documentação - Citações em documentos - Apresentação. Organização das citações na monografia.
  • NBR 6027:2002 - Sumários. Formatação de sumários.
  • NBR 6023:2002 - Informação e Documentação - Referências - Elaboração. Organização de referências bibliográficas.
  • NBR 6028:1990 - Resumos.
  • NBR 6024:1989 - Numeração progressiva das seções de um documento.
  • NBR 6022:1994 - Apresentação de artigos em publicações científicas.
  • NBR 5892:1989 - Normas para datar.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Como usar as normas da ABNT». 5 de março de 2015 
  2. «Regras da ABNT». Infoescola. Consultado em 16 de março de 2020 
  3. «ABNT - Conheça a ABNT» 
  4. «Regras da ABNT para TCC 2020: as principais normas». 10 de março de 2020 
  5. «Manual ABNT: regras gerais de estilo e formatação de trabalhos acadêmicos» (PDF). Biblioteca Fecap. 2014. Consultado em 16 de março de 2020 

Ligações externasEditar