Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa

clube de futebol de Juazeiro do Norte, Brasil

O Icasa é um clube de futebol da cidade de Juazeiro do Norte, no interior do estado do Ceará, Brasil. Foi fundado em 7 de janeiro de 2002.[2] O nome Icasa deriva das iniciais da empresa de mesmo nome (Indústria e Comércio de Algodão S/A), do mesmo fundador do encerrado Icasa Esporte Clube, José Feijó de Sá.

Icasa
Nome Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa
Alcunhas Verdão do Cariri
Torcedor(a)/Adepto(a) Icasiano
Mascote Papagaio
Principal rival Guarany de Sobral
Guarani de Juazeiro
Iguatu
Fundação 7 de janeiro de 2002 (22 anos)
Estádio Arena Romeirão
Capacidade 17 000 pessoas[1]
Localização Juazeiro do Norte, CE
Presidente Aloisio "Aloisio Greg" Gregório
Treinador(a) Leandro Campos
Patrocinador(a) Farmace
Material (d)esportivo Pratic Sport
Competição Cearense - Série B
Copa Fares Lopes
Website icasaec.com.br
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Seu maior rival é o Guarani, com quem disputa o duelo conhecido como Clássico do Cariri.

História editar

O industrial Teodoro de Jesus Germano, conhecido como Doro Germano, foi um dos fundadores e o primeiro presidente do Icasa Esporte Clube, no ano de 1963. Foi um dos proprietários da Icasa (Indústria e Comércio de Algodão S/A) e incentivava a prática do futebol entre os seus funcionários. Daí surgiu a ideia de colocar o time da indústria no campeonato municipal. Nasceu, então, o Icasa Esporte Clube, que teve Doro como seu primeiro presidente e um dos responsáveis pela filiação do clube à Federação Cearense.

No final de 1998, foi criado um clube chamado Juazeiro Empreendimentos, que viera substituir o Icasa Esporte Clube, que havia falido por causa de uma ação judicial movida por um atleta do passado.[3] A indenização girava em torno dos 30 mil reais.

O Juazeiro Empreendimentos participou apenas dos campeonatos cearenses de 1999, 2000 e 2001 (ano este em que teve seu futebol desativado, retornando apenas em 2010).[4]

Relembrando a história pertencente ao antigo Icasa (Icasa Esporte Clube), com nome parecido é criada, em 7 de janeiro de 2002, a Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa, adquirindo esta o direito de participar da segunda divisão do Campeonato Cearense.

A Federação Cearense de Futebol não reconhece a Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa como sucessora do Icasa Esporte Clube ou do Juazeiro Empreendimentos, constando de seus registros duas entradas diferentes, uma para o encerrado Icasa EC[5] e outra para a ADRC Icasa.[6]

Campeonatos estaduais editar

No ano de 2003, ganhou a segunda divisão estadual e ascendeu à elite do futebol cearense. Nos anos seguintes, conquistou três vice-campeonatos estaduais (2005, 2007 e 2008)[7]. Entretanto, em 2009, o clube juazeirense terminou o Campeonato Cearense de Futebol ocupando a última posição e foi rebaixado à segunda divisão estadual. No ano seguinte, ascendeu novamente à elite do futebol cearense sagrando-se campeão da segunda divisão cearense de 2010.[8] Em 2013, 2014 e 2015 fez boas campanhas, sendo eliminado nas semifinais para Guarany de Sobral e Fortaleza duas vezes. Em 2014 e 2015, foi premiado com o título de campeão do interior, por ter sido a equipe do interior melhor classificada na edição.

Copa Fares Lopes editar

No torneio criado em 2010, que já teve como nomes, além do nome atual, Copa dos Campeões Cearenses e Copa Unimed, o Icasa teve campanhas de destaque sendo vice-campeão na primeira[9] e na edição de 2020,[10] em 2012 e em 2013 foi semifinalista e sagrou-se campeão em 2014[11] e em 2021.[12]

O retorno à Série B do Brasileiro editar

Em 2009, o Icasa realizou uma expressiva campanha na Série C, chegando às semifinais da competição, o que garantiu o acesso do time cearense para a Série B de 2010. O Verdão do Cariri conseguiu-o ao vencer o Paysandu por 6 a 2, no estádio Romeirão, na partida de volta pelo grupo F das quartas-de-final.

Do rebaixamento em 2011 ao retorno para a série B 2013 editar

Na Série B de 2011, o Icasa perdeu pontos preciosos dentro de casa e, na última rodada, precisando da vitória para permanecer, perdeu de 2 a 0 para a Portuguesa, sendo rebaixado para a Série C de 2012.

Após estar desacreditado por toda a imprensa, principalmente por todo desempenho fraco no Campeonato Cearense 2012, dívidas com atletas, troca de diretoria e muitos problemas internos, o Icasa mais uma vez conseguiu demonstrar uma capacidade de superação. Com uma vitória por 2 a 1 em cima do Duque de Caxias no jogo de ida em Juazeiro do Norte e um empate sem gols no jogo de volta, o Icasa confirma seu retorno à Série B. Após eliminar o Paysandu na semifinal, o Icasa foi derrotado pelo Oeste na final da Série C 2012.

2013: o 5º lugar na Série B editar

Na Série B de 2013, o Icasa surpreendeu o Brasil e conquistou a 5ª colocação, ficando a 1 ponto do acesso à Série A. Nessa campanha histórica, o Icasa derrotou entre outras equipes, o campeão Palmeiras. O jogo mais marcante da campanha foi a derrota por 2 a 1 para a Chapecoense, no Romeirão, pela 37ª rodada,[13] naquele que poderia ter sido o jogo do acesso e que ficou conhecido como o Jogo do Chapéu, pois a torcida icasiana foi à partida usando chapéus de palha, como forma de homenagem aos milhões de romeiros que anualmente visitam Juazeiro do Norte.

2015: o rebaixamento na Série C editar

Em 2015, foi rebaixado no Campeonato Brasileiro Série C para o Campeonato Brasileiro Série D de 2016.[14]

2016: O rebaixamento do Campeonato Cearense e sem divisão nacional em 2017

Em 2016, jogou o Campeonato Cearense terminando com 5 pontos e ficando em 4 lugar no seu grupo, com uma vitória, 2 empates e 5 derrotas. Com uma das 4 piores campanhas, disputou o Quadrangular do Descenso, nova fase de grupos, na qual os dois últimos colocados seriam rebaixados à Série B do Campeonato Cearense de 2017. Após perder os 6 jogos do quadrangular, o Icasa terminou rebaixado junto com o Quixadá.[15][16] Jogou também a Série D do Campeonato Brasileiro no mesmo ano, quando terminou o campeonato em 65º colocado de 68 equipes que disputaram a competição com um empate e 5 derrotas ficando com 1 ponto. Foi o último colocado do grupo A5 e ficou sem divisão nacional para o ano de 2017.

2020: Conquista da Série B do Cearense e volta à Primeira Divisão editar

Depois de 3 temporadas na segunda divisão estadual, em 2020, o Verdão do Cariri conquistou o título da competição e o acesso para disputa da Primeira Divisão estadual em 2021.[17][18]

O Icasa teve a melhor campanha da primeira fase com 6 vitórias, 2 empates e apenas 1 derrota. No mata-mata, eliminou o Tiradentes nas quartas de final após um empate sem gols no jogo de ida e uma goleada de 5 a 1 no jogo de volta. Na semifinal, após uma vitória por 1 a 0 no jogo de ida e uma derrota por 3 a 2 no jogo de volta eliminou o Itapipoca por ter tido melhor campanha na soma das fases anteriores e conquistou a vaga para a final e o acesso à Série A do Campeonato Cearense 2021. Na final o Icasa derrotou o Crato em jogo único por 2 a 0 e conquistou o tricampeonato da competição.[17][18]

2022: Série D e punição no estadual editar

Em 2022, disputou o Campeonato Brasileiro Série D sendo eliminado no grupo A3 ficando na 5º colocação.[19][20] Tudo corria bem, até que em agosto o clube foi rebaixado pelo TJDF-CE para a segunda divisão estadual por ter escalado um jogador irregularmente.[21][22][23][24]

Títulos editar

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
  Copa Fares Lopes 2 2014 e 2021
  Campeonato Cearense - Série B 3 2003, 2010 e 2020
  Taça Padre Cícero 2 2014 e 2015

Estatísticas editar

Participações
Participações em 2022
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Campeonato Cearense 15 Vice-campeão (2005, 2007 e 2008) 2004 2022 3
Cearense - Série B 7 Campeão (2003, 2010 e 2020) 2002 2023 4
Copa Fares Lopes 10 Campeão (2014 e 2021) 2010 2022
  Série B 4 5º colocado (2013) 2010 2014 2
Série C 7 Vice-campeão (2012) 2005 2015 2 1
Série D 2 33º colocado (2022) 2016 2022
Copa do Brasil 5 Oitavas de final (2009) 2006 2022
Últimas dez temporadas
  Brasil   Ceará
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Campeonato Cearense Taça Fares Lopes
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima Pos.
2013 B 59 38 18 5 15 50 54 1D Semifinal
2014 B 18º 43 38 11 10 17 34 43 1D Campeão
2015 C 20º 7 18 2 1 15 15 42 1ª fase 1D Primeira Fase
2016 D 65º 1 6 0 1 5 3 19 1D 10º Primeira Fase 10º
2017 Não classificado 2D Quartas de Final
2018 Não classificado 2D
2019 Não classificado 2D
2020 Não classificado 2D Final
2021 Não classificado 1D Campeão
2022 D 33° 22 14 6 4 4 16 18 1ª fase 1D A disputar
Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Eliminado na semifinal.
     Campeão do Interior
     Rebaixado à divisão inferior.
     Campeão e promovido à divisão superior.
     Promovido à divisão superior.

Regionais editar

  Copa Integração: CE/PB/PE/PI
Ano 2005 2006 2007 2008 2009
Pos.

Ídolos do Clube editar

Um dos maiores ídolos do Icasa são: Ciel, grande goleador do Icasa, Flávio Araújo, ex-jogador e técnico do Icasa, temos também os ilustres jogadores, Marciano e Geraldino Saravá. Foram alguns dos jogadores que marcaram a história do clube. Geraldino Saravá, atualmente é o maior artilheiro da Arena Romeirão, tendo jogado pelo seu grande rival Guarani Esporte Clube. Ele fez 72 gols no total, na Arena Romeirão. O mesmo também é artilheiro da Arena Castelão, jogou pelos 3 grandes da capital cearense. Grandes jogadores como o jogador Nasa, campeão da Copa Libertadores de 1998 com o Vasco da Gama, já jogaram no clube juazeirense.

Estádio editar

 
Arena Romeirão.

O Icasa, normalmente, manda seus jogos no Estádio Municipal de Juazeiro do Norte, oficialmente chamado de Arena Mauro Sampaio, mas apelidado pelos torcedores/imprensa por Romeirão. Em virtude da reforma do estádio iniciada em 2019,[25] o Verdão do Cariri mandou seus jogos no Estádio Inaldão no município de Barbalha. Após a finalização da reforma do estádio, em 2022, o Icasa voltou ao seu mando de campo original.[26]

Rivalidade editar

O Icasa é rival das seguintes equipes:

 Ver artigo principal: Clássico do Interior
 Ver artigo principal: Clássico do Cariri

Elenco atual editar

[27]  Atualizado em 05 de novembro de 2021.

Goleiros
Jogador
  Mondragon
  Izaías
  Jefferson  
Defensores
Jogador Pos.
  Anderson Z
  Rafael Jesus Z
  Gugu   Z
  Wesley   Z
  Stanley   LD
  Jader LD
  Nigéria LD
  Leandro Mendes LE
  Luciano Índio LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
  Rogério Santos V
  Jhonata Lima V
  Gustavo Henrique V
  Mateus Aguiar   V
  Diego Santos V
  Nickolas M
  Natan Melo M
  Marcos Vinicius   M
  Rafael Cassiano   M
  Santana M
  Ramon M
Atacantes
Jogador
  Kay Moura da Silva
  Caíque Bonfim
  Eliel  
  Junior Bahia
  Luquinhas  
Comissão técnica
Nome Pos.
  Sidney Moraes T

Treinadores editar

Rankings editar

Ranking da CBF editar

  • Posição: 223º
  • Pontuação: 51 pontos

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.[28]

Ranking da FCF editar

  • Posição: 7º
  • Pontuação: 17.481 pontos

Ranking criado pela Federação Cearense de Futebol que pontua todos os times do estado do Ceará, considerando apenas os estaduais a partir de 2002.[29]

Ver também editar

Referências

  1. «Obras na Arena Romeirão se aproximam da metade da conclusão». Governo do Estado do Ceará. 20 de outubro de 2020. Consultado em 20 de dezembro de 2020 
  2. «Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa». Federação Cearense de Futebol. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  3. «Saiba mais sobre a história do clube juazeirense Icasa». Jornal O Povo. 24 de agosto de 2018. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  4. Federação Cearense de Futebol. «Informações Juazeiro Empreendimentos Esportivos» 
  5. Federação Cearense de Futebol. «Informações Icasa Esporte Clube» 
  6. Federação Cearense de Futebol. «Informações Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa» 
  7. Federação Cearense de Futebol. «Lista dos Campeões do Campeonato Cearense» 
  8. Federação Cearense de Futebol. «Classificação do Campeonato Cearense de 2010» 
  9. «Com títulos e jogos memoráveis no currículo, Horizonte completa 10 anos». GloboEsporte. 27 de março de 2014. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  10. «Ferroviário vence Icasa e se sagra campeão da Taça Fares Lopes 2020». OPovo. 14 de fevereiro de 2021. Consultado em 17 de fevereiro de 2021 
  11. «Icasa é campeão da Fares Lopes e volta à Copa do Brasil». O Estado. 14 de novembro de 2014. Consultado em 29 de dezembro de 2020 
  12. «Icasa é campeão da Taça Fares Lopes em cima Caucaia e garante vaga na Copa do Brasil 2022». GE. 28 de novembro de 2021. Consultado em 28 de novembro de 2020 
  13. «Resultados do segundo turno do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série B». Wikipédia, a enciclopédia livre. 10 de dezembro de 2017 
  14. «Icasa é rebaixado e Águia segue respirando na Série C». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 14 de setembro de 2015 
  15. Icasa amarga rebaixamento e futuro sem perspectivas com más gestões
  16. Quixadá goleia, mas é o segundo rebaixado do Cearense
  17. a b É tricampeão! Icasa vence o Crato e conquista o título da Série B Cearense de 2020
  18. a b Icasa vence Crato e conquista título da Série B do Campeonato Cearense
  19. Com calendário cheio em 2022, Icasa vai cumprindo metas da diretoria e voltando ao cenário nacional
  20. Icasa vence o Sousa-PB fora de casa e consolida bom momento na Série D
  21. Icasa perde pontos por escalação de jogador e é rebaixado no Estadual
  22. Por jogador irregular, Icasa perde pontos e é rebaixado; clube vai recorrer
  23. Icasa é rebaixado no Campeonato Cearense devido a uso de jogador irregular
  24. Icasa é punido e rebaixado no Cearense; Atlético-CE escapa
  25. «Com investimento de R$ 80 milhões, Estádio Romeirão será transformado em Arena». Governo do Estado do Ceará. 23 de julho de 2019. Consultado em 20 de dezembro de 2020 
  26. «Inaugurada em Juazeiro do Norte, Arena Romeirão é o estádio mais moderno no interior do Brasil». Governo do Estado do Ceará. 29 de março de 2022. Consultado em 14 de abril de 2022 
  27. «Elenco 2021». Instagram Oficial do Icasa. 5 de novembro de 2021. Consultado em 5 de novembro de 2021 
  28. «RNC - RANKING NACIONAL DOS CLUBES 2021» (PDF) 
  29. «RANKING PROFISSIONAL - 2019» 

Ligações externas editar