Abrir menu principal

Wikipédia β

Associação Sportiva Sociedade Unida

A Associação Sportiva Sociedade Unida, conhecido popularmente como ASSU ou Camaleão do Vale, é um clube brasileiro de futebol, sediado na cidade de Assu, no estado do Rio Grande do Norte. O clube foi fundado no dia 10 de janeiro de 2002. Seu mascote é o Camaleão e seu estádio oficial é o Edgar Borges Montenegro, apelidado pela torcida como Edgarzão, com capacidade para 4.000 pessoas.[1] As cores do time são verde e branco.

ASSU
Escudo da "Associação Sportiva Sociedade Unida"
Nome Associação Sportiva Sociedade Unida
Alcunhas Camaleão do Vale
Torcedor/Adepto Assuense
Mascote Camaleão
Fundação 10 de janeiro de 2002 (15 anos)
Estádio Edgar Borges Montenegro (Edgarzão)
Capacidade 4.000 pessoas[1]
Localização Bandeira de Assu (RN).png Assu, Bandeira do Rio Grande do Norte.svg RN
 Brasil
Presidente Brasil Evilácio Bezerra
Treinador Brasil Barata
Patrocinador Brasil Asiscol Sports
Bandeira de Assu (RN).png Prefeitura do Assu
Brasil Construbem
Brasil CMA
Brasil CBV
Brasil Vida Hospitalar
Brasil Cocó Rolamentos
Brasil Belle Femme
Material (d)esportivo Brasil ERK
Competição Rio Grande do Norte Campeonato Potiguar
Brasil Campeonato Brasileiro de Futebol - Série D
Rio Grande do Norte 2018
Brasil D 2018
Á disputar
Á disputar
Rio Grande do Norte 2017
4º Colocado
Rio Grande do Norte 2016
6º Colocado
Ranking nacional 222º lugar, 50 pontos
Website assucamaleao.com
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Ao longo de sua história, o ASSU vem colecionando boas participações no Campeonato Potiguar, porém, só chegou a conquistar seu primeiro título no dia 1º de março de 2009, quando aos 7 anos de idade, após um empate por 2 a 2 com o Santa Cruz-RN, se consagrou campeão do primeiro turno do Campeonato Potiguar de 2009, garantindo assim o seu lugar na final contra a equipe campeã do segundo turno do mesmo, e uma das vagas do RN na Copa do Brasil de 2010. O ASSU se consagrou campeão do RN no dia 1º de maio de 2009, garantindo a vaga para o Série D do Brasileirão 2009.

O ASSU é o primeiro clube de futebol do interior do Rio Grande do Norte a representar o estado na Copa São Paulo de Futebol Júnior.[2] A equipe conseguiu a vaga após vencer o Visão Celeste por 4 x 3 nos pênaltis em uma seletiva para a competição.[3]

No estadual de 2014, após uma má campanha no primeiro turno (5 derrotas, 1 empate e nenhuma vitória)[4] e a derrota no duelo contra o descenso contra o Palmeira de Goianinha[5][6], o ASSU, pela primeira vez em sua história, visitará a segunda divisão do estadual.[6]

Índice

HistóriaEditar

O inícioEditar

Com a desistência do Clube Atlético Piranhas[7], surgiu uma vaga no Campeonato Estadual de 2002. Contando com a estrutura do estádio Edgarzão, recentemente inaugurado, a cidade de Assu reivindicou a vaga. A Liga Assuense de Desportos se mobilizou. O presidente da Liga, Luís Daílson Machado, e o vice, Francisco dos Chagas Soares coordenaram o movimento. Primeiramente, a ideia era que a Portuguesa de Assu (Fundada em 95 e vice do Matutão) tivesse a vaga, mas não houve um consenso. Chegou-se a conclusão que a escolha do nome deveria ser democratizada. Pensou-se em Assu Esporte Clube, São João (Padroeiro da cidade) e Vale do Açu. Finalmente, decidiu-se por Associação Sportiva Sociedade Unida (ASSU)[7].

2002 a 2005: estreia no estadual e classificação para a Série CEditar

Em 2002 aconteceu a estreia do clube no estadual, o ASSU fez vários investimentos. O treinador é Manoel Ananias[7], que dirigiu diversas vezes os clubes de Mossoró, e entre os reforços estão o goleiro Claudevan, o zagueiro Pione e o volante Nildo. Outros reforços são os jogadores Bebeto e Ronaldo Falcão(ex-Corintians de Caicó). A prefeitura deve ajudar o clube com R$ 7 mil mensais. EB: Claudevan, De Assis, Nildo, Luiz e Jorge Alagoano; Renato, Roberto, Lauro e Herácles; Ronaldo Falcão e Bebeto.[7] Com 10 derrotas e 4 vitórias a equipe do ASSU terminou o campeonato em 8º lugar.

Em 2003, a equipe assuense foi formada, praticamente, por jogadores da região. Exceção feita ao zagueiro Vieira[7], que veio do Mixto/MT. O atacante Marcelo é considerado o "homem-gol" do ASSU e pode dar muito trabalho. Marcelo terá Cabral como companheiro de ataque. O técnico é Nicola Barbieri, conhecido como "Aranha". Erasmo; Diassis, Vieira, Leandro e Pedro Neto; Marielson, Eracle, manoel e João Carlos; Cabral e Marcelo[7]. Com uma campanha regular (4 vitórias, 3 derrotas e 1 empate) o ASSU termina o campeonato com a 5ª colocação.

No ano de 2004, o clube disputou pelo terceiro ano consecutivo o Campeonato Estadual. Com uma campanha regular termina o campeonato na 6ª colocação ao ser eliminado pelo Coríntians de Caicó na segunda fase[7].

O ano de 2005 chegou e a verba da Prefeitura aumentou com o apoio da classe empresarial. A parceria fez a diretoria reforçar a equipe e acreditar na classificação. A idéia era desbancar os favoritos. Com uma campanha arrasadora a equipe do ASSU terminou a primeira fase na liderança do "Grupo B" com 22 pontos[7]. A torcida estava confiante para a segunda fase. O Camaleão passou pelo Potiguar de Mossoró nas quartas-de-final. Nas semifinais ganhou o primeiro jogo contra o América de Natal em pleno Machadão, mas acabou desperdiçando a chance de chegar à final do Campeonato Potiguar ao perder em casa por 3 a 0. O Camaleão do Vale terminou o campeonato na 3ª colocação, conquistando a oportunidade de disputar a Série C do Campeonato Brasileiro[7].

2006 a 2009: Crescimento estadual e primeiro título potiguarEditar

Com o apoio da Prefeitura, câmara de vereadores e classe empresarial o ASSU montou um time com chances de conquistar a taça. Terminou a primeira fase em 4ª lugar com 19 pontos. Enfrentou o ABC nas quartas-de-final e conseguiu avançar na competição. No tapetão o ABC conseguiu tirar a vaga do ASSU alegando irregularidades do jogador Sílvio Madona[7]. O ASSU recorreu e conseguiu novamente a vaga para disputar as semifinais contra o Potiguar de Mossoró[7]. Com um elenco já diminuto e desgastado com a briga na justiça o ASSU acabou sendo eliminado pela equipe mossoroense.

Em 2007, o Camaleão do Vale montou uma equipe regular para disputar o estadual. A equipe pretendia conquistar no mínimo a vaga para a Série C do Brasileiro. Com uma campanha regular terminou a primeira fase com a melhor campanha dentre os clubes do interior, conquistando o 3º lugar com 16 pontos[7]. Foi eliminado nas quartas-de-final pelo Potiguar de Mossoró. Neste ano, o ASSU foi a melhor defesa do campeonato sofrendo apenas 11 gols e aplicou a maior goleada, o inesquecível 5 a 0 no ABC em pleno Frasqueirão[8].

Em 2008, a diretoria montou uma equipe que tinha a confiança dos torcedores para disputar o estadual. Com uma excelente campanha no primeiro turno obteve o 1º lugar do "Grupo B" com 11 pontos[7]. Disputou as semifinais com o Santa Cruz, perdeu o primeiro jogo por 3 a 0 e venceu o segundo pelo mesmo placar. A vaga seria do ASSU se não fosse um erro no regulamento do campeonato, que permitiu a realização de um terceiro jogo no qual houve empate (1 a 1). A decisão foi nos pênaltis, e o Camaleão foi eliminado por 8 a 7[7]. No segundo turno com uma campanha regular iria obter a vaga nas semifinais, no entanto foi punido com a perda de 6 pontos por ter escalado de forma irregular o atleta Anaílton(Xoly) contra o Santa Cruz, no dia 16/03[7]. O clube acabou na 7ª colocação na classificação final. Se não fosse a perda dos 6 pontos, o time teria conquistado a sonhada vaga para a Série C do Brasileiro.

 
Escudo antigo

O ano de 2009 chegou e o ASSU conquistou o primeiro turno do Campeonato Potiguar (Copa RN)[9], seu primeiro título em cima do Santa Cruz-RN. O Camaleão empatou pelo placar de 2 x 2 no jogo único da final e como possuía a vantagem do empate levantou a taça em tarde emocionante no Edgarzão. Com o título, a equipe se classificou para a Copa do Brasil de 2010. Logo depois se consagra CAMPEÃO do RN em cima do Potyguar de Currais Novos, campeão do segundo turno (Taça Cidade de Natal). Com o título, a equipe garantiu vaga no Campeonato Brasileiro Série D 2009, mas acabou desistindo da vaga, que acabou sendo repassada ao Alecrim[10].

2010 a 2011: Copa do Brasil, endividamento e fuga do rebaixamento no estadualEditar

No ano de 2010, o clube não obteve uma campanha satisfatória no Campeonato Potiguar. De 18 jogos disputados, o clube obteve 5 vitórias, 4 empates e 9 derrotas. O Camaleão do Vale ficou posicionado na 9ª colocação, com 19 pontos na classificação geral[11]. O jogo de destaque foi na partida entre ASSU e ABC que, mesmo não ter vencido os últimos jogos até então, bateu o alvinegro em casa por 3x2, valendo a sexta rodada do Campeonato Potiguar[12]. Na sua primeira participação na Copa do Brasil, o ASSU foi derrotado pelo Atlético Goianiense no placar de 3 a 0, sem direito a jogo de volta em Goiânia[13]. Com o resultado, o ASSU é eliminado do segundo torneio de futebol mais importante do Brasil.

No ano de 2011, o ASSU iniciou sua temporada com uma dívida equivalente a 100 mil reais. Com elenco formado apenas com jogadores da região e com poucos reforços, o Camaleão do Vale não teve perspectiva de ter um time forte na competição. Com uma campanha razoável, o time termina a temporada na 8ª colocação, com 5 vitórias, 2 empates e 11 derrotas, com 17 pontos ganhos. Durante esse período, o clube chegou a trocar de técnico uma vez, substituindo Neto Matias por Damião Oliveira.

Equipe júniorEditar

A equipe fez sua primeira participação no Campeonato Potiguar - Sub-18, no dia 02 de Julho de 2011. Os jogadores contaram com o técnico Damião Oliveira, o supervisor do clube Carmésio Cabral, e com o apoio integral do grupo gestor. O Camaleãozinho, como é carinhosamente chamado pela torcida, teve a melhor campanha do Grupo "B", com 6 vitórias, 3 empates e apenas 1 derrota, tornando-o líder do grupo. O clube disputou as semifinais contra o América de Natal, que derrotou o ASSU por 3x1 no jogo de ida e empatou por 0x0 em casa, sendo assim, desclassificado da final contra o ABC. A equipe conseguiu a vaga inédita para a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012,[3] após vencer o Visão Celeste por 4 x 3 nos pênaltis, em jogo extra da categoria Sub-18, válido como seletiva para o evento.

2012 a 2013: Elenco renovado e boa participação no estadualEditar

 
Escudo comemorativo dos 10 anos do clube. O mesmo foi estampado nos uniformes da temporada de 2012.

Em 2012, o ASSU era até então conhecido por manter boa parte do seu plantel por muitos anos. No entanto, neste ano o elenco foi quase totalmente renovado, ou seja, 80% dos jogadores presentes no elenco nunca defenderam o clube,[14] com destaque para o meia Thiaguinho, que estava atuando pelo River Plate do Uruguai.[15] O técnico era Ademílson de Almeida[16], que mais tarde foi substituído por Andrey Valério[17], pela má campanha apresentada no primeiro turno. Com uma campanha regular, o clube terminou a temporada com 7 vitórias, 3 empates, 8 derrotas e 24 pontos somados, ficando assim na 5ª colocação no ranking geral.[18]

Em 2013, o clube contratou o técnico e ex-jogador de futebol do Corinthians Mirandinha, a convite de Souza, um dos dirigentes do ASSU e o qual foi companheiro de equipe no clube paulista.[19] Mirandinha trouxe consigo a base do Afogadense, clube que treinava. Mirandinha trouxe os jogadores Mike, Felipe e Serginho, ambos do Afogadense. Sem os principais clubes do estado na primeira fase, o Camaleão do Vale inicia o estadual na 5ª colocação, assim garantindo vaga na segunda fase[20]. No primeiro turno da segunda fase e com os principais clubes do estado, o ASSU termina o primeiro turno na 4ª colocação[20], ainda tendo a chance de ir para a final da Copa RN na última rodada da competição, mas foi goleado pelo ABC de 5x0 no Frasqueirão[21], assim perdendo a chance de chegar a final. No segundo turno, o clube terminou na 5ª colocação, com 8 pontos. Na classificação geral, o clube termina o Campeonato Estadual na 4ª colocação, com 21 pontos somados[20], considerada a melhor atuação do clube após a conquista do título potiguar, em 2009.[9]

2014: Rebaixamento no estadualEditar

Em 2014, o clube inicia a temporada sem muita verba para o campeonato estadual desse ano[22]. Com Netinho Matias como técnico[22] (mais tarde seria substituído por Carlos Gutemberg após pedir demissão[23]) e mantendo a base dos jogadores que jogaram no clube em temporadas passadas[22], o clube inicia a primeira fase do estadual (Copa FNF) com uma campanha de 5 derrotas, 1 empate e nenhuma vitória, ficando assim na lanterna do grupo "B"[4]. Com isso, o clube disputou um duelo contra o Palmeira de Goianinha (lanterna do grupo "A"), em jogos de ida e volta, que decidiria qual desses permaneceria na elite do estadual[24]. No jogo de ida, no estádio Edgarzão, o ASSU vence o Palmeira pelo placar de 2x1, com gols de Sandro e Leonardo pela equipe assuense e Quirino pelo Palmeira[5]. Com esse resultado, o ASSU tinha a vantagem do empate para o jogo de volta, porém, no estádio Nazarenão, o Palmeira de Goianinha venceu o camaleão pelo placar de 1x0, gol de Quirino, levando assim a disputa para os pênaltis. Nas penalidades, com o placar de 4x2 para a equipe local, pela primeira vez na sua história, o ASSU foi rebaixado para a segunda divisão do estadual.[6]

SímbolosEditar

Outros símbolosEditar

 
O camaleão é o mascote oficial do clube.

As cores da Associação Sportiva Sociedade Unida consistem do verde e branco, em referência às cores da bandeira da cidade de Assu. Outro símbolo do clube é o mascote oficial, o Camaleão. O réptil foi escolhido pelo fato de ser um animal típico da região do Vale do Açu e por possuir uma cor esverdeada, assim como o uniforme do time.

HinoEditar

Primeiro HinoEditar

Meu coração é alviverde até a morte, porque sou filho de um vale verdejante; Pelos gramados do Rio Grande do Norte, ASSU para sempre será meu representante;

Gigante pela própria natureza, eu tenho orgulho em carregar essa bandeira; E ao seu lado com certeza, ser a torcida mais fiel, companheira;

ASSU! ASSU! ASSU!; Sua camisa é meu manto sagrado!; ASSU! ASSU! ASSU!; És minha vida, ó meu clube idolatrado!; ASSU! ASSU! ASSU!; Teu futebol é minha religião!; Esteja onde estiver, eu estarei contigo meu camaleão!; Haja o que houver, carregarei comigo no meu coração.

Segundo Hino (atual)Editar

Música e Letra: (Edivam Bezerra)

Sou verde e branco de coração; sou assuense sou campeão; Tenho nos craques o melhor futebol; Drible no campo sempre acaba em gol; O nosso time é arte e fé, levanta torcida olé; O nosso time é emoção, levanta camaleão; ASSU, ASSU, ASSU !

Com muita garra, amor e fibra; Honrando nossa camisa; Associação Sportiva Sociedade Unida.

UniformesEditar

     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme

GoleirosEditar

     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme

Outras TemporadasEditar

  • 2016
     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme
  • 2014
     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme
  • 2013
     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme

ElencoEditar

Equipe principalEditar

  Atualizado em 05 de março de 2017

  •  : Capitão
  •  : Jogador contundido
  • + : Jogador em fase final de recuperação
  •  : Jogador suspenso


Goleiros
Jogador
  Pedrinho
  Thiago Luis
  Fabinho
Defensores
Jogador Pos.
  Renato Paulista Z
  Allan Z
  Kalil Juan Z
  Lucas Straub Z
  Vinicius Z
  Gilberto Matuto LD
  Ferrugem LD
  Bruno Haiglander LE
  Nininho Silva LE
  Roldão LE
  Wudson Bruno LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
  Silas V
  Raul V
  Bruno César V
  Lano V
  Ramon V
  Rodrigo Silva V
  Bruno César V
  Marcelo Assu V
  Diego M
  Léo Meneghini M
  Breno M
  Alex Perez M
  Vitor Leal M
  Rodrigo Cezario M
Atacantes
Jogador
  Paulinho
  Dedé Macaíba
  Jefinho
  Max Pantané
  Mateus Silva
  Faquinha
  Joan
  Kiko
  Almir
Comissão técnica
Nome Pos.
  Barata T

TítulosEditar

Campeonatos Estaduais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Potiguar 1 2009
  Copa RN 1 2009
  Campeonato Potiguar - Segunda Divisão 1 2015
Categorias de base
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Potiguar Sub-18 - Terceiro lugar 1 2011
  Torneio Seletivo para a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012 1 2011

EstatísticasEditar

Torcidas organizadasEditar

Jovem Garra AlviverdeEditar

A Jovem Garra Alviverde,[25] ou JGA, é uma torcida organizada da Associação Sportiva Sociedade Unida, fundada no dia 29 de Janeiro de 2006[25]. É a primeira e a única torcida organizada do clube. O mascote, assim como o do time, é o Camaleão. Seu lema é: Garra, Amor e Fibra[25].

Nos jogos do Camaleão em Assu, a torcida sempre comparece com suas faixas, bandeirões, bateria e outros instrumentos.

Referências

  1. a b Cadastro Nacional de Estádios de Futebol
  2. «Sub-18 do ASSU alcança feito histórico». nominuto.com. Consultado em 14 de dezembro de 2011 
  3. a b «ASSU garante vaga para a Taça São Paulo de Juniores». nominuto.com. Consultado em 27 de outubro de 2011 
  4. a b Federação Norte-rio-grandense de Futebol. «Tabelas». Consultado em 04 de dezembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. a b «De virada, Assu vence Palmeira por 2 a 1 e se afasta do rebaixamento». Consultado em 04 de dezembro de 2014  line feed character character in |titulo= at position 35 (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. a b c Futebol Interior. «POTIGUAR: ASSU é derrotado e está rebaixado». Consultado em 05 de dezembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. a b c d e f g h i j k l m n o Futebol do RN. «Associação Sportiva Sociedade Unida». Consultado em 06 de janeiro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Tribuna do Norte (18 de Março de 2007). «ABC é goleado em casa por 5 a 0». Consultado em 06 de janeiro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  9. a b Campeões do Futebol (02 de Maio de 2009). «Assu conquista em Caicó o título inédito de Campeonato Estadual 2009». Consultado em 06 de janeiro de 2012  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  10. Nominuto.com (31 de Maio de 2009). «ASSU desiste de participar da Série D do Brasileiro». Consultado em 06 de janeiro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. Bola na Área. «Campeonato Potiguar 2010». Consultado em 05 de junho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. Federação Norte-rio-grandense de Futebol. «Assu vence ABC. Santa Cruz consegue virada sensacional». Consultado em 06 de junho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. BOL Notícias. «Atlético-GO vence e elimina Assu; Paysandu não evita jogo de volta». Consultado em 05 de junho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  14. Diário de Natal. «Assu aposta em time repleto de caras novas». Consultado em 17 de novembro de 2012 
  15. Tribuna do Norte. «ASSU contrata jogador com experiência internacional». Consultado em 17 de novembro de 2012 
  16. DN Online (26 de Dezembro de 2011). «ASSU inicia trabalhos de pré-temporada para o Estadual». Consultado em 03 de Janeiro de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  17. Sidys (08 de Março de 2012). «Agora é oficial - ASSU contrata Andrey Valério». Consultado em 18 de Março de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  18. LanceNet. «Tabela Potiguar 2012». Consultado em 17 de novembro de 2012 
  19. Globo Esporte (05 de Novembro de 2012). «Ídolo do Corinthians, Mirandinha vai treinar clube do interior do RN». Consultado em 20 de Dezembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  20. a b c «BOLA N@ ÁREA - Campeonato Potiguar 2013». Consultado em 20 de Dezembro de 2013 
  21. Esporte Nordeste (25 de Março de 2013). «Ganhou, mas não levou! ABC goleia por 5x0 o ASSU, mas não se classifica». Consultado em 20 de Dezembro de 2013 
  22. a b c «ASSU inicia preparação para a disputa do Estadual - Tribuna do Norte». Consultado em 04 de dezembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  23. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome teccg
  24. O Mossoroense. «ASSU e Palmeira decidem quem será rebaixado para 2015». Consultado em 05 de dezembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  25. a b c Organizadas Brasil. «Perfil da TORCIDA JOVEM GARRA ALVIVERDE». Consultado em 06 de julho de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar