Abrir menu principal

Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer

Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis e independentes. Fontes primárias, ou com conflitos de interesse, não são adequadas para verbetes enciclopédicos. Ajude a incluir referências.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.

Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer (TUCCA) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 1998, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer.

Baseados na ideologia de que todos os indivíduos têm direito a receber o que há de melhor em termos de atenção à saúde, independentemente de sua condição social, etnia ou credo, participam da associação profissionais da área de saúde, pais de pacientes e representantes de diversos segmentos da sociedade que doam tempo, trabalho e talento por acreditarem neste empreendimento social.

Em 16 anos de atividades, a TUCCA em parceria com o Hospital Santa Marcelina já assistiu mais de 2300 crianças e adolescentes carentes com câncer, atingindo taxas de cura próxima a 80%, índice até 60% acima da média brasileira, igualado somente aos Estados Unidos e Europa. Esse dado é especialmente relevante quando nos deparamos com o fato do câncer, nos países em desenvolvimento, matar mais crianças que a AIDS, malária e tuberculose juntos, sendo a segunda causa de morte infantil no Brasil, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).[1]

A TUCCA aplica os valores arrecadados, exclusivamente, para garantir aos nossos pacientes, dentro do mais avançado padrão médico-científico, o direito de alcançar todas as chances de cura possíveis, com qualidade de vida, de acordo com o site oficial do Sport Club Corinthians Paulista (SCCP).[2]

O nome TUCCA teve origem na expressão “Tumor cerebral em Crianças e Adolescentes”, não mais utilizada pelo fato de a ONG ter ampliado o tratamento a pacientes com todos os tipos de câncer da infância e da adolescência.

Desde seu início, tem atuado no diagnóstico, tratamento e reabilitação e também na pesquisa e capacitação profissional, oferecendo acompanhamento multidisciplinar, além de exames e medicamentos de última geração, sem qualquer custo ao paciente e sem fila de espera.

Índice

LocalizaçãoEditar

A escolha do local para atuação da TUCCA se deve ao fato da Zona Leste ser a região de maior densidade demográfica da capital paulista, com mais de 5 milhões de habitantes, próxima a importantes e populosos municípios da Grande São Paulo, de forma que, dos aproximadamente dez centros de referência no tratamento do câncer na cidade de São Paulo, a TUCCA seja a única na região.

Outro diferencial da TUCCA reside nas parcerias que mantém. O trabalho conjunto no serviço de oncologia pediátrica do Hospital Santa Marcelina possibilita que os recursos arrecadados pela Associação sejam investidos exclusivamente no que há de mais moderno em termos de diagnóstico e medicamento: no Hospital, os pacientes têm à disposição o atendimento do SUS e toda a estrutura hospitalar e cirúrgica já mantida por aquela instituição, e a TUCCA complemento o tratamento com todos os remédios, procedimentos e exames de última geração, tal como seria nos melhores hospitais privados do planeta.[3]

TUCCA também é parceria do INCTR (International Network for Cancer Treatment and Research), como instituição associada, e coloca em prática na periferia de São Paulo todas as diretrizes internacionais do INCTR, sendo considerada como uma referência para todo o [4]

O Ambulatório de Oncologia Pediátrica do Hospital Santa Marcelina em parceria com a TUCCA inaugurado em 2007 possui equipe de recreacionistas - que acompanha as crianças durante o tratamento -, espaços decorados para as faixas etárias atendidas, lan-house, horta e cozinha experimental para as mães, além de todo o aparato médico necessário.[5]

Para financiar os tratamentos, a TUCCA conta com doações de empresas e pessoas físicas e promove ações culturais ‘Pela Cura’, como o projeto TUCCA Música pela Cura, que realiza concertos e espetáculos infantis na Sala São Paulo.[6]

MissãoEditar

Oferecer assistência multidisciplinar de excelência para crianças e adolescentes carentes com câncer por meio do cuidado integral, assim como a preparação dessa crianças, jovens e de seus familiares para a continuidade de suas vidas após a doença.[7]

VisãoEditar

Alcançar por meio de nossas ações 100% da Cura do câncer infanto-juvenil.

ValoresEditar

Comprometimento, Ética, Universalidade, Inovação, Solidariedade, Sustentabilidade, Inquietação.

EstruturaEditar

Além do tratamento de crianças e adolescentes carentes com câncer, a TUCCA participa de pesquisas de novos medicamentos para a doença e, por meio de um enfoque multidisciplinar, auxilia o jovem e sua família a retomarem seu dia a dia.[8]

PesquisaEditar

A TUCCA atua na pesquisa do câncer por meio de procedimentos e drogas inovadores. Também é parceira de centros de pesquisa internacionais, como o INCTR (International Network for Cancer Treatment and Research), com sede em Bruxelas, na Bélgica, e o Texas Children’s Hospital, nos Estados Unidos. Os trabalhos produzidos pela equipe da TUCCA são levados aos principais congressos mundiais de oncologia pediátrica e bolsas de estudo são oferecidas pela associação para o constante aperfeiçoamento da equipe médica.[9]

DiagnósticoEditar

A TUCCA financia exames não cobertos pelo SUS para possibilitar que o diagnóstico seja realizado de forma mais precisa e rápida, acelerando o início dos tratamentos corretos e, dessa forma, elevando as chances de cura.[10]

TratamentoEditar

No ambulatório do serviço de oncologia pediátrica do Hospital Santa Marcelina/TUCCA é oferecido gratuitamente o que há de mais moderno em termos de recursos terapêuticos para as diferentes manifestações do câncer na criança e no adolescente. A retirada dos pacientes do ambiente hospitalar e a possibilidade de oferecer um ambiente amigável e adequado proporcionam uma assistência cuidadosa e uma melhor adesão e resposta às terapias administradas.[11]

Acompanhamento MultidisciplinarEditar

Na busca por uma abordagem o mais abrangente possível, particularizando a criança e o adolescente em suas especificidades, a TUCCA conta com uma equipe multidisciplinar composta por oncologistas, assistentes sociais, psicólogos, neuropsicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, odontologistas e fonoaudiólogos. Eles assistem o paciente e a família, em todas as suas necessidades, desde o dia em que chegam à associação até seu completo restabelecimento. Garante também alimentação aos pacientes e acompanhantes nos dias de tratamento além de cestas básicas, com o objetivo de melhorar as condições pessoais e sociais que possam interferir no tratamento.[12]

Próteses e ReabilitaçãoEditar

Além do tratamento médico, e após seu término, a TUCCA continua a acompanhar o paciente e a família no retorno às atividades sociais e escolares. Para isso, fornece próteses customizadas de alta qualidade, sem custos, para minimizar as dificuldades de locomoção e facilitar a reinserção do indivíduo na sociedade.[13]

CapacitaçãoEditar

A TUCCA oferece bolsas de estudo para médicos residentes e equipe de enfermagem, além de ministrar cursos, palestras e encontros relacionados aos diferentes aspectos do câncer na infância e adolescência.

Da mesma forma, aulas de culinária são ministradas no projeto Chef pela Cura, para as mães de pacientes que, em muitos casos, abandonam seus empregos para cuidar dos filhos. Além de capacitá-las e propiciar uma renda extra, as atividades auxiliam os trabalhos da equipe multidisciplinar.[14]

RetinoblastomaEditar

Além de realizar campanhas nacionais, como a do diagnóstico precoce do retinoblastoma, tumor maligno que acomete a retina, a TUCCA atua junto à imprensa especializada para a difusão dos tratamentos e serviços que disponibiliza para a população.[15]

Captação de RecursosEditar

Para viabilizar tratamento sem custos a crianças e adolescentes carentes, a TUCCA conta com doações de empresas e pessoas físicas, por meio do trabalho do Call Center, e promove ações com o selo Pela Cura, como o Shopping Pela Cura, os Jantares Pela Cura e o Música Pela Cura, caso das séries musicais Aprendiz de Maestro e Série TUCCA de Concertos Internacionais.[16]

ParceriasEditar

Hospital Santa Marcelina

Desde 2001, a TUCCA mantém parceria com o Hospital Santa Marcelina[17], coordenando o Serviço de Oncologia Pediátrica. A escolha do parceiro, que fica em Itaquera, foi estratégica. Até então, todos os centros de referência em oncologia pediátrica estavam localizados nas zonas central, oeste ou sul da capital paulista, dificultando o atendimento de moradores da zona leste, região mais carente e de maior densidade demográfica, localizada perto de populosos municípios da Grande São Paulo. Por meio dessa união, a TUCCA aplica recursos próprios, direta e exclusivamente, no que faz diferença para oferecer o tratamento mais adequado e atingir os melhores resultados.


Rede Internacional para Tratamento e Pesquisa do Câncer (INCTR)

A TUCCA, desde sua criação, é parceira da INCTR, uma organização não governamental, com sede no Instituto Pasteur, em Bruxelas, fundada em 1998. A INCTR atua em países em desenvolvimento com o objetivo de promover pesquisa científica e divulgar campanhas de prevenção e de incentivo ao diagnóstico precoce do câncer, além de promover globalmente o intercâmbio de informações entre especialistas da área. Como instituição associada, a TUCCA coloca em prática, na periferia de São Paulo, todas as diretrizes internacionais da INCTR, de forma a ser considerada pelo Dr. Ian Magrath, presidente da organização, como sendo uma referência para todo o mundo.


Outras instituições

A TUCCA mantém parceria médico-científica com onze centros Brasil afora: Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, Hospital Mario Covas / Santo André, Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil – GPACI / Sorocaba, Santa Casa de Santos, GACC / São José dos Campos, Hospital de Base do Distrito Federal, Hospital Infantil Nossa Senhora da Gloria / Vitória, Hospital do Câncer de Mato Grosso, Hospital do Câncer Napoleão Laureano / João Pessoa, Instituto Maranhense de Oncologia Aldenora Belo/São Luís, Santa Casa de Itabuna.[18] 

Referências

Ligações externasEditar