Ataques de abril de 2012 no Afeganistão

Os ataques de abril de 2012[1][2][3] aconteceram em 15 de abril de 2012 quando insurgentes e bombistas suicidas do Talibã lançaram múltiplos ataques coordenados em todo o Afeganistão.[4] Esses ataques, como parte da ofensiva da primavera de 2012, atingiram vários locais - incluindo prédios do governo, bases militares e embaixadas[5] - e ocorreram em várias províncias afegãs, incluindo Cabul e Paktia.[6] Diferentes relatórios atribuem a responsabilidade pelos ataques aos talibãs ou à rede Haqqani, embora o Talibã tenha reivindicado a responsabilidade.[7]

O Talibã, fazendo uso de vários homens-bomba, realizou ataques coordenados na cidade de Jalalabad, bem como nas províncias de Logar e Paktia. Os maiores confrontos, no entanto, ocorrem em Cabul, onde o parlamento afegão e as embaixadas e os campos estadunidenses, britânicos, franceses, alemães e japoneses são alvo dos ataques.[8]

CabulEditar

O ataque principal ocorreu na capital afegã, Cabul, onde ocorreram uma dezena de grandes explosões contra várias embaixadas ocidentais e prédios do governo, a maioria no bairro central da Zona Verde. Além disso, várias milícias talibãs armadas com pistolas automáticas, lançadores de foguetes e coletes explosivos tomaram as ruas e entrincheiraram-se em vários edifícios.

Outros locaisEditar

Em Jalalabad, capital da província de Nangarhar, pelo menos quatro explosões foram provocadas por vários insurgentes que atacaram uma sede da OTAN.[9]

Em Puli Alam, capital da província de Logar, um comando de cinco talibãs entrincheirou-se em um prédio do governo para atacar as forças de segurança.[10] Pelo menos quatro dos membros do grupo foram mortos.

Em Gardez, capital da província de Paktia, outro grupo talibã barricou-se em um prédio e feriu pelo menos quatro civis e três policiais ao atacar uma academia policial e uma universidade situadas nas proximidades.[11]

Na província central de Kapisa uma bomba caseira matou quatro policiais afegãos, sendo um deles oficial.[12]


Referências

  1. Pizzey, Allen (15 de Abril de 2012). «Taliban's spring offensive is a worrying sign». CBS 
  2. Hamid Shalizi; Jack Kimball (15 de Abril de 2012). «Taliban attack Afghanistan in "spring offensive"». Yahoo via Reuters. Arquivado do original em 17 de Abril de 2012 
  3. «Afghan Forces Respond to Coordinated Attacks». United States Department of Defense. 16 de Abril de 2012 
  4. Eltaf Najafizada; James Rupert (15 de Abril de 2012). «Afghanistan's Taliban Hit Four Cities in Biggest Spring Attack». Bloomberg 
  5. «Talebans atacam embaixadas, sede da Otan e Parlamento afegão em "ofensiva de primavera"». UOL Noticias. 15 de Abril de 2012 
  6. Shah, Amir (15 de Abril de 2012). «Taliban attack Afghan capital, 3 other cities». Google News via AP. Arquivado do original em 16 de Abril de 2012 
  7. «Taliban launch coordinated Afghan attacks». CBS News via AP. 15 de Abril de 2012 
  8. Le Point : Afghanistan: 51 morts, dont 36 assaillants, dans les attaques coordonnées des talibans
  9. «Los talibanes reivindican una oleada de ataques en Afganistán». farodevigo.es. 15 de abril de 2012 
  10. «Comandos talebãs lançam ataques múltiplos em Cabul e outras cidades afegãs». Gazeta do Povo. 15 de abril de 2012 
  11. «Karzai achaca a un "fracaso" de los servicios de inteligencia de la OTAN la ofensiva talibán». RTVE.es. 16 de abril de 2012 
  12. «Mueren cuatro policías por la explosión de una bomba caminera cerca de Kabul». lainformacion.com