Atentados em Guba em 2015

Atentados em Guba em 2015
Local Guba,  Líbia
Data 20 de fevereiro de 2015
Tipo de ataque Bombardeio
Arma(s) Três bombas
Mortes +40
Responsável(is) Estado Islâmico
Motivo Ação retaliatória

Os atentados de Guba ocorreram em Guba, Líbia, em 20 de fevereiro de 2015.

EventosEditar

Efetivos leais ao Estado Islâmico detonaram três bombas em Guba, alvejando uma estação de petróleo, uma estação de polícia e a residência do presidente da Câmara dos Representantes da Líbia desde 5 de agosto de 2014 (e efetivamente o porta-voz parlamentar do país) Aguila Salé Issa. Esses ataques reatadamente mataram ao menos 40 pessoas.[1] Seis egípcios foram identificados entre as vítimas, e seus corpos foram repatriados ao Egito através da fronteira em Sallum.[2]

O ISIL afirmou que os ataques foram retaliação pelos ataques aéreos do Egito na Líbia em fevereiro de 2015.[1] A Força Aérea do Egito lançou ataques após o sequestro e decapitação de 21 coptas na Líbia em fevereiro. O Departamento de Estado dos Estados Unidos[3] e o Novo Congresso Geral Nacional (Amanhecer Líbio)[4] condenaram os ataques.

Referências

BibliografiaEditar