Athos Campos (Bebedouro, 14 de julho de 1923Bragança Paulista, 1 de novembro de 1992) foi um compositor e violeiro de música popular brasileira.[1][2]

Athos Campos
Informação geral
Nascimento 14 de julho de 1923
Local de nascimento Bebedouro, SP
Brasil
Morte 1 de novembro de 1992 (69 anos)
Local de morte Bragança Paulista, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação(ões)
Período em atividade 1939–1992

Chitãozinho e Xororó

editar

Em 1939, Campos foi co-compositor da música Chitãozinho e Xororó, em parceria com Serrinha. Essa música inspirou a dupla homônima a adotar do seu nome artístico.[3][4]

A música, que é considerada um dos expoentes do gênero de moda de viola, valoriza o estilo de vida bucólico por meio de um processo narrativo em que se descreve a importância atribuída a dois passarinhos na vida de um caboclo. Considerada o maior sucesso de Athos Campos, Chitãozinho e Xororó já foi interpretada por Sérgio Reis, Tonico & Tinoco e a própria dupla homônima.[3][5]

  • A saudade continua (c/ Índio Vago), 1970[6]
  • Sinhazinha, 1975
  • Bate na viola, 1980
  • Samba de Roda, 1988
  • Viola sem Defeito, 1979[2]
  • Boiada saudosa (c/ Serrinha), 1946
  • Chitãozinho e Xororó (c/ Serrinha), 1939
  • Não sei o que é que eu tenho (c/ Aleixinho), 1980
  • Quando canta o chororó, 1977
  • Hino de Mairiporã

Referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 22 de janeiro de 2013 
  2. a b Peripato, Sandra Cristina. «Athos Campos». Athos Campos. Recanto Caipira. Consultado em 13 de julho de 2016 
  3. a b «Chitãozinho e Xororó ou José e Durval? Dupla fala sobre mudança de nome no início da carreira: 'Achamos caipira demais'». G1. 14 de agosto de 2023. Consultado em 29 de maio de 2024 
  4. GZH (1 de novembro de 2023). «Quatro cantores já ocuparam a posição de "Fernando" na dupla com Sorocaba; entenda | DG». Diário Gaúcho. Consultado em 29 de maio de 2024 
  5. «Música de 1939, pássaros e dedo do 'descobridor': como José e Durval viraram Chitãozinho e Xororó». G1. 22 de setembro de 2023. Consultado em 29 de maio de 2024 
  6. «IMMuB - O maior catálogo online da música brasileira». immub.org. Consultado em 14 de outubro de 2017 
  Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.