Abrir menu principal

Wikipédia β

Atlético 2 x 1 Brasil (1969)

Ver artigo principal: Clube Atlético Mineiro

Atlético 2x1 Brasil foi um amistoso realizado em 3 de setembro de 1969 no Mineirão. Teve como objetivo celebrar o 147º Aniversário da Independência do Brasil e também festejar a classificação da Seleção para a Copa do Mundo FIFA de 1970.[1][2]

Atlético 2x1 Brasil
Evento Amistoso Festivo
Data 3 de setembro de 1969
Local Mineirão, Belo Horizonte
 Brasil
Árbitro Amilcar Ferreira
Público 71 533

Índice

AntecedentesEditar

 Ver artigo principal: Eliminatórias Sul-Americanas
 Ver artigo principal: Copa do Mundo FIFA de 1970
 
Seleção de 1970 que foi derrotada pelo Atlético em 1969.

Após o fracasso na Copa do Mundo de 1966, a Seleção brasileira voltou a participar de eliminatórias para o torneio de 1970. Disputou uma das três vagas do continente sul-americano contra as Seleções da Colômbia, Venezuela e Paraguai que completavam o grupo B da América do Sul. A participação do Brasil foi irretocável, sob o comando do técnico João Saldanha, venceu todos os adversários em ambas as partidas (jogos de ida e volta), marcando 23 gols e sofrendo apenas dois.[3]

A base da seleção era formada por jogadores do Botafogo, Cruzeiro e do Santos. Utilizando o esquema 4-2-4, o time principal tinha a seguinte formação: Goleiro - Félix, laterais - Carlos Alberto e Rildo, zagueiros - Djalma Dias e Joel, médio-volante - Piazza, meia-armador - Gerson, ponteiros - Jairzinho e Edu e completando o ataque - Pelé e Tostão.

Antes da Copa do Mundo de 1970, houve um amistoso no dia de 3 de setembro de 1969 contra o Atlético e a futura Seleção campeã de 1970 foi derrotada por 2-1. Depois do ocorrido, foram proibidos jogos amistosos de equipes brasileiras com a Seleção. O Brasil que ganhou sua terceira Copa no México em 1970, colocou em campo o que foi considerado, segundo uma pesquisa global com especialistas, realizada pela revista inglesa World Soccer, a melhor equipe de futebol de todos os tempos [4] com Pelé, em sua última edição de Copa do Mundo, Carlos Alberto Torres, Jairzinho, Tostão, Gérson, Piazza, Clodoaldo e Rivelino. Após ganhar a Taça Jules Rimet pela terceira vez, o Brasil pôde mantê-la para si.

O JogoEditar

3 de setembro Atlético Mineiro 2–1 Brasil Estádio Mineirão, Belo Horizonte
21:30
Amauri   42'
Dadá Maravilha   65'
Relatório Pelé   50' Público: 71 533
Árbitro: Amilcar Ferreira
Cores do Time Cores do Time  
 
 
Atlético
     
 
 
Brasil
GR 1 Mussula
LD 2 Humberto Monteiro
ZA 3 Grapete
ZA 4 Normandes  
LE 6 Cincunegui  
VO 5 Oldair  
VO 8 Amauri
AD 7 Vaguinho
MC 10 Laci
AE 11 Tião  
AT 9 Dadá
Substituições:
MC 14 Zé Horta
MC 16 Vantuir
AT 19 Caldeira
Treinador:
Yustrich
GR 1 Félix
LD 2 Carlos Alberto  
ZA 3 Djalma Dias
ZA 4 Joel
LE 6 Rildo  
MC 5 Wilson Piazza
MC 8 Gérson  
AD 10 Pelé
MA 7 Jairzinho
AT 8 Tostão  
AT 11 Edu  
Substituições:
ZA 17 Everaldo  
AT 9 Rivelino  
MC 14 Zé Maria  
MC 15 Paulo César  
Treinador:
João Saldanha

Homem do Jogo:

Dadá Maravilha (Atlético)

Outros confrontosEditar

Lista de Jogos
Data Competição Time mandante Placar Time visitante Cidade
25 de Março de 1956 Amistoso Atlético 0 x 1 Brasil Belo Horizonte
24 de Abril de 1966 Amistoso Atlético 1 x 4 Brasil Belo Horizonte
1 de Maio de 1966 Amistoso Atlético 0 x 5 Brasil Belo Horizonte
3 de Setembro de 1969 Amistoso Atlético 2 x 1 Brasil Belo Horizonte
13 de Junho de 1972 Amistoso Atlético 0 x 0 Brasil (Olímpico) Caxambu
Fonte: Galo Digital: Atlético x Brasil

Referências

  1. «O dia em que o Atlético venceu a Seleção». Superesportes. Consultado em 15 de janeiro de 2014 
  2. «O dia em que o Galo, de vermelho, venceu as Feras do Saldanha». Globo Esporte. Consultado em 15 de janeiro de 2011 
  3. «Copa de 1970». Arquivo dos Mundiais. Consultado em 3 de julho de 2014 
  4. «"Seleção brasileira de 1970 é a melhor de todos os tempos", O Globo online, 9 de setembro de 2007» 🔗