Aubrey Beardsley

Aubrey Vincent Beardsley (Brighton, 21 de agosto de 1872Menton, 16 de março de 1898) foi um importante ilustrador e escritor inglês.

Aubrey Beardsley
Nascimento Aubrey Vincent Beardsley
21 de agosto de 1872
Brighton
Morte 16 de março de 1898 (25 anos)
Menton
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, Reino Unido
Alma mater
Ocupação escritor, pintor, poeta, desenhista, cartazista, designer, artista gráfico, exlibrist
Movimento estético esteticismo, simbolismo
Religião Igreja Católica
Causa da morte tuberculose
Assinatura
Aubrey Beardsley Signature.jpg

O seu estilo recebeu influência do grupo pré-rafaelita e da estampa japonesa e influenciou o desenvolvimento da art nouveau.

IlustraçõesEditar

Beardsley foi o artista mais controverso do período da Arte Nova, famoso pelas suas imagens escuras, perversas e eróticas, do seu período tardio. As suas ilustrações eram a preto e branco sobre fundo branco. Alguns dos seus desenhos, inspirados pela arte shunga japonesa, exibiam genitais gigantescos. As suas ilustrações mais famosas usaram a história e a mitologia como tema. Entre estas, incluem-se as das edições privadas de Lisístrata, de Aristófanes, e os seus desenhos para a peça Salomé, de Oscar Wilde, estreada em Paris em 1896. Outro projeto de ilustração importante foi a edição de 1896 de The Rape of the Lock, de Alexander Pope.[1]

GaleriaEditar

Referências

  1. Souter, Nick; Souter, Tessa (2012). Oceana, ed. The Illustration Handbook: A Guide to the World's Greatest Illustrators. [S.l.: s.n.] p. 41. ISBN 978-1-84573-473-2 

BibliografiaEditar

  • DARMSTAEDTER, Robert, VON HASE-SCHMUNDT, Ulrike, Reclams Künstlerlexicon, Reclam, 1995, Stuttgart, ISBN 3-15-010412-2

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre design é um esboço relacionado ao Projeto Arte. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.