Auctoritas

Auctoritas é uma palavra latina que é a origem do português "autoridade". Enquanto historicamente seu uso na literatura inglesa se restringia a discussões da história política de Roma, o início da filosofia fenomenológica no século XX expandiu o uso da palavra.[1]

Representação de uma sessão do Senado Romano: Cícero ataca Catilina, de um afresco do século XIX

Na Roma antiga, auctoritas se referia ao nível geral de prestígio que uma pessoa tinha na sociedade romana e, como consequência, sua influência e capacidade de reunir apoio em torno de sua vontade. No entanto, a Auctoritas não era meramente política; tinha um conteúdo numinoso e simbolizava o misterioso "poder de comando" das heroicas figuras romanas.

As mulheres nobres também podiam alcançar um grau de auctoritas. Por exemplo, as esposas, irmãs e mães dos Júlio-Claudianos tiveram imensa influência na sociedade, nas massas e no aparato político. Sua auctoritas era exercida menos abertamente do que suas contrapartes masculinas devido às normas da sociedade romana, mas ainda assim eram poderosas.[2][3]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «What does auctoritas mean?». www.definitions.net. Consultado em 6 de março de 2022 
  2. CÍCERO, Marco Túlio, De Legibus.
  3. William Smith, A Dictionary of Greek and Roman Antiquities. (1875, 1890 editions)