Audax Rio de Janeiro Esporte Clube

Disambig grey.svg Nota: Se procura por o clube de São Paulo, veja Grêmio Osasco Audax.

Audax Rio de Janeiro Esporte Clube ou simplesmente Audax Rio[1] é uma agremiação esportiva da cidade de São João de Meriti, estado do Rio de Janeiro, fundada a 8 de maio de 2005, tendo se denominado Sendas Esporte Clube até o início de 2011. O antigo nome vinha da antiga rede de supermercados, que foi assumida pelo grupo Pão de Açúcar.

Audax Miguel Pereira
Escudo Audax Rio 2017.png
Nome Audax Rio de Janeiro Esporte Clube
Alcunhas "Laranja Meritiense"

"Terror Meritiense"

Mascote Cachorro
Fundação 8 de maio de 2005 (15 anos)
Estádio Estádio Arthur Sendas
Capacidade 1.000 pessoas
Localização Miguel Pereira, Rio de Janeiro, Brasil
Mando de jogo em Moça Bonita
Capacidade (mando) 9.564 pessoas
Presidente Gustavo Teixeira
Material (d)esportivo Alluri
Competição Campeonato Carioca - Série B1
Copa Rio
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

No dia 22 de setembro de 2013 o clube foi comprado pelo Banco Bradesco, juntamente com o Grêmio Osasco Audax.[2]

HistóriaEditar

Sendas Esporte ClubeEditar

 
Equipe profissional do Audax em 2012 (divulgação)
 
Equipe profissional, ainda como Sendas, em 2010. Foto: André Luiz Pereira Nunes
 
Francisco Carlos e Michel Cravo, supervisor e coordenador geral do Sendas, em foto tirada por André Luiz Pereira Nunes em 2010.

Clube-empresa começou através de um projeto social na sua sede no bairro da Jardim José Bonifácio, em São João de Meriti. A ideia, que parecia inicialmente limitada às categorias de base, acaba por se engrandecer à medida que é formado um plantel para as competições de âmbito profissional. Suas cores iniciais eram o laranja, o preto e o branco.

Em 2005, mesmo antes de possuir um plantel profissional, sagra-se vice-campeão estadual juvenil, ao perder a final para o Madureira Esporte Clube.

Em âmbito profissional, estreia em 2007 no Campeonato da Terceira Divisão, tornando-se o campeão e logo promovido à Segunda Divisão juntamente com o vice Aperibeense Futebol Clube. Ainda em 2007, sagra-se vice-campeão da Terceira Divisão, categoria de Juniores, ao perder a final para o Condor Atlético Clube.

Em 2008, já na Segundona, passa da primeira fase, mas é logo eliminado na segunda. No mesmo ano, alcança o vice-campeonato da Segunda Divisão, categoria de Juniores, ao perder a final para o Bangu Atlético Clube.

 
Estádio Arthur Sendas, conhecido como Sendolândia. Foto: André Luiz Pereira Nunes

Em 2009, obtém a terceira colocação na Copa Rio, tendo o melhor ataque e o artilheiro Daniel, além de ser campeão estadual da Segunda Divisão de Juniores, ao derrotar na final o Artsul Futebol Clube por 2 a 0, no Estádio Nivaldo Pereira, em Austin.

Em 2010, o time infantil sagrou-se campeão da Copa da Juventude, no Espírito Santo. Na decisão, o laranja de São João de Meriti derrotou o Club de Regatas Vasco da Gama, nos pênaltis, por 3 a 1, após empate de 1 a 1 no tempo normal. A campanha da equipe foi a seguinte: 0 x 1 Faria Lemos, 2 x 0 Muniz Freire, 1 x 0 Castelo, 4 x 0 Solvive, 1 x 1 Desportiva (nos pênaltis, Sendas 5 a 3), 1 x 1 Vasco da Gama (nos pênaltis, Sendas 3 a 1). No mesmo ano sagra-se bicampeão Estadual da Segunda Divisão de Juniores. O Nova Iguaçu Futebol Clube foi o vice.

No mesmo ano conquista o seu maior título, o de campeão da Copa Rio, ao vencer na decisão o Bangu na Sendolândia (estádio também conhecido como Arthurzão e Marrecão). Mediante a conquista, opta por disputar o Campeonato Brasileiro da Série D em 2011, participando pela primeira vez na história de uma competição em nível nacional.

Em 2011, apesar de ter liderado toda a primeira fase, declina na segunda e termina em quarto lugar a fase final do Campeonato Estadual da Série B. Contudo, nos juniores, sagra-se tricampeão estadual a seis pontos do segundo colocado Barra Mansa Futebol Clube.

Audax RioEditar

Em 2012 disputou o Campeonato Carioca da Série B e conseguiu o acesso à Série A do Campeonato Estadual de 2013, se sagrando vice-campeão, atrás apenas do Quissamã Futebol Clube, o campeão.

Em 2013, após a 7ª colocação na série A do campeonato estadual, o time conquista a permanência na elite do futebol carioca, com destaque para o dia 31 de março, data que o time recebeu o Flamengo no Estádio Moça Bonita. Nesta ocasião, o time da Baixada Fluminense superou o time da Gávea, vencendo por 2 a 1, com gols de André Castro e Hyuri.

No dia 22 de maio, o presidente do Grupo Casino, Jean-Charles Naouri, grupo que controla as ações do Grupo Pão de Açúcar, decidiu colocar os clubes de São Paulo e do Rio de Janeiro a venda, alegando que com os dois clubes na elite dos campeonatos paulista e carioca, o grupo teria que arcar com muitas despesas a mais do que gasta atualmente, e isto não seria benéfico ao grupo que tem como função principal a área de supermercado.[3][4]

Depois de muitas brigas e dúvidas entre Jean-Charles Naouri e Abílio Diniz, no dia 22 de setembro enfim o Audax é vendido ao Banco Bradesco [5] Com isso, o Audax Rio segue com esse nome, jogando normalmente no Rio de Janeiro, mas sob o comando do clube de Osasco,[6].

Em 2014, o Audax não realizou uma boa campanha no Carioca, terminando na penúltima colocação, sendo rebaixado a Série B do Carioca de 2015, com apenas 2 vitórias, 5 empates e 8 derrotas, tendo seu pior ataque com 13 gols marcados e sua segunda pior defesa com 27 gols sofridos.

Em 2017, o acesso a série A do campeonato estadual bateu na trave, no dia 19 de setembro, após derrota contra o América, por 2 a 0, no Estádio Moça Bonita. Partida foi válida pela semifinal do campeonato.

Em 2018, o acesso a série A do campeonato estadual bateu novamente na trave, no dia 22 de setembro. Mas desta vez diante do Americano, no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros.

SímbolosEditar

EscudoEditar

Evolução do Escudo do Audax Rio
2005 – 2011 (Sendas Esporte Clube) 2011 – 2017 2017 – Atual
     

TitulosEditar

PrincipaisEditar

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Campeonato Carioca - 3ª divisão 1 2007
Copa Rio 1 2010
Taça Corcovado 1 2018
Torneio Capital 1 2016
Amistosos
Competição Títulos Temporadas
Torneio de Varseveld 1 2006
Torneio de Vennendall 1 2006

DestaquesEditar

  • 3° lugar Copa Rio 2009;
  • 3° lugar Campeonato Estadual - Série B 2009;
  • 21° lugar Campeonato Brasileiro da Série D 2011;
  • Vice - campeonato Estadual - Série B: 2012
  • 3° lugar Campeonato Estadual - Série B1 2017;

Categorias de baseEditar

  • Tricampeão Estadual de Juniores - Série B 2009, 2010 e 2011;
  • Campeão da Copa da Juventude 2010;
  • Bicampeão da Copa Light 2008, 2010;
  • Campeão da BR Cup 2009;
  • Campeão da Liga Sub-15 2007;
  • Bicampeão da Copa Danopé 2007;
  • Campeão da Liga Sub-17 2005;
  • Campeão Liga Iguaçuana (categoria mirim) 2011;
  • Campeão Campeonato Carioca série B1 Sub-20 2018;

Destaques Divisão de BaseEditar

  • Vice-campeão Estadual 2005 - Série C;
  • Vice-campeão Estadual 2007 - Série C;
  • Vice-campeão Estadual 2008 – Série B;
  • 4º lugar na Taça Otávio Pinto Guimarães Sub-20: 2008;
  • 4º lugar do Estadual da Série B: 2008;
  • 3º lugar Torneio Brasileirinho Sub-15 Cascavel: 2008;
  • 4° lugar Copa Nike: 2009;
  • Vice-campeão da Copa "A Gazetinha": 2011;

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
Campeonato Carioca 2 7º colocado (2013) 2013 2014 1
Campeonato Carioca - Série B1 11 Vice-campeão (2012) 2008 2020 1
Campeonato Carioca - Série B2 1 Campeão (2007) 2007 1
Copa Rio 11 Campeão (2010) 2008 2019
Campeonato Brasileiro - Série D 1 21º colocado (2011) 2011

Elenco atualEditar

Goleiros
Jogador
  Yan
  Paulo  
  Cleiton  
  Douglas Leite
  Yamada
Defensores
Jogador Pos.
  Rafael Farias   Z
  Pedrão Z
  Fabiano Eller   Z
  Anderson Luis Z
  Thiago Medeiros Z
  Alan Novaes LD
  Robertinho LD
  Adriano   LD
  Romarinho LE
  Forster LE
  Diego Maia   LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
  Lucas Casotti V
  Guilherme V
  André Castro   V
  Andrade V
  Lenine V
  Wellington Monteiro V
  Renan   M
  Nélio M
  Leandro Bonfim M
  Diego Sales M
  Camacho M
  Léo Campos M
Atacantes
Jogador
  Wellington  
  Ivan Junior  
  Bruno Andrade
  Allisson
  Denilson
  Rayllan
  Rômulo
  Lucas Patinho
  Washington
Comissão técnica
Nome Pos.
  Júnior Lopes T
Legenda
  •  : Capitão
  •  : Prata da casa
  •  : Jogador suspenso
  •  : Jogador contundido
  • +: Jogador em fase final de recuperação
  •  : Jogador sem condições físicas ou não regularizado junto à CBF
  •  : Seleção Brasileira

Comissão técnicaEditar

Comissão técnica
Nome Função
Comissão técnica
Nome Função


TreinadoresEditar

Treinador Período
  Maurício Barbieri 2012
  Paulo Henrique 2013
  Maurício Barbieri 2013
  Válber 2014
  Júnior Lopes 2014
  Aílton Ferraz 2015
  Luciano Moraes 2015
  Luciano Quadros 2016
  Luciano Quadros 2017
  Eduardo Allax 2018
  Robélio Cavalinho 2019

Ver tambémEditar

 
Sendas campeão da Copa Rio em 2010. Foto: André Luiz Pereira Nunes

FonteEditar

  • VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, s/d.

Referências

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.