Augusto, Príncipe de Anhalt-Plötzkau

Augusto de Anhalt-Plötzkau (Dessau, 14 de Julho de 1575 – Plötzkau, 22 de Agosto de 1653), foi um príncipe alemão da Casa de Ascanis e governante do principado unificado de Anhalt. A partir de 1603 tornou-se governante do principado de Anhalt-Plötzkau.

Augusto, Príncipe de Anhalt-Plötzkau
Príncipe de Anhalt-Plötzkau
Reinado 1603
a 22 de agosto de 1653
Antecessor(a) Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Sucessor(a) Ernesto Gottlieb, Príncipe de Anhalt-Plötzkau
 
Esposa Sibila de Solms-Laubach
Descendência Joana de Anhalt-Plötzkau

Ernesto Gottlieb, Príncipe de Anhalt-Plötzkau
Lebrecht, Príncipe de Anhalt-Köthen
Doroteia de Anhalt-Plötzkau
Ehrenpreis de Anhalt-Plötzkau
Sofia de Anhalt-Plötzkau
Isabel de Anhalt-Plötzkau
Emmanuel, Príncipe de Anhalt-Köthen

Casa Ascania
Nascimento 14 de julho de 1575
  Dessau, Alemanha
Morte 22 de agosto de 1653 (78 anos)
  Plötzkau, Alemanha
Pai Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Mãe Leonor de Württemberg
Religião Luterana

Augusto era o quarto filho, de Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt, mas segundo filho do seu segundo casamento com a princesa Leonor de Württemberg.

VidaEditar

Em 1586, após a morte do seu pai, Augusto herdou o principado de Anhalt juntamente com os seus irmãos sob a regência do mais velho, João Jorge I.

Após dezassete anos de governo conjunto, os irmãos que ainda estavam vivos decidiram dividir formalmente as suas terras em 1603. Augusto recebeu  Plötzkau, que foi criado com terras que pertenciam ao principado de Anhalt-Bernburg.

Em 1611, Augusto sugeriu a publicação dos dois manifestos da Rosa Cruz juntos, mas não conseguiu encontrar uma cópia do Confessio.[1]

Entre 1621 e 1642, Augusto foi regente de Anhalt-Zerbst em nome do seu sobrinho, João VI, e, entre 1650 e 1653 ocupou a mesma posição em Anhalt-Köthen em nome de outro sobrinho, Guilherme Luís.

Casamento e descendênciaEditar

Augusto casou-se em Ansbach no dia 25 de Janeiro de 1618 com a princesa Sibila de Solms-Laubach, filha de João Jorge I, Conde de Solms-Laubach. Juntos tiveram oito filhos:

  1. Joana de Anhalt-Plötzkau (24 de Novembro de 1618 - 3 de Maio de 1676), morreu solteira e sem descendência.
  2. Ernesto Gottlieb, Príncipe de Anhalt-Plötzkau (4 de Setembro de 1620 - 7 de Março de 1654), morreu solteiro e sem descendência.
  3. Lebrecht, Príncipe de Anhalt-Plötzkau, depois príncipe de Anhalt-Köthen. Casado com a princesa Sofia Ursula de Stolberg-Ortenberg; sem descendência.
  4. Doroteia de Anhalt-Plötzkau (20 de Junho de 1623 - 6 de Dezembro de 1637), morreu aos catorze anos de idade.
  5. Ehrenpreis de Anhalt-Plötzkau (21 de Julho de 1625 - 21 de Julho de 1626), morreu com um ano de idade.
  6. Sofia de Anhalt-Plötzkau (11 de Julho de 1627 - 24 de Novembro de 1679), morreu solteira e sem descendência.
  7. Isabel de Anhalt-Plötzkau (21 de Março de 1630 - 17 de Abril de 1692), morreu solteira e sem descendência.
  8. Emmanuel, Príncipe de Anhalt-Köthen (6 de Outubro de 1631 - 8 de Novembro de 1670), casado com a princesa Ana Leonor de Stolberg-Wernigerode; com descendência.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Augusto, Príncipe de Anhalt-Plötzkau em três gerações
Augusto, Príncipe de Anhalt-Plötzkau Pai:
Joaquim Ernesto, Príncipe de Anhalt
Avô paterno:
João V, Príncipe de Anhalt-Zerbst
Bisavô paterno:
Ernesto I, Príncipe de Anhalt-Dessau
Bisavó paterna:
Margarida de Münsterberg
Avó paterna:
Margarida de Brandemburgo, Duquesa da Pomerânia
Bisavô paterno:
Joaquim I Nestor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Bisavó paterna:
Isabel da Dinamarca, Princesa-Eleitora de Brandemburgo
Mãe:
Leonor de Württemberg
Avô materno:
Cristóvão de Württemberg
Bisavô materno:
Ulrich de Württemberg
Bisavó materna:
Sabina da Baviera
Avó materna:
Ana Maria de Brandemburgo-Ansbach
Bisavô materno:
Jorge, Marquês de Brandemburgo-Ansbach
Bisavó materna:
Edviges de Münsterberg-Oels

ReferênciasEditar

  1. 'Johann Valentin Andreae's Utopian Brotherhoods' by Donald R. Dickson, Renaissance Quarterly Vol. 49, No. 4 (Winter, 1996), pp. 760-802