Aulo Petrônio Lurcão

político

Aulo Petrônio Lurcão (em latim: Aulus Petronius Lurco) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o período de julho a dezembro de 58 com Aulo Pacônio Sabino. Seu cognome "Lurco" significa "glutão" ou "libertino".

Aulo Petrônio Lurcão
Cônsul do Império Romano
Consulado 58 d.C.

CarreiraEditar

Sabe-se que Lurcão foi um dos irmãos arvais[1]. É possível que ele tenha sido parente de "M. Petrônio Lurcão", que, em 46, aparece como o segundo entre os "curatores tabulariorum publicorum", logo depois do presidente do grupo, Caio Calpetano Râncio Sedato, e na frente de Tito Sátrio Deciano[2]. Como uma letra do prenome foi erroneamente fornecida ("Metronius") pelo "Anonymus Einsidlensis", obviamente um erro de soletração, há também a possibilidade que os dois sejam a mesma pessoa.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Nero II

com Lúcio Calpúrnio Pisão
com Lúcio Césio Marcial (suf.)

Nero III
58

com Marco Valério Messala Corvino
com Caio Fonteio Agripa (suf.)
com Aulo Petrônio Lurcão (suf.)
com Aulo Pacônio Sabino (suf.)

Sucedido por:
'Caio Vipstano Aproniano

com Caio Fonteio Capitão
com Tito Sêxtio Africano (suf.)
com Marco Ostório Escápula (suf.)


Referências

BibliografiaEditar

  • RE 19 (1938) (37. Halbband) Sp. 1216
  • PIR² (1998) P 284