Aulo Vicírio Marcial

Aulo Vicírio Marcial
Cônsul do Império Romano
Consulado 98 d.C.

Aulo Vicírio Marcial (em latim: Aulus Vicirius Martialis) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de julho a agosto de 98 com Lúcio Mécio Póstumo[1][2]. É conhecido apenas através de inscrições. Era filho de Aulo Vicírio Próculo, um tribuno militar da Legio IV Scythica, flâmine augustal e enterrado Siena[3]. Aulo Vicírio Próculo, cônsul sufecto em 89, era seu irmão.

CarreiraEditar

Além do consulado, seu único posto conhecido foi o de procônsul da Ásia em 113-114. Antigamente acreditava-se que teria sido Vicírio Próculo o governador, mas R. Merkelbach demonstrou claramente que não e que Vicírio Marcial é que ocupou a posição[4].

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Nerva III

com Lúcio Vergínio Rufo III
com Cneu Árrio Antonino II (suf.)
com Caio Calpúrnio Pisão (suf.)
com Marco Ânio Vero (suf.)
com Lúcio Nerácio Prisco (suf.)
com Lúcio Domício Apolinário (suf.)
com Sexto Hermetídio Campano (suf.)
com Quinto Glício Atílio Agrícola (suf.)
com Lúcio Pompônio Materno (suf.)
com Públio Cornélio Tácito (suf.)
com Marco Ostório Escápula (suf.)

Nerva IV
98

com Trajano II
com Cneu Domício Tulo II (suf.)
com Sexto Júlio Frontino II (suf.)
com Lúcio Júlio Urso II (suf.)
com Tito Vestrício Espurina II (suf.)
com Caio Pompônio Pio (suf.)
com Aulo Vicírio Marcial (suf.)
com Lúcio Mécio Póstumo (suf.)
com Caio Pompônio Rufo Acílio Prisco Célio Esparso (suf.)
com Cneu Pompeu Ferox Liciniano (suf.)
com Quinto Fúlvio Gilão Bício Próculo (suf.)
com Públio Júlio Lupo (suf.)

Sucedido por:
'Aulo Cornélio Palma Frontoniano

com Quinto Sósio Senécio
com Públio Sulpício Lucrécio Barba (suf.)
com Senécio Mêmio Áfer (suf.)
com Quinto Fábio Bárbaro Valério Magno Juliano (suf.)
com Aulo Cecílio Faustino (suf.)
com Tibério Júlio Ferox (suf.)


Referências

  1. Alison E. Cooley, The Cambridge Manual of Latin Epigraphy (Camrbidge: University Press, 2012), p. 466ss
  2. John D. Grainger, Nerva and the Roman Succession Crisis of AD 96-99 (2004), pg. 14
  3. Vincenzo Saladino, "Iscrizioni Latine di Roselle (II)", Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik, 39 (1980), pp. 229-232
  4. Merkelbach, "Ephesische Parerga (1): Der Proconsul A. Vicirius Martialis", Zeitschrift für Papyrologie und Epigraphik, 24 (1977), p. 150