Abrir menu principal
Avelina
Senhora de Holderness
Condessa de Aumale
Reinado Antes de 6 de abril de 126910 de novembro de 1274
Antecessor(a) Tomás de Forz, 4.° Conde de Aumale
Sucessor(a) Título extinto
 
Cônjuge Edmundo, 1.° Conde de Lencastre e Leicester
Casa Forz
Plantageneta (por casamento)
Nascimento 20 de janeiro de 1259
  Burstwick, Yorkshire, Inglaterra (atualmente em Holderness, East Riding of Yorkshire)
Morte 10 de novembro de 1274 (15 anos)
  Stockwell, Surrey, Inglaterra (atualmente em Lambeth, Londres)
Enterro Abadia de Westminster, Londres, Inglaterra
Pai Guilherme de Forz, 4.° Conde de Albemarle
Mãe Isabel de Forz, 8.° Condessa de Devon

Avelina de Forz (em inglês: Aveline; Burstwick, 20 de janeiro de 1259 — Stockwell, 10 de novembro de 1274)[1][2] foi suo jure condessa de Aumale e senhora de Holderness. Ela foi a primeira esposa de Edmundo, 1.° Conde de Lencastre e Leicester.

FamíliaEditar

Avelina foi a segunda filha, quinta e última criança nascida de Guilherme de Forz, 4.° Conde de Albemarle e de Isabel de Forz, 8.° condessa de Devon. Seus avós paternos eram Guilherme de Forz, 3.° Conde de Albemarle e Avelina de Montifichet. Seus avós maternos eram Balduíno de Redvers, 6.° Conde de Devon e Amícia de Clare.

Ela teve quatro irmãos mais velhos: João; Tomás, conde de Aumale; Guilherme, e Avícia, esposa de Ingram de Percy.[3]

Do primeiro casamento de seu pai com Cristiana de Galloway, filha de Alano de Galloway e de Margarida de Huntingdon, não teve nenhum meio-irmão.

BiografiaEditar

Avelina era herdeira do condado de Devon e Aumale, do senhorio de Holderness e da Ilha de Wight.

O casamento entre Avelina e Edmundo foi arranjado por Leonor da Provença, consorte do rei Henrique III de Inglaterra, e mãe do conde, Isabel de Forz, mãe da noiva, e Amícia, mãe de Isabel.[4] Portanto, eles ficaram noivos, com o contrato de casamento datando de 6 abril de 1269.

Eles se casaram na Abadia de Westminster, em Londres, no dia 8 ou 9 de abril de 1269. Avelina tinha dez anos, e Edmundo, vinte e quatro.

Devido a pouca idade da jovem, a união apenas foi consumada quando ela completou quatorze anos de idade, em 1273.[5] Porém, eles não tiveram filhos.

Seu irmão, o conde Tomás, faleceu em alguma data anterior a 6 de abril de 1269. Como ele não teve filhos, Avelina sucedeu ao título de condessa de Aumale. Seu sogro, o rei Henrique III, passou a ter custódia de suas terras.[6]

A condessa faleceu em 10 de novembro de 1274, com apenas quinze anos de idade, em Stockwell. Ela foi sepultada na Abadia de Westminster.[7]

AscendênciaEditar


Referências

  1. The Peerage
  2. Foundation for Medieval Genealogy
  3. The Peerage (2)
  4. Hilton, Lisa (2010). Queens Consort: England's Medieval Queens from Eleanor of Aquitaine to Elizabeth of York. [S.l.]: Pegasus Classics 
  5. Blank, Hanne (2007). Virgin: The Untouched History. [S.l.]: Bloomsbury 
  6. Spencer, Andrew (2014). Nobility and Kingship in Medieval England. [S.l.]: Cambridge University Press 
  7. Abadia de Westminster