Abrir menu principal

Avenida Francisco Matarazzo

avenida em São Paulo
Avenida Francisco Matarazzo
Nomes anteriores Avenida Água Branca (1899-1950)
Inauguração c. 1899
Início Largo Padre Péricles
Subprefeitura(s) Lapa
Bairro(s) Barra Funda, Perdizes, Lapa
Fim Rua Carlos Vicari

A avenida Francisco Matarazzo é uma importante via arterial da cidade de São Paulo situada entre os bairros da Barra Funda e Vila Pompeia, nos distritos de Perdizes, Barra Funda e Lapa.

HistóriaEditar

Aberta em meados de 1899, foi nomeada inicialmente Avenida Água Branca pelo Ato 18, de 09 de março de 1899 do então prefeito Antônio da Silva Prado. Em 18 de agosto de 1903 é aberta a Linha 35 do sistema de bondes da cidade, a primeira a utilizar a então recém aberta avenida. Posteriormente, a avenida consolida-se como principal ligação da região central de São Paulo à região da Lapa (até a década de 1970 quando é implantada a Avenida do Emissário-atual Marques de São Vicente). Em 1950, a avenida Água Branca é renomeada Francisco Matarazzo, pela Lei Municipal nº 3.936, de 28 de agosto de 1950. Seu nome é uma homenagem a Francesco Antonio Maria Matarazzo, agricultor italiano que, em 1881, emigrou para o Império do Brasil (1822-1889), tornando-se, neste país, mascate e, posteriormente, empresário de renome.[1]

Os bondes circularam na avenida até 1966, quando são extintos e dão lugar aos ônibus. Cem anos depois da implantação de bondes a avenida recebe uma nova estrutura de transportes, o Corredor Pirituba-Lapa-Centro.[2][3] [4]

LocalizaçãoEditar

A via segue paralela às ruas Turiaçú e Palestra Itália e cruza a avenida Pompéia. Começa no Largo Padre Péricles, localizado no bairro da Barra Funda e termina na rua Carlos Vicari, já no bairro da Lapa.

Nesta avenida, estão localizados pontos importantes da capital paulista, como o Parque da Água Branca, shopping West Plaza, o Bourbon Shopping e o Allianz Parque, arena da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Há na avenida também importantes casas de shows, como o Villa Country[5] e a Audio

GaleriaEditar

Referências

  1. Campacci, Claudio (2008). Século Xix. [S.l.]: Clube de Autores. p. 139. 298 páginas 
  2. Dicionário de Ruas. «Pesquisa de Logradouros:Avenida Francisco Matarazzo». Arquivo Histórico Municipal de São Paulo. Consultado em 20 de junho de 2018 
  3. SOUZA, Ana Odilia de Paiva (2004). São Paulo interligado:o plano de transporte público urbano em implantação na gestão 2001-2004. [S.l.]: Prefeitura de São Paulo. 324 páginas 
  4. STIEL, Waldemar Corrêa (1978). História dos transportes coletivos em São Paulo. [S.l.]: Editora da Universidade de São Paulo; McGraw-Hill do Brasil. 329 páginas 
  5. «Baladas Villa Country - São Paulo - Guia da Semana». Guia da Semana (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.