Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura o departamento de mesmo nome, veja Ayacucho (departamento).
Ayacucho
  Cidade  
Vista aérea do centro histórico de Ayacucho
Vista aérea do centro histórico de Ayacucho
Símbolos
Bandeira de Ayacucho
Bandeira
Brasão de armas de Ayacucho
Brasão de armas
Gentílico Ayacuchano (a), Huamanguino (a)
Localização
Ayacucho está localizado em: Peru
Ayacucho
Localização da cidade de Ayacucho no Peru
Coordenadas 13° 9' 47" S 74° 13' 28" O
País  Peru
Província Huamanga
Distrito Ayacucho (região)
História
Fundação 25 de abril de 1540
Administração
Prefeito Amilcar Huancahuari Tueros
Características geográficas
 • Estimativa 151 019 habitantes
Altitude 2 746 m
Fuso horário UTC-5
Website
Catedral de Ayacucho à noite

Ayacucho é uma cidade no distrito de Ayacucho, na província de Huamanga, no departamento de Ayacucho, no Peru. É capital do distrito, da província e do departamento. Localiza-se no sul do país. Possui cerca de 94 000 habitantes na cidade e 147 000 na região metropolitana (Censo de 2005).

Imperio wariEditar

A Cultura Wari (Huari) surgiu entre os anos 500 e 1100 a 20 km a nordeste da cidade atual. Foi formada com base nas culturas Huarpa, Nazca e Tiahuanaco. Ayacucho chamada então cidade de Wari foi o centro político administrativo deste primeiro império andino pré-inca, que alcançou altos níveis de qualidade na produção de cerâmica, têxtil, metais e pedra, entre 1100-1420 d.C. no período dos Chancas. A cidade de Wari chegou a ter uma população superior a 50.000 habitantes,[1] e o Império Wari se expandiu até as regiões de Cajamarca e Lambayeque ao norte e Cusco e Moquegua ao sul.

O padrão arquitetônico imperial estabelecido na portentosa cidade de Wari foi reproduzido nas cidades de Pikillaqta (Cusco), Huilcahuaín e Oncopampa (Ancash), Huarihuillca (Junín), Cajamarquilla e Pachacamac (Lima).

Ayacucho deve ao imperio wari seu período de maior esplendor artesanal do período pre-hispânico.[2] A partir de Ayacucho foi difundido o uso do Carmim, corante proveniente da Cochonilha. [3] Reciprocamente, nesta fase Ayacucho teve contato com o algodão, que seria procedente da Cultura Chincha; [4] com o Lápis-lazúli, originário da da região de Moquegua [5] e com madeiras finas da da região de Apurímac.

Após o debilitamento do Imperio Wari, surgiram varias sociedades locais que foram adquirindo poder, entre elas principalmente os Pocras, Chancas, Willcas, Uramarcas, Atunsullas, Andamarca, Angaraes, Quinuallas e outros grupos indígenas regionais que foram agrupados no que se convencionou chamar de Cultura Chancay e que foi rival do Império Inca, chegando a ocupar Cusco, sendo vencidos por estes durante o governo de Pachacutec no século XV. [6]

Referências

  1. «El Periodo Formativo en Ayacucho:». E balances y perspectivas. 17 de abril de 2015 
  2. Kauffman Doig, Federico. El Perú antiguo. Lima: Peisa, p. 445
  3. Mazzucchelli, Sergio (2000). Communitty Wildlife Management in South America. A Regional Review; Evaluating Eden Discussion Paper nº 8 (em inglês). [S.l.]: IIED, p. 143 
  4. Denemark, Robert A.; Friedman, Jonathan; Gills, Barry K.; Modelski, George (2002). World System History:. The Social Science of Long-Term Change (em inglês). [S.l.]: Routledge, p. 402. ISBN 9781134571444 
  5. Trigger, Bruce G.; at all (1996). The Cambridge History of the Native Peoples of the Americas:. Volume III, South America, Part I (em inglês). [S.l.]: Cambridge University Press, p. 539. ISBN 9780521630757 
  6. Squier, Ephraim George (1877). Peru:. Incidents of Travel and Exploration in the Land of the Incas (em inglês). [S.l.]: Macmillan and Company, pp. 165-166 
  Este artigo sobre geografia do Peru é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ayacucho