Aiacucho (região)

região do Peru
(Redirecionado de Ayacucho (região))

Ayacucho ou, em português, Aiacucho[1] (do quéchua "rincão dos mortos") é uma das 25 regiões do Peru, sua capital é a cidade de Ayacucho. Tem 20 mil anos de habitação nativa, havendo sido encontrada por europeus em 1532.[2]

Região de Aiacucho
Flag of Ayacucho.svg
Escudo de Ayacucho.svg
Dados
Data de fundação 26 de abril de 1822
Presidente Isaac Molina Chávez
Capital Aiacucho
Área 43 814,8 km²
População 619 338 hab. (2005)
Densidade 14,1 hab./km²
Subdivisões 11 províncias e 111 distritos
ponto + baixo 1.800 (Otoca)
ponto + alto 3.645 (Chalcos)
Código telefónico 66
Taxa de pobreza 72,5%
PIB 0,65%
Gentílico Ayacuchano(a)
Idiomas Castelhano, quíchua, campa (asháninka)
Website www.regionayacucho.gob.pe

Inclui províncias de ambas as vertentes da Cordilheira dos Andes (leste e oeste). Tem uma área de 43,8 mil km², que em termos de extensão é semelhante à da Dinamarca ou da Estónia, e uma população em 2007 de 613 mil habitantes.

HistóriaEditar

O território de Ayacucho teve presença humana há 20.000 anos. C. na caverna de Pikimachay.

Por volta de 250 e 500 dC. C. vários grupos humanos se estabeleceram na região, que mais tarde viria a formar a civilização Wari que se expandiu para o norte e sul do Peru. Sendo a grande cidade de Wari, a capital. Com a queda da cultura Wari, nasceu a Nação Chanka. Pachacutec conquistou a região, encontrando teimosa oposição dos Chankas. Tal foi o número de mortos nos combates que deram origem ao nome quíchua de aya kuchu, que significa literalmente canto dos mortos ou morada da alma. Com o domínio inca, é construída Vilcahuamán, a construção inca mais importante da região.[3]

Por ordem de Pizarro, a cidade de "San Juan de la Frontera de Huamanga" foi fundada em 29 de janeiro de 1539, para que no ano seguinte, em 25 de abril de 1540, esta cidade fosse transferida para a área de Pukaray, que é onde está localizado atualmente. instalou a cidade. Em 1677 foi fundada a Universidade Nacional San Cristóbal de Huamanga. Entre seus personagens mais notáveis ​​que lutaram contra a coroa, encontramos María Parado de Bellido, que foi baleada por lutar contra o sistema de vice-reinado. Foi com a Batalha de Ayacucho (9 de dezembro de 1824) que se consolidou a Independência do Peru e da América do Sul hispânica. Um dos ayacuchanos mais famosos é o marechal Andrés Avelino Cáceres, que foi um dos que lutou incansavelmente na guerra com o Chile.

GeografiaEditar

Localizada na região da Serra, limita ao norte com Junín; a noroeste com Huancavelica a oeste com Ica; ao sul com Arequipa; ao leste com Apurímac e ao nordeste com Cuzco. Quanto aos seus limites naturais, temos que ao norte, o principal e único é constituído pelo rio Mantaro e pela foz do rio Apurimac. Com Cuzco, a noroeste, o limite é o médio e baixo curso dos Pampas, servindo de divisa com o Apurimac. Com este departamento o limite continua ao longo do curso superior do rio Sora, que é uma das principais nascentes.

Seu solo é bastante irregular devido ao cruzamento de duas serras que o dividem em quatro unidades orográficas: montanhosa e selva no extremo norte, serras abruptas no centro, planaltos no sul e barrancos no extremo sul.

Províncias (capital)Editar

  1. Cangallo (Cangallo)
  2. Huamanga (Ayacucho)
  3. Huanca Sancos (Huanca Sancos)
  4. Huanta (Huanta)
  5. La Mar (San Miguel)
  6. Lucanas (Puquio)
  7. Parinacochas (Coracora)
  8. Paucar del Sara Sara (Pausa)
  9. Sucre (Querobamba)
  10. Victor Fajardo (Huancapi)
  11. Vilcas Huamán (Vilcashuamán)

Referências

  1. Paixão, Paulo (Verão de 2021). «Os Nomes Portugueses das Aves de Todo o Mundo» (PDF) 2.ª ed. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias. ISSN 1830-7809. Consultado em 13 de janeiro de 2022 
  2. INEI (2001). Conociendo Ayacucho (PDF) (em espanhol). [S.l.: s.n.] p. 7 
  3. https://www.inei.gob.pe/media/MenuRecursivo/publicaciones_digitales/Est/Lib0419/Libro.pdf
  Este artigo sobre geografia do Peru é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.