Abrir menu principal
Aymon III de Genebra
Nascimento Desconhecido
Desconhecido
Morte Desconhecido
Desconhecido
Progenitores Mãe:Matilde d'Auvergne
Pai:Amadeu III de Genebra
Irmão(s) Amadeu IV de Genebra, Clemente VII, Pedro I de Genebra, João I de Genebra
Ocupação conde
Título conde
Blason ville fr La Roche-sur-Foron (Haute-Savoie).svg

Aymon III de Genebra (ou Aimon [nota 1]) foi um dos dez filhos de Amadeu III e de Matilde de Auvérnia que foram Condes de Genebra. Como mais velho, sucedeu ao seu pai que morreu em 1367 mas só lhe sobreviveu sete meses mais tarde.

PolíticaEditar

Prosseguiu um política de aliança e cooperação com as Casa de Saboia começada pelo pai. Durante a juventude esteve frequentemente junto do seu primo Amadeu VI de Saboia e acompanhou-o a uma visita que fez ao Papa de Avinhão.

Aymon vez uma tentativa para casar com Joana, Duquesa de Durazzo, uma sobrinha da poderosa rainha Joana I de Nápoles, que estava destinada a casar-se com Frederico II da Sicília, mas quando ela o viu parece que se apaixonou por ele. Na realidade ele era considerado ser "agradável e pessoa de grande charme" [1].

CruzadaEditar

Embora tivesse um dos membros fundadores da Ordem da Anunciação ou do Colar, por questões de saúde Amadeu III não pode fazer a Cruzada Saboia pelo que foi este filho Aymon de tomou o comando deste contingente que partiu em 1366 [2].

De regresso da cruzada, Aymon passou em Pádua e Pavia, onde o pai tinha morrido em Janeiro. Muito doente vez o testamento a 30 Ago. 1367 e deixando o condado ao seu irmão Amadeu IV de Genebra. Morreu durante a noite.

Antecessor Aymon III de Genebra
(c. 1334- †1367)
Sucessor
Amadeu III de Genebra  
Conde de Genebra
1367- 1367
Amadeu IV de Genebra

Notas

  1. Ver Discussão:Aymon
  2. Detalhe de um fresco no palácio bispal de Colle Val d'Elsa. Por baixo do cavaleiro da esquerda aparece "C di Savoi" (não visível) e referente a Amadeu III. O fresco é atribuído à Escola de Sienna. Descrição segundo : Cox, Eugene L. (1967). The Green Count of Savoy: Amadeus VI and Transalpine Savoy in the Fourteenth Century. Princeton, New Jersey: Princeton University Press, p. xv.

Referências

  1. Setton, "The Affair of Aimon III", 645–46.
  2. Cox, The Eagles of Savoy, 184, 207–08.

Ver tambémEditar