Ayrton Senna's Super Monaco GP II

vídeojogo de 1992
Ayrton Senna's Super Monaco GP II
Capa brasileira do jogo para Mega Drive.
Desenvolvedora(s) Sega
Publicadora(s) Sega
Série Monaco GP
Plataforma(s) Mega Drive, Master System, Game Gear
Lançamento Mega Drive
  • AN 16 de agosto de 1992
  • JP 17 de julho de 1992
Master System Game Gear
  • JP 28 de agosto de 1992
  • AN Agosto de 1992
  • EU 1992
Gênero(s) Corrida
Modos de jogo Um jogador
Super Monaco GP

Ayrton Senna's Super Monaco GP II (アイルトン・セナ スーパーモナコGP II?) é um jogo eletrônico de Fórmula 1 estilo arcade desenvolvido e fabricado pela Sega, lançado em 1992, e a continuação do Super Monaco GP.[1]

O jogo foi lançado para os consoles Master System, Mega Drive e o Game Gear, aparecendo nos Estados Unidos em 16 de julho de 1992, no Japão em 17 de julho de 1992, e algum tempo depois, ainda em 1992, na Europa. Ostentando uma "física realista" pra época, foi o jogo de corrida de consoles mais bem recebido no momento do lançamento. O jogo também foi endossado e teve a contribuição técnica do então campeão de Fórmula 1 Ayrton Senna, que venceu o Grande Prêmio de Mônaco seis vezes, sendo cinco de forma consecutiva entre 1989 e 1993. O desenvolvimento do jogo também foi auxiliado por Senna, que forneceu seu próprio conselho sobre cada uma das pistas apresentadas no jogo.[2]

JogabilidadeEditar

 
Uma captura de tela típica do jogo. O jogador está correndo em um carro do assento do motorista, enquanto um retrovisor está acima, um tacômetro está à esquerda e um mapa está à direita.

Super Monaco GP 2 foca nas tentativas do jogador de ganhar o Campeonato Mundial de Pilotos ou em ganhar o "Senna GP". Existem três modos diferentes de corrida. No Senna GP, o jogador corre uma corrida, semelhante ao Super Monaco GP da versão anterior do jogo. No entanto, nesta versão, existem três pistas para escolher: o circuito agrícola de Senna em Tatuí, São Paulo, e outras duas pistas fictícias, desenhadas pelo próprio Senna. O jogador deve escolher em qual pista deseja competir e selecionar se deseja dirigir com uma caixa de câmbio automática, de 4 marchas ou 7 marchas. Uma volta preliminar deve ser realizada, cujo resultado determina a colocação do jogador no grid de largada. O jogador deve então tentar ganhar o Senna GP; uma exibição dos tempos de volta do jogador é dada após a corrida.[2]

No campeonato mundial, o jogador compete contra outros 15 pilotos nas pistas que compõem o calendário da Temporada de Formula 1 de 1991, com o objetivo final de ganhar pontos suficientes para se tornar o Campeão Mundial de Pilotos. Existe também um modo de treino. Muito parecido com o aquecimento no modo campeonato, o jogador tem a opção de treinar livremente ou simular uma corrida. No entanto, neste modo, o jogador pode escolher o número de voltas, a posição inicial e, em alguns casos, o tempo. Um easter egg no jogo permite a seleção da moto de Super Hang-On.[2]

No modo iniciante, após o jogador digitar seu nome e nacionalidade, eles têm a opção de aquecer primeiro, completando quantas voltas livres quiserem, ou indo direto para o modo de corrida. Selecionar o modo corrida forçará o jogador a escolher o tipo de caixa de câmbio que deseja; a volta preliminar então começa, determinando o lugar do jogador no grid para o próximo grid. O modo mestre é o mesmo que a versão para iniciantes, exceto que o jogador pode progredir para equipes melhores através de rivais desafiadores. O jogador pode, antes de cada corrida, selecionar um rival contra quem competir. Se o jogador vencer o mesmo rival várias vezes consecutivamente (de duas a quatro vezes), então o jogador e o rival trocam de lugar; isto é, o jogador assume o lugar do rival com sua equipe, e o rival é rebaixado à antiga equipe do jogador. Isso não faz parte da Fórmula 1, mas algo específico para o jogo. Existem 5 ligas diferentes de equipe.[2]

DesenvolvimentoEditar

O passo inicial para Ayrton Senna's Super Monaco GP II veio da Tectoy, distribuidora da Sega no Brasil. Tectoy abordou a Sega do Japão com o conceito de desenvolver um jogo estrelado pelo piloto brasileiro de F1. O vice-presidente executivo da Sega do Japão, Shoichiro Irimajiri, conhecia pessoalmente Senna, tendo sido anteriormente executivo da Honda com sua divisão de F1, o fornecedor de motores da equipe de Senna na McLaren, sob sua supervisão. Com o início do desenvolvimento do jogo, o próprio Senna estava pessoalmente envolvido em fornecer orientação para o jogo e garantiu que ele visse as mudanças que ele sugeriu para o jogo; uma visita que Senna fez à sede da Sega do Japão pouco antes do Grande Prêmio do Japão de 1991 resultou em uma visita de três horas e meia, com os desenvolvedores reunindo-se para encontrá-lo. Senna também gravou segmentos de voz comentando sobre cada uma das pistas de F1 no jogo; ele se recusou a gravar um segmento para o Circuito de Barcelona-Catalunha, até ele correr pela primeira vez no Grande Prêmio da Espanha de 1991, sua primeira vez na pista.[3]

RecepçãoEditar

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
MegaTech 90%[4]
Premiações
Premiador Prêmio
MegaTech Hyper

A revista Mega colocou o jogo em 5º no seu "Top Mega Drive Games of All Time".[5]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «A velocidade e o talento de Ayrton Senna na história dos videogames». ESPN. espn.com.br. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  2. a b c d «Ayrton Senna's Super Monaco GP II». Game Hall. gamehall.com.br. 13 de junho de 2016. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  3. Sponsel, Sebastian (16 de novembro de 2015). «Interview: Stefano Arnhold (Tectoy)». Sega-16. Ken Horowitz. Consultado em 6 de outubro de 2020 
  4. «MegaTech review». MegaTech (6). EMAP 
  5. «Mega». Mega (1). Future Publishing. Outubro de 1992. p. 76 

Ligações externasEditar