Abrir menu principal
Azog
Personagem da Terra Média
Raça Orcs
Divisão Goblins de Moria
Tiítulos Rei dos Duendes de Moria
Outros Nomes Azog o Profano
O Orc pálido
Data de Nascimento Data desconhecida
Data de Falecimento 2799 da Terceira Era
Primeira aparição
em Livro
O Hobbit
Primeira aparição
em Filme
O Hobbit: Uma Jornada Inesperada
Intérprete Manu Bennett
Personagems Criados por J.R.R. Tolkien

Azog, o Profano, ou O Orc pálido, é um personagem fictício criado pelo britânico J. R. R. Tolkien e introduzido em sua obra O Hobbit, de 1937. Azog foi o Orc líder de Moria durante mais de 300 anos. É citado uma única vez por Gandalf no livro Hobbit: "Seu avô Thror foi morto, você se lembra, nas minas de Moria por Azog, o Profano." [1]

Orc líder de Moria durante a Guerra dos Anões e dos Orcs. Azog era grande, forte e ágil. Ele se chamava de rei e parece que comandou os Orcs não somente em Moria, como também nas Montanhas da Névoa.

Em 2790, vinte anos depois que os Anões foram expulsos da Montanha Solitária por Smaug, Thror foi para Moria acompanhado de Nar. Ele entrou pelo portão leste e não voltou. Vários dias depois, Azog apareceu com o corpo de Thror. A cabeça havia sido cortada e Azog havia escrito seu nome em runas de Anão na testa de Thror. Azog jogou um saco de moedas em Nar e disse para ele espalhar entre os Anões que Azog reinava em Moria.

O filho de Thror, Thrain reuniu um exército de Anões e iniciou uma guerra contra os Orcs das Montanhas da Névoa em 2793. Em 2799 a Batalha de Azanulbizar foi travada no Vale do Riacho Escuro. Nain ficou no portão leste de Moria e intimou Azog a sair. Azog e Nain lutaram na entrada. Enquanto Nain tentava golpeá-lo, Azog se afastou e chutou a perna do anão que com um passo em falso, quebrou o pescoço. Contudo a vitória de Azog foi breve. Ele viu que os Orcs no vale estavam fugindo desordenadamente dos Anões e Azog tentou escapar para Moria, porém neste momento o filho de Nain, Dain Pé-de-Ferro golpeou Azog com seu machado.

A cabeça de Azog foi cortada e colocada em uma estaca, a sacola de moedas que ele havia jogado em Nar foi enfiada em sua boca. Embora os Anões tivessem vencido a Batalha de Azanulbizar eles não exigiram Moria, por todas as perdas que tinham sofrido e Dain havia olhado para Moria através do portão leste e ficou atento que a Ruína de Durin, o Balrog, ainda estava lá dentro.

O filho de Azog, Bolg, foi seu sucessor. Bog foi o líder dos Orcs na Batalha dos Cinco Exércitos em 2941.

Na série de filmes O Hobbit de Peter Jackson, Azog, o Profano é quem incita a batalha dos cinco exércitos, e foi interpretado pelo ator neozelandês Manu Bennett, como um dos antagonistas principais.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Tolkien, O Hobbit, cap. 1: "Uma festa inesperada".
  2. de Semlyen, Nick. «The Hobbit's Baddie Talks!» (em inglês). Empire. Consultado em 22 de dezembro de 2014 
  Este artigo sobre a obra de J. R. R. Tolkien é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.