Banco do Estado do Rio de Janeiro (BERJ)

(Redirecionado de BERJ)
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Banco do Estado do Rio de Janeiro.

O Banco do Estado do Rio de Janeiro (BERJ) foi um banco brasileiro fundado em 1950 pelo então governador fluminense Edmundo de Macedo Soares e Silva. Após ser incorporado ao Banco do Estado da Guanabara (BEG), em 1975, em decorrência da fusão do estado da Guanabara com o Rio de Janeiro, foi transformado no BANERJ, mantendo o nome anterior.

BERJ
Agência do BERJ em Cabo Frio, 17 de abril de 1970.
Razão social Banco do Estado do Rio de Janeiro S.A.
Empresa de capital fechado
Atividade Serviços financeiros
Fundação 2 de maio de 1950
Encerramento 15 de março de 1975
Sede Niterói, RJ
 Brasil
Locais Rio de Janeiro
Produtos Banco
Sucessora(s) BANERJ

O banco atuava como agente pagador e arrecadador do governo do estado do Rio de Janeiro. Possuía, até 1969, 25 agências, mas com a incorporação do Banco Agrícola de Cantagalo naquele ano, o BERJ passou a contar com 48 agências. Chegou a contar com mais de 50 agências até a sua extinção em 1975, algumas das quais no estado da Guanabara.

A partir de junho de 1969, o BERJ passou a integrar o Sistema CODERJ com a transferência de suas ações do estado para a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro (CODERJ), juntamente com o Banco de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro (BANCODERJ), CODERJ – Crédito, Financiamento e Investimento S.A., CODERJ – Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., CODERJ – Crédito Imobiliário S.A. e CODERJ – Seguros S.A.


Referências

  • FONSECA, Herculano Borges da. As instituições financeiras do Brasil. 1970.